Pela primeira vez, FBI divulga relatório sobre a morte de Kurt Cobain

No mês passado, e discretamente, o FBI divulgou, pela primeira vez, um arquivo sobre a morte do vocalista da banda Nirvana Kurt Cobain.

O documento de 10 páginas fazia parte de uma investigação e agora está localizado na biblioteca online Freedom of Information, The Vault, que inclui duas mensagens de texto datadas de 2006 a pedir para investigar as suspeitas de que o músico foi assassinado.

Em 5 de abril de 1994, Kurt Cobain foi encontrado morto com um tiro de espingarda na sua casa em Seattle e deitado ao lado de uma nota de suicídio. Foi determinado que se tinha suicidado.

O e-mail e a carta que pedia ao FBI que a narrativa oficial fosse questionada citavam informações que circularam nos meios de comunicação. Os nomes dos autores foram redigidos no arquivo publicado.

“Milhões de fãs ao redor do mundo gostariam de ver as inconsistências em torno da morte esclarecidas de uma vez por todas”, lê-se no e-mail, originalmente publicado pela Rolling Stone e citado pelo jornal britânico The Independent. “É triste pensar que uma injustiça dessa natureza pode ser permitida nos Estados Unidos.”

Uma carta afirmava que o “assassino de Cobain ainda está por aí e agora, por causa da pressa do departamento de polícia, tem a oportunidade de fazer outras vítimas“.

O autor até compilou as evidências que apoiariam a sua teoria: que não havia impressões digitais na arma e que, na carta de despedida que Cobain deixou, não mencionava o seu desejo de tirar a própria vida, “exceto pela parte que estava com outra letra e que parecia ter sido acrescentada no final”.

O FBI respondeu à carta, dizendo que esse tipo de investigação não estaria no seu poder.

“Agradecemos sua preocupação de que Cobain possa ter sido vítima de um homicídio”, escreveu. “No entanto, a maioria das investigações de homicídio/morte geralmente cai sob a jurisdição das autoridades estaduais e locais… Com base nas informações que forneceu, não conseguimos identificar qualquer violação da lei federal dentro da jurisdição investigativa do FBI.”

O FBI anexou uma carta de um funcionário do Gabinete de Relações Públicas e Parlamentares dos Estados Unidos em resposta a uma carta dirigida a Janet Reno, que era a procuradora-geral dos Estados Unidos na época. A sua carta inicial não foi incluída nos documentos publicados.

O arquivo também incluía notas da produtora da série documental “Unsolved Mysteries”, que produziu um segmento em 1997 sobre Cobain que levantou questões sobre a sua morte.

Maria Campos, ZAP //

 

PARTILHAR

RESPONDER

Em apenas três anos, a Austrália perdeu um terço dos seus coalas

A seca, os incêndios florestais e a desflorestação na Austrália levaram o país a perder um terço dos seus coalas nos últimos três anos. A Austrália perdeu cerca de 30% dos seus coalas nos últimos …

Há modelos matemáticos que preveem se uma música vai ser viral — os mesmos utilizados com a covid-19

O uso de modelos matemáticos para antecipar o nível de sucesso de uma música pode começar a ser usado, a partir da publicação do presente estudo, por artistas e editoras para melhorar o desempenho dos …

Alemanha. Funcionário de posto de combustível abatido a tiro por cliente que se recusou a usar máscara

Um homem de 49 anos matou um funcionário de um posto de combustível na Alemanha, após tentar comprar cerveja sem utilizar a máscara. No país, o uso deste equipamento de proteção é obrigatório para entrar …

Um violino gigante flutuou no Grande Canal de Veneza (ao som de Vivaldi)

No passado fim de semana, um violino gigante, com quase 12 metros de comprimento, desceu o Grande Canal de Veneza. A bordo estava um quarteto de cordas, que tocou Four Seasons de Vivaldi. O Noah's Violin …

Assembleia de credores aprova recuperação da Groundforce

Esta quarta-feira, os credores da Groundforce aprovaram a recuperação da empresa. Em causa está uma dívida de 154 milhões de euros. Os credores da Groundforce, reunidos esta quarta-feira em assembleia de credores, no tribunal de Monsanto, …

Europeus acreditam numa "guerra fria" entre os EUA e a China e Rússia

A maioria dos cidadãos da União Europeia (UE), 62%, considera que os Estados Unidos (EUA), com apoio das instituições comunitárias, estão numa nova "guerra fria" com a China, mas recusam envolvimento nacional, revelou um inquérito …

Desenho de Van Gogh esteve guardado mais de 100 anos. Agora, é exibido pela primeira vez

O Museu de Amesterdão, nos Países Baixos, ganhou um novo inquilino: Study for 'Worn Out', um desenho recém-descoberto de Vincent van Gogh. O holandês Vincent van Gogh ainda continua a impressionar o mundo inteiro com a …

No Afeganistão, as professoras estão prontas para desafiar o regime talibã

No Afeganistão, as professoras estão prontas para desafiar o regime talibã, com receio de que os avanços dos últimos 20 anos tenham sido conquistados em vão. A Vice falou com algumas professoras afegãs que garantem continuar …

Apenas um terço das crianças em 91 países tem acesso a uma alimentação adequada, alerta UNICEF

Apenas um terço das crianças com menos de dois anos em 91 países em desenvolvimento têm acesso aos alimentos que necessitam para um crescimento saudável, revelou um relatório da UNICEF, apontando que nenhum progresso foi …

Preços das casas voltaram a aumentar no segundo trimestre

Entre abril e junho, o índice de Preços da Habitação (IPHab) cresceu 6,6% em termos homólogos. A revelação foi feita esta quarta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE). O Índice de Preços da Habitação (IPHab) cresceu …