As penas surgiram milhões de anos antes dos pássaros

(dr) University of Bristol

Reconstrução do pterossauro estudado, com quatro tipos diferentes de penas na cabeça, pescoço, corpo e asas

A velha questão do ovo e da galinha estende-se agora aos pássaros e às penas. Quem surgiu primeiro? As penas, sugere uma recente investigação.

Os pássaros são famosos pela sua imensa variedade de penas que usam para voar e para se aquecerem. Um estudo recente descobriu que as penas surgiram cerca de 100 milhões de anos antes das aves, mudando a perceção que tínhamos até agora das penas, das suas funções e do seu papel em alguns dos eventos mais significativos da evolução destes animais.

Combinando informações sobre paleontologia e biologia molecular do desenvolvimento, a nova investigação, levada a cabo por uma equipa da Universidade de Bristol, no Reino Unido, descobriu que as penas não se originaram nos pássaros. Aliás, podem ter surgido até mesmo antes dos próprios dinossauros.

Na árvore evolucionária, os dinossauros com penas estavam muito mais relacionados com a origem das aves. A descoberta-chave desta investigação surgiu quando as penas foram relatadas em pterossauros, um réptil antigo. Se os pterossauros tinham, de facto, penas, isto significa que estas estruturas surgiram no fundo da árvore evolutiva – ou seja, são muito anteriores ao surgimento das aves.

(dr) Univer

“O pássaro mais velho é o Archaeopteryx, encontrado pela primeira vez no Jurássico Superior no sul da Alemanha, em 1861, embora algumas espécies da China sejam um pouco mais velhas”, explicou o professor e principal autor do estudo Mike Benton, citado pelo Tech Explorist.

“Todos estes fósseis mostram uma grande diversidade de plumas – penas no corpo e longas penas nas asas. Mas, desde 1994, os paleontologistas têm lutado com a descoberta perturbadora, baseada em centenas de espécimes incríveis da China, de que muitos dinossauros também tinham penas“, acrescentou.

“A verdade é que não foi assim tão difícil acreditar nisto. A origem das penas foi assim empurrada, pelo menos, para a altura em que surgiram estes dinossauros, talvez há 200 milhões de anos”, disse Baoyu Jiang, da Universidade de Nanjing e co-autor do estudo, recentemente publicado na Trends in Ecology & Evolution.

“Este dinossauro apresentava uma pele incrivelmente bem preservada, coberta de penas em todo o corpo. O que surpreendeu as pessoas foi o facto de se tratar de um dinossauro tão distante dos pássaros na árvore evolucionária. Talvez as penas estivessem mesmo presentes nos primeiros dinossauros“, comentou Maria McNamara, da University College Cork, e também uma das autoras do estudo.

Danielle Dhouailly, da Universidade de Grenoble e outra das autoras do artigo científico, explicou que as aves modernas, como as galinhas, costumam ter intervalos nas pernas e nos pescoços “e mostramos que essas eram as inversões”, ou seja, “o que outrora havia sido penas, inverteu-se em escala”.

“Mostramos que a mesma rede reguladora do genoma impulsiona o desenvolvimento de escamas em répteis, penas em aves e pêlos em mamíferos. As penas poderiam ter evoluído muito cedo”, rematou a investigadora.

Os autores da investigação chegaram a esta conclusão depois de terem analisado dois novos pterossauros encontrados na China. Outrora considerados escamosos e reptilianos, estes répteis voadores pré-históricos tinham penas notavelmente semelhantes aos seus parentes de dinossauros.

“Isto empurra a origem das penas para 250 milhões de anos atrás, pelo menos, o que coincide com o ponto de origem dos pterossauros, dinossauros e seus parentes”, acrescentou Benton.

Os cientistas defendem que as penas surgiram, muito provavelmente, para proteger o conteúdo de sangue quente, fornecendo uma espécie de isolamento. As outras funções das penas apreciadas atualmente – como a exebição ou o voo – surgiram muito mais tarde.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Cientista descobre espécie extinta de ganso através de uma pintura egípcia

Uma famosa pintura que estava originalmente no túmulo do príncipe egípcio Nefermaat levou um cientista a descobrir uma espécie de ganso já extinta. A cena "gansos de Meidum", originalmente pintada no túmulo do príncipe Nefermaat, encontra-se …

Físico cria algoritmo de IA que pode provar que a realidade é uma simulação

Hong Qin, do Laboratório de Física de Plasma de Princeton (PPPL) do Departamento de Energia dos EUA, criou um algoritmo de Inteligência Artificial que pode provar que a realidade é, na verdade, uma simulação. O algoritmo …

Quase 10 anos depois, avião de Gaddafi continua parado num aeródromo em França

Quase uma década depois de ter aterrado em solo francês, o avião presidencial do ex-ditador líbio continua parado num aeródromo no sul do país, estando no meio de vários processos judiciais que parecem não ter …

Governo recebeu 1.600 ideias para a bazuca. Costa agradece mobilização

Durante a fase de discussão pública, o Plano de Recuperação e Resiliência recebeu mais de 1.600 contribuições e mais de 65 mil consultas. O primeiro-ministro António Costa disse que, durante a fase de discussão pública, …

"Honjok" é o nome do movimento sul-coreano que reivindica a solidão

A solidão tornou-se um tema recorrente devido à pandemia de covid-19. Na Coreia do Sul, existe um movimento chamado "honjok", que promove um estilo de vida solitário. O isolamento imposto pela pandemia de covid-19 está a …

Do subsolo sírio à nomeação ao Óscar: hospitais em tempos de guerra numa "era de impunidade"

The Cave é o nome de uma produção que esteve nomeada para o Óscar de Melhor Documentário de 2020. É também o lugar onde hospitais sírios se escondem para salvar vidas longe de bombardeamentos e …

Patrícia Mamona sagra-se campeã no triplo salto em pista coberta

Esta tarde, Patrícia Mamona tornou-se a terceira atleta portuguesa a garantir a medalha de ouro para Portugal no Campeonato da Europa em pista coberta. A portuguesa Patrícia Mamona conquistou, este domingo, a medalha de ouro na …

Dias de aulas mais longos, férias mais curtas e cinco períodos. Em Inglaterra, já se equacionam formas de recuperar o tempo perdido

Há três medidas em cima de mesa que podem vir a ser adotadas para combater os atrasos na aprendizagem dos alunos. Na Inglaterra, as escolas reabrem para aulas presenciais esta segunda-feira, mas já se pensa …

Índia abre centro de bem-estar para hóspedes abraçarem vacas e "esquecerem todos os problemas"

Animais de conforto e apoio emocional são cada vez mais populares em todo o mundo. Embora a maioria das pessoas use cães ou gatos, há também algumas escolhas mais bizarras, incluindo pavões, macacos e cobras. Os …

Abel Ferreira tentou levar jogador do Benfica para o Palmeiras

O treinador português Abel Ferreira, no comando técnico dos brasileiros do Palmeiras, pediu a contratação de Franco Cervi, que alinha pelo Benfica, mas acabou por ver a sua proposta recusada pelo jogador argentino. A notícia …