Um grande pedaço de Mercúrio pode ter sido expulso pelo Sol (e lançado para o Espaço profundo)

Mercúrio, o planeta mais próximo do Sol, não é um planeta como os outros. No Sistema Solar, é único. Agora, os astrónomos acreditam que um grande fragmento do planeta foi expulso pelo Sol para as profundezas do Espaço.

O planeta mais próximo do Sol do nosso Sistema Solar está envolto em diversos mistérios. Mercúrio é mesmo único: por exemplo, o seu núcleo de ferro representa mais de 80% do seu raio, muito mais do que o da Terra, que é de apenas 50%.

De acordo com o jornal espanhol ABC, os cientistas acreditam que, há quase quatro mil milhões de anos, e no meio do  chamado “intenso bombardeio tardio”, um evento hipotético em que um imenso número de meteoritos terá atingido o Sistema Solar enquanto os planetas ocupavam os seus lugares, um grande impacto pode ter feito com que Mercúrio perdesse a maior parte do seu envólucro rochoso.

Esta teoria poderia explicar porque é que este mundo anormalmente denso tem um manto fino com apenas 500 quilómetros de espessura acima do núcleo de metal.

Porém, se assim foi, onde está todo o material levantado pela colisão? Na Terra, que também sofreu as consequências de um impacto semelhante, boa parte das rochas e poeira lançadas para o Espaço pelo tremendo choque acabou por se tornar a Lua, enquanto o resto, com o tempo, voltou a cair na direção do planeta.

No entanto, aparentemente, este não é o caso de Mercúrio. Agora, Christopher Spalding, da Universidade de Yale, e Fred Adams, da Universidade de Michingan, propuseram uma solução para este enigma.

Num estudo publicado em março na revista científica The Planetary Science Journal, os dois astrónomos apontam o dedo ao vento solar.

Naquele tempo, o vento solar, composto de partículas carregadas emitidas continuamente pelo Sol, deverá ter sido entre 10 e 100 vezes mais intenso do que é hoje e poderia ter lançado todos os detritos para o espaço sideral, fazendo com que Mercúrio perdesse eternamente uma parte significativa da sua capa rochosa.

“Conhecemos este grande mistério há décadas”, explicou Spalding. “No entanto, sabemos que, naquela época, o vento solar deveria ter sido suficientemente mais forte para ter eliminado da órbita de Mercúrio todo o material expelido em apenas um milhão de anos”.

Dependendo da força do vento solar, a nuvem de detritos pode até ter caído no Sol. No entanto, se o vento solar fosse suficientemente forte, todos os fragmentos materiais de cerca de um centímetros poderiam ter sido ejetados do Sistema Solar.

“Pode haver alguns restos de Mercúrio deixados em Vénus e potencialmente na Terra”, acrescentou o astrónomo.

ZAP //

 

PARTILHAR

RESPONDER

PJ fez novas buscas por Maddie em três poços no Algarve

A Polícia Judiciária (PJ) procurou o corpo de Madeleine McCann em três poços de água localizados em zonas rurais do concelho de Vila do Bispo, no Algarve. A informação é avançada este sábado pelo Correia da …

Berardo abre museu em Estremoz com fundos da União Europeia

O semanário Expresso avança na sua edição deste sábado que Joe Berardo instalou um museu em Estremoz, no distrito de Évora, financiado, na sua grande maioria, com fundos da União Europeia (UE). De acordo com o …

Há três dias que os casos aumentam em Itália. Espanha endurece medidas

Os casos de novas infeções com o novo coronavírus aumentaram pelo terceiro dia consecutivo, em Itália, onde nas últimas 24 horas se registaram mais 276 contaminações, comparando com 229, 193 e 138, nos dias anteriores. O …

MP investiga juiz acusado de pagar por sexo enquanto ouvia menores abusados (ele alega que o querem tramar)

O Ministério Público (MP) instaurou um inquérito à denúncia feita, no Parlamento, pela dona de uma casa de prostituição que revelou que um juiz pedia para lhe fazerem sexo oral enquanto via vídeos dos menores …

Câmara de Sintra admite 700 casos confirmados que ainda não foram contactados

O presidente da Câmara Municipal de Sintra, Basílio Horta, admitiu que existem cerca de 700 casos positivos de covid-19 no concelho que, apesar de identificados, não foi ainda possível contactar. Em entrevista ao jornal Público …

Jesus quer regressar ao Benfica. Acordo deve ficar fechado nas próximas horas

O futuro de Jorge Jesus continua a fazer correr muita tinta. Em Portugal, diz-se que o treinador tem um acordo quase fechado para regressar ao Benfica, enquanto que no Brasil há garantias de que ficará …

Erdogan anuncia que Santa Sofia volta a ser uma mesquita. UNESCO lamenta profundamente

O Presidente turco anunciou que as primeiras orações coletivas muçulmanas serão realizadas em 24 de julho em Santa Sofia, convertida em mesquita, acrescentando que o edifício permanecerá aberto a visitantes de todos os credos. "Vamos fazer …

PSD tem um substituto para o modelo Infarmed: reuniões no Parlamento transmitidas na televisão

O PSD considera que o "modelo Infarmed" já deu o que tinha a dar e, por isso, propõe substituí-lo por encontros públicos. O Expresso teve acesso a um projeto de resolução do PSD, entregue esta sexta-feira, …

José Mourinho diz que já não celebra golos (e explica porquê)

O treinador português José Mourinho diz que já não celebra os golos marcados pelo Tottenham, atribuindo as culpas deste seu comportamento ao VAR. "Eu já não celebro os golos, porque eu nunca sei se vai ser …

“O que aí vem ainda será pior”, avisa Costa e Silva

O diretor diretor executivo da petrolífera Partex, António Costa Silva, convidado pelo Governo para estudar um plano de retoma económica para o período pós-pandemia, acredita que "o que vem aí será pior". Em declarações ao jornal …