Paulo Trigo Pereira rompe com o PS mas continua no Parlamento

Grupo Parlamentar do Partido Socialista / Facebook

Paulo Trigo Pereira sai da bancada do PS

O professor universitário Paulo Trigo Pereira confirmou esta sexta-feira à agência Lusa que passará à condição de deputado não-inscrito desvinculado do grupo parlamentar do PS, bancada que integra desde as eleições legislativas de 2015.

Paulo Trigo Pereira, de 59 anos, estava integrado no grupo parlamentar do PS como deputado independente e era o parlamentar que mais vezes votou desalinhado das posições oficiais da direção da bancada. O especialista em Economia e professor catedrático foi eleito nas legislativas de 2015 pelo círculo eleitoral de Setúbal.

“O deputado Paulo Trigo Pereira, ao contrário de outros deputados que também não são membros do PS, nunca se sentiu bem com os condicionamentos próprios que resultam de integrar um grupo. Creio que se sente mais confortável assim, pelo que respeitamos a sua decisão”, disse à Lusa fonte do grupo parlamentar do PS.

A notícia de que Paulo Trigo Pereira irá sair da bancada do PS foi avançada pelo Público. Trigo Pereira queixa-se de uma atitude “paternalista” do Governo e de ter sido afastado nos mais importantes debates sobre finanças.

Estas críticas constam de um comunicado de Paulo Trigo Pereira, no qual também salienta que deixou as suas funções de vice-presidente da Comissão de Orçamento e Finanças da Assembleia da República.

“Acontece que, particularmente nos últimos dois anos, a atitude do Governo perante o Grupo Parlamentar do PS tornou-se mais paternalista (vidé todo o processo de descentralização) e os meus votos desalinhados, mas justificados em declarações, levaram a um afastamento mútuo entre mim e a direção” da bancada socialista, justifica.

No texto, Paulo Trigo Pereira queixa-se da atuação da direção do Grupo Parlamentar do PS em relação a si em debates como o do Programa de Estabilidade ou o Orçamento do Estado para 2019 (OE2019).

“Quando a direção do Grupo Parlamentar do PS não dá a palavra em plenário ao seu vice-presidente da Comissão de Orçamento e Finanças nos debates mais importantes sobre finanças públicas (OE2019 e Programa de Estabilidade), como aconteceu este ano, e não esclarece porque é que certas propostas de alteração ao Orçamento são rejeitadas, está esclarecido o lugar que a direção da bancada atribui ao seu vice-presidente”, refere no comunicado.

Paulo Trigo Pereira diz que, nos últimos três anos, assumiu “completamente a exclusividade” do seu mandato, considerando que pretendia dar o que sabia, quer no Grupo Parlamentar do PS, quer na Comissão de Orçamento e Finanças, quer, ainda, na comissão da transparência.

“Dediquei-me na medida das possibilidades a Setúbal, círculo por onde fui eleito, e não tive tempo para a Comissão de Assuntos Europeus (onde sou suplente). Cumpri e continuarei a cumprir, escrupulosamente, a disciplina de voto e o compromisso ético que subscrevi antes de ser eleito como deputado independente nas listas do PS”, destaca.

O agora deputado não inscrito advoga que nunca ambicionou um cargo político com a sua entrada na Assembleia da República, que classifica como “acidental”.

“Como é sabido, tudo começou pelo convite do PS para integrar o grupo de economistas coordenado por Mário Centeno para prepararmos o cenário macroeconómico, que entregámos em Abril de 2015 e que enquadrou a parte orçamental do programa eleitoral do PS. Mais tarde, [o secretário-geral do PS] António Costa convidou alguns dos elementos independentes desse grupo (Centeno, Caldeira Cabral e eu próprio) para integrarmos a lista de deputados”, conta.

No entanto, face a tudo o que se passou nos últimos dois anos, Paulo Trigo Pereira concluiu que não lhe restava outra opção que não demitir-se da vice-presidência da Comissão de Orçamento, sair da bancada socialista e tornar-se deputado não inscrito.

