Pela primeira vez, os norte-americanos querem mais imigração – e não menos

Staff / EPA

Pela primeira vez, os norte-americanos querem ver aumentar a imigração no seu país, escreve o Business Insider citando uma sondagem da Gallup.

De acordo com os números apresentados pelo jornal norte-americano, 34% dos cidadãos dos Estados Unidos querem aumentar a imigração – é a maior percentagem já registada numa pesquisa de opinião, que acompanha a tendência desde 1965.

Esta é também a primeira vez que o número de pessoas que quer aumentar a imigração nos Estados Unidos é mais elevado do que aquelas que desejam que esta diminua.

O número de norte-americanos que desejam que a imigração no seu país diminua caiu para um novo mínimo (28%), segundo a mesma sondagem da Gallup.

Segundo a mesma pesquisa de opinião, os democratas são mais propensos ao aumento da imigração. Dos inquiridos, 50% disseram ser a favor do aumento da imigração, um aumento considerável face aos valores de 2018 que rondavam os 41%.

Também nos independentes se registou um aumento significativo: passaram de 27% a favor em 2018 para 34% atualmente.

A Gallup recorda que levou a cabo a sondagem antes de o Presidente norte-americano, Donald Trump, suspender temporariamente os vistos H1-B até o final de 2020, decisão que motivou já fortes críticas das grandes empresas tecnológicas.

A suspensão, recorda ainda o Business Insider, ocorreu no momento em que empresas fundadas por imigrantes estavam a gerar quantidades recorde de receitas no país.

Na globalidade, a pesquisa de opinião registou a maior percentagem de norte-americanos (77%) que dizem que a imigração é boa para o país. Em sentido inverso, 19% consideram que a imigração é negativa, sendo esta a percentagem mais baixa desde que a pergunta foi feita pela primeira vez em sondagens em 2001.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. E será que todos eles estarão dispostos a receber qualquer tipo de imigrantes? Também será mais do que evidente que um país já habitado por milhões de gentes de várias origens, estas acabem por votar na defesa das suas raízes, portanto o resultado da sondagem irá um pouco ao encontro disso mesmo.

    • A maioria dos Americanos é de facto a favor da imigração, e não apenas proveniente de países ricos. Qualquer pessoa com 2 dedos de testa vê o impacto que os imigrantes têm na economia Americana. Basta ver que 45% das 500 maiores empresas dos EUA foram fundadas ou co-fundadas por imigrantes ou filhos de imigrantes. Apple, Google, Facebook, Whatsapp, Dropbox, Tesla, Uber, alguns exemplos de empresas que possivelmente não existiriam sem imigração.

RESPONDER

Computador principal do Hubble deixou de funcionar (e a NASA ainda não sabe porquê)

O Telescópio Espacial Hubble, da NASA, está em "modo de segurança" depois de o computador principal ter deixado de funcionar repentinamente no dia 13 de junho. A 13 de junho, o computador principal do Hubble deixou …

Partilha de dados com a Rússia. Medina ouvido hoje no parlamento

O presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina (PS), é hoje ouvido no parlamento, a requerimento de PSD e CDS-PP, sobre o caso da partilha de dados pessoais de ativistas russos com a embaixada …

Cientistas descobrem como é que o cérebro nos faz espirrar

Uma equipa de cientistas da Universidade de Washington, nos Estados Unidos, identificou, em ratos de laboratório, células e proteínas específicas que controlam o reflexo do espirro. "Compreender melhor o que nos faz espirrar - de que …

Casa Branca prevê falha na meta de vacinação de 70% da população até 4 de Julho

A previsão foi avançada esta terça-feira por Jeff Zients, coordenador da resposta norte-americana à pandemia do novo coronavírus. O atraso, ainda que residual, representa um percalço no plano inicialmente proposto pela Administração Biden e justifica-se, …

Revelados segredos da invasão da malária

Como é que os parasitas da malária invadem os glóbulos vermelhos? A microscopia de vídeo de última geração permitiu à equipa do WEHI, na Austrália, ver estes detalhes moleculares essenciais para tratar a doença. Kelly Rogers, …

E agora, Portugal? Depois do Grupo da Morte... Bélgica, Itália, França e Espanha no quadro

Teoricamente, desta vez a seleção nacional ficou claramente do lado mais forte na fase a eliminar do Europeu. Haverá um "escaldante" Inglaterra-Alemanha nos oitavos-de-final. Muitos adeptos portugueses ainda se lembram do golo tardio, noutro jogo, que …

Parlamento Europeu aprova novo estatuto do Provedor de Justiça

O Parlamento Europeu aprovou o novo estatuto do Provedor de Justiça Europeu que vai passar a trabalhar com novas regras, podendo avançar com os próprios inquéritos, prevendo-se também no novo regulamento medidas de proteção para …

Fernando Santos: "Estava a dizer à equipa para se chegar à frente"

Explicação do selecionador nacional, que esteve muito agitado durante os últimos minutos do Portugal-França. Uma primeira parte "excelente" e uma decisão duvidosa da equipa de arbitragem que alterou o resultado perto do intervalo. Fernando Santos começou …

Alemanha 2-2 Hungria | Goretzka salva germânicos no fim

Uma Alemanha impiedosa ao atrevimento da Hungria rendeu hoje um empate a duas bolas, selando a qualificação germânica para os ‘oitavos’ do Euro2020 e a despedida dos magiares no quarto e último lugar do Grupo …

Quase 900 funcionários dos Serviços Secretos dos EUA contraíram covid-19

Aproximadamente 900 funcionários dos Serviços Secretos dos Estados Unidos (EUA) testaram positivo para o coronavírus, de acordo com registos do governo obtidos por um grupo de vigilância. De acordo com os registos, obtidos pela Citizens for …