Pedro Castillo proclamado Presidente eleito do Peru um mês depois das eleições

Stringer / EPA

O candidato presidencial peruano Pedro Castillo

O candidato de esquerda foi proclamado Presidente eleito do Peru, um mês e meio depois de uma eleição renhida contra a candidata da direita Keiko Fujimori, que impugnou o escrutínio por alegada fraude.

Depois de declarar infundados os últimos recursos jurídicos apresentados por Keiko Fujimori, o Júri Nacional de Eleições (JNE) aprovou os resultados da votação de 6 de junho, em que Pedro Castillo conquistou 50,1% dos votos, mais 44 mil do que a candidata de direita, que obteve 49,8%.

A proclamação do candidato de esquerda, de 51 anos, acontece oito dias antes da tomada de posse, marcada para 28 de julho, data em que o Peru celebrará 200 anos de independência.

Nesse dia, o atual Presidente interino, Francisco Sagasti, entregará a presidência a Castillo, professor numa escola rural da região andina de Cajamarca.

O sindicalista, saído do anonimato há quatro anos, quando liderou uma greve de professores, é apontado como o primeiro chefe de Estado sem ligação às elites políticas e económicas do país.

Nascido numa aldeia na região andina, onde foi professor durante 24 anos, Castillo é considerado “o primeiro Presidente pobre do Peru”, disse o analista Hugo Otero à agência de notícias France-Presse.

Castillo, que cresceu na aldeia de Puña, trabalhou nos campos com os pais, em criança, e teve de percorrer vários quilómetros a pé até à escola. Durante a campanha, anunciou que, se ganhasse, renunciaria ao salário presidencial e continuaria a viver do salário de professor.

Católico, casado com uma evangélica, Pedro Castillo cita habitualmente passagens da Bíblia para justificar a sua rejeição do aborto, casamento entre pessoas do mesmo sexo e eutanásia.

O seu programa assenta no reforço dos setores da saúde, educação e agricultura para melhorar a situação dos peruanos mais pobres, que enfrentam uma recessão provocada pela pandemia, bem como o aumento do desemprego e da pobreza.

Castillo também favorece o regresso ao controlo estatal da riqueza energética e mineral do país, incluindo gás, lítio, cobre e ouro, atualmente detida por multinacionais.

Entre as suas promessas de campanha mais controversas, Castillo comprometeu-se a deportar os estrangeiros que cometam crimes no Peru, um aviso aos migrantes venezuelanos em situação ilegal que chegaram em massa desde 2017, e a reintroduzir a pena de morte para combater a insegurança.

A candidata de direita, filha do ex-Presidente Alberto Fujimori (1990-2000), que cumpre uma pena de 25 anos de prisão por corrupção e crimes contra a Humanidade, fez repetidas acusações de fraude contra Castillo e pediu a anulação de dezenas de milhares de votos.

No entanto, a missão de observação eleitoral da Organização dos Estados Americanos (OEA) considerou que a eleição decorreu sem “irregularidades graves”.

A líder do partido de direita Fuerza Popular passou 16 meses em detenção provisória por suspeitas de corrupção no caso da empresa brasileira Odebrecht, tendo saído da prisão, em liberdade condicional, em abril de 2020.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Irão disponível para negociações sobre acordo nuclear nas próximas semanas

O Irão retornará às negociações sobre a retomada do acordo nuclear de 2015 nas próximas semanas, avançou o Ministério dos Negócios Estrangeiros esta terça-feira, apesar das suspeitas das potências ocidentais sobre a estratégia de Teerão …

Depois do Loon, nasce o Taara. Projeto usou lasers para transmitir 700TB de dados

Depois da morte do Projeto Loon, no início do ano, nasceu o Projeto Taara, que utilizou lasers para transmitir 700TB de dados através do rio Congo. O projeto muda, o nome é diferente, mas a missão …

Vizela - Paços de Ferreira bateu recorde de assistência na I Liga

Maior número de adeptos do campeonato também foi registado nesta jornada, no Benfica-Boavista; mas em termos de ocupação do estádio, o Vizela deixou longe toda a concorrência. Desde os anos 80 do século passado que não …

150 anos antes da viagem histórica de Colombo, um frade italiano escrevia sobre a America

Por volta do ano 1340, Galvano Fiamma registou, na sua Cronica universalis, a existência de terras a oeste da Gronelândia habitadas "por gigantes". Trata-se da primeira menção documentada do continente americano no Mediterrâneo, cerca de …

Os antigos compadres zangaram-se de vez. Trump puxa os cordelinhos nos bastidores para correr com McConnell

A relação de altos e baixos entre os dois azedou de vez depois de McConnell ter reconhecido a vitória de Joe Biden. Trump quer agora que um Republicano concorra contra McConnell pelo cargo da liderança …

Bombeiros embrulharam a maior árvore do mundo em papel de alumínio. Tudo para a proteger

O incêndio consumiu milhares de acres na Califórnia e o National Park Service viu-se obrigado a intensificar os seus esforços para proteger as jóias naturais, incluindo as maiores árvores do mundo. Os incêndios Colony e Paradise …

EUA trocaram "guerra implacável" por "diplomacia implacável" no Afeganistão, diz Biden

O Presidente dos Estados Unidos (EUA), Joe Biden, disse esta terça-feira à Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU) que o país se está a concentrar na "diplomacia implacável" e no encerramento de uma era de …

Presidente de El Salvador autodenomina-se "Ditador de El Salvador"

O Presidente de El Salvador, Nayib Bukele, alterou no domingo a descrição do seu perfil no Twitter para "Ditador de El Salvador", passando depois para "Ditador mais 'cool' do mundo mundial", situação registada após os …

Ordem dos Médicos abre processo disciplinar contra Fernando Nobre

O Conselho Disciplinar Regional do Sul da Ordem dos Médicos abriu um processo contra Fernando Nobre, por causa das suas declarações numa manifestação de negacionistas em frente à Assembleia da República. A Ordem dos Médicos (OM) …

Crise da energia obriga UE a enfrentar dependência do gás natural

Os países europeus estão a tentar proteger os consumidores de energia, numa região onde, desde o início do ano, os preços do gás aumentaram 250%, resultado de uma série de forças económicas, naturais e políticas.  Na …