“Neste sentido, comuniquei a decisão ao secretário-geral do PS, António Costa, ao presidente do Grupo Parlamentar, Carlos César, e entreguei uma carta para o presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro Rodrigues, no sentido de dar início ao processo de saída do Grupo Parlamentar do PS e à transição para deputado não inscrito”, acrescenta no mesmo comunicado.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Ainda há pessoas em Portugal que se prezam por ter ideias próprias, a maior parte delas não estão filiadas em partidos nem próximo. Em França, muitos destes, vestiram coletes amarelos… Aqui em Portugal, viram a cara para o lado, quando não concordam com qualquer coisa… Até um dia, né, Antonio “Macron” Costa ou deveria dizer Maçon….. :):):):):):):):):):)

RESPONDER

Consumo excessivo de álcool afeta o sistema nervoso (e aumenta a ansiedade)

Investigadores do Instituto de Investigação e Inovação em Saúde concluíram que o consumo repetitivo de álcool afeta diretamente células imunes do sistema nervoso central, que eliminam parte da comunicação entre os neurónios, e provoca o …

Afinal, os tubarões-baleia macho não são os maiores peixes dos oceanos

Um novo estudo revela que, afinal, os tubarões-baleia machos não são os maiores peixes do oceano. As fêmeas crescem continuamente muito depois de os machos pararem, atingindo tamanhos maiores - ainda que demorem mais tempo …

Exército norte-americano usou fundos de emergência covid-19 para comprar armas

O exército dos Estados Unidos utilizou fundos de emergência aprovados pelo Congresso especificamente para combater a covid-19 para comprar armas, denuncia esta semana o jornal norte-americano The Washington Post. O caso remonta a março passado, …

Carpinteiros usam técnica medieval na reconstrução de Notre Dame

A reconstrução de Notre Dame - que se prevê estar concluída no prazo de cinco anos - continua a avançar e os carpinteiros usaram técnicas medievais para erguer uma estrutura na fachada do monumento. A Catedral …

Durante um ano e meio, uma aldeia inteira perdeu a Internet todos os dias à mesma hora (e já se sabe porquê)

Durante 18 meses, os residentes de uma vila no País de Gales perderam a Internet todos os dias à mesma hora. Agora, engenheiros identificaram o motivo: uma televisão em segunda mão que emitia um sinal …

Gado na UE produz 704 milhões de toneladas de CO2 (mais do que todos os transportes juntos)

De acordo com uma nova análise da Greenpeace, animais de criação como vacas, porcos e outros, estão a emitir mais gases com efeito de estufa na Europa do que todos os transportes juntos. Na última década, …

É distraído e está sempre a perder a carteira? A Cashew Smart Wallet é para si

Uma simples carteira pode vir a melhorar os seus dias. A Cashew Smart Wallet é dotada de uma tecnologia de bluetooth que permite proteger os seus bens e ainda o ajuda caso a perca por …

Desportivo das Aves SAD desiste do Campeonato de Portugal

O Desportivo das Aves SAD vai abdicar da participação no Campeonato de Portugal (CdP), após ter falhado as negociações com o Perafita para utilizar as instalações do clube de Matosinhos. "As inscrições fechavam ontem [terça-feira] e …

Celebridades doam dinheiro para pagar dívidas a ex-presos impedidos de votar nos EUA

O bilionário Michael Bloomberg, o cantor John Legend e o basquetebolista LeBron James são algumas das celebridades que estão a doar dinheiro para pagar dívidas de ex-presidiários da Florida, impedidos de votar nas próximas eleições …

No debate sobre o Plano de Recuperação, evocou-se Sócrates e Passos

O líder do PSD questionou o primeiro-ministro se pretende "fomentar o desemprego" com o aumento do salário mínimo. O chefe do Governo manifestou-se "completamente perplexo". Na abertura do debate sobre o Plano de Recuperação e Resiliência, …