Paula Teixeira da Cruz acusa Rui Rio de estalinismo

José Sena Goulão / Lusa

Paula Teixeira da Cruz, ex-ministra da Justiça

A ex-ministra da Justiça Paula Teixeira da Cruz acusa este domingo o líder social-democrata, Rui Rio, de se comportar como um ditador. “Não me inscrevi num partido estalinista, não tenho feitio para isso”, diz ao CM a deputada do PSD.

Em entrevista ao Correio da Manhã, a antiga ministra da Justiça no governo de Pedro Passos Coelho acusa este domingo o líder do PSD, Rui Rio, de se comportar como um ditador. “Não me inscrevi num partido estalinista, não tenho feitio para isso”.

Na mesma entrevista, Paula Teixeira da Cruz acusa o presidente do partido de querer “controlar a justiça e a comunicação social”, e contesta a liderança de Rio, que diz exigir “uma cega e leal obediência à direcção“.

“Nunca poderia colaborar com uma direcção que quer controlar a Justiça e a comunicação social”, diz ao CM a antiga vice-presidente do PSD, que se opõe a propostas do próprio partido que, sustenta, que “vão retirar a independência dos magistrados do Ministério Público, subordinando-os ao poder político”.

Paula Teixeira da Cruz conclui a entrevista ao diário lamentando que o PSD tenha “apenas um presidente, mas não um líder como Passos Coelho, que aceitava as diferenças e não as sancionava”.

A ainda deputada do PSD, que já tinha anunciado que não se iria recandidatar a novo mandato de deputada após as próximas legislativas, vai abandonar o parlamento e regressar a tempo inteiro à sua actividade profissional.

A advogada desde 1992 e antiga docente na Faculdade de Direito da Universidade Livre de Lisboa,de 59 anos, chegou à vice-presidência do PSD em 2005 na Comissão Política liderada por Luís Marques Mendes — da qual se demitiu em 2006. Regressou à vice-presidência entre 2012 e 2014, com Pedro Passos Coelho.

A ex-ministra da Justiça no XIX Governo Constitucional é um dos nomes sonantes do PSD que vai abandonar a bancada social-democrata após as legislativas de 6 de Outubro. No início do ano, o antigo ministro da Justiça e da Defesa José Pedro Aguiar-Branco e o antigo secretário de estado Luís Campos Ferreira abandonaram o grupo parlamentar.

A semana passada, foi a vez de Teresa Morais, anunciar a sua saída. A  antiga ministra da Cultura de Passos Coelho, acusa Rui Rio de estar “a definhar” o partido, tornando-o num partido de “amigos e acólitos subservientes”.

“Eu não quero ter rigorosamente nada em comum com quem está a definhar o meu partido, a excluir em vez de acrescentar, a tornar o PSD ‘maneirinho e homogéneo’. O partido mediano e ideologicamente puro, onde só cabem amigos e acólitos subservientes, não é o meu PSD”, afirmou Teresa Morais no seu perfil no Facebook.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. “vão retirar a independência dos magistrados do Ministério Público, subordinando-os ao poder político”

    Se isto for verdade, é gravíssimo pois, a separação de poderes é uma pedra angular do estado de direito. Isto não tem nada a ver com esquerdas e direitas… Tem a ver com inconstitucionalidade.

RESPONDER

Esta empresa está a produzir "carne" feita de ar

Enquanto várias startups estão a vender "carne" feita de plantas, a Air Protein, uma empresa sediada na Califórnia, nos Estados Unidos, está a criar carne feita de ar. A ideia não é nova, uma vez que …

Autoridade da Concorrência faz buscas em cinco empresas de vigilância privada

A Autoridade da Concorrência (AdC) anunciou, esta segunda-feira, que realizou diligências de busca e apreensão em cinco empresas do setor da vigilância privada, no distrito de Lisboa, "por suspeitas de práticas anticoncorrenciais lesivas do normal …

"Breaking Bad" da vida real. Dois professores de Química acusados de produzir metanfetamina

Dois professores universitários de Química do estado do Arkansas, nos Estados Unidos, foram detidos no domingo por suspeitas de produzirem metanfetaminas. O caso tem atraído atenção mediática por se parecer inspirar no enredo da série …

TAP regista prejuízos de 111 milhões de euros até setembro

A TAP registou, nos primeiros nove meses deste ano, prejuízos acumulados de 111 milhões de euros que atribui a "variações cambiais sem impacto na tesouraria". "A TAP S.A. apurou um prejuízo acumulado, nos primeiros nove meses …

Coreia do Norte não está interessada em mais cimeiras com os EUA

A Coreia do Norte advertiu, esta segunda-feira, que "não está interessada" em mais cimeiras com os Estados Unidos, se Washington persistir na recusa em fazer concessões. A Coreia do Norte deu a Washington até ao final …

Refugiado detido que escreveu um livro pelo Whatsapp conquista a liberdade

O jornalista e escritor curdo-iraniano Behrouz Boochani, que estava detido há seis anos num centro de imigrantes na Austrália, conquistou a liberdade. Boochani escreveu, através de mensagens da rede social Whatsapp, o livro “No Friend But …

Pinto Luz não se resigna a disputar "campeonato dos pequeninos"

O candidato à liderança social-democrata afirmou, esta segunda-feira, não se resignar a um partido que disputa o "campeonato dos pequeninos" ou é "uma segunda escolha do PS", pedindo a "quem não gosta deste PSD" que …

Militares portugueses já salvaram mais de 14 mil migrantes no Mediterrâneo

Marinha, Polícia Marítima e Unidade de Controlo de Costa da GNR, ao serviço da agência Frontex, no sul de Espanha e de Itália, já resgataram 14.151 migrantes no Mediterrâneo desde 2014. As equipas militares portuguesas, a …

Estudantes de Medicina dizem adeus ao "terrível" Harrison

Mais de 2.700 recém-licenciados de Medicina realizaram, esta segunda-feira, a Prova Nacional de Acesso (PNA), que substitui o "terrível" Harrison. Esta segunda-feira, mais de 2.700 candidatos responderam pela primeira vez a 150 questões da Prova Nacional …

Vítimas de legionella de Vila Franca de Xira reclamam 2,6 milhões ao Estado

A Associação de Apoio às Vítimas do Surto de Legionella de Vila Franca de Xira reclama uma indemnização de 2,6 milhões de euros por falhas e omissões de entidades públicas em relação às vítimas que ficaram …