Patrões vão pagar por doenças que resultem de assédio

Os patrões vão passar a assumir a “reparação dos danos emergentes” de doenças dos seus trabalhadores provocadas por uma situação de assédio no trabalho.

Segundo o Público, o PS e o BE já chegaram a acordo relativamente a este ponto e, ainda esta quarta-feira, deverão ultimar a proposta conjunta de reforço do quadro jurídico de combate do assédio moral e sexual no local de trabalho, que deverá ir a votação no plenário no próximo dia 19 de julho.

Em declarações ao jornal, o deputado bloquista José Soeiro considera que este é “um importantíssimo passo em frente” porque “o que acontece hoje é que em situações de assédio as pessoas ficam destruídas, com doenças, e entram muitas vezes em situações de baixa médica, com os encargos a serem totalmente suportados pelo Estado, ou seja, a empresa provoca prejuízo ao trabalhador e o Estado cobre esse prejuízo”.

“O que o Estado fará é imputar à empresa esse custo, tal como acontece nas doenças profissionais e nos acidentes de trabalho”, acrescentou.

Além desta proposta, os dois partidos também concordaram com a proibição de as empresas poderem sancionar disciplinarmente um trabalhador que se queixe de assédio, bem como as suas testemunhas, até que haja uma decisão final no processo judicial, escreve o mesmo jornal.

“Hoje há uma grande discrepância entre as pessoas que se identificam como tendo sido vítimas de assédio — e são cerca de 16% dos trabalhadores, de acordo com o último estudo — e as queixas que existem e que, no ano passado, foram apenas quatro“, recorda Soeiro.

“Uma das razões para esta discrepância é que não existe nenhum mecanismo de proteção para quem denuncia uma prática de assédio ou para quem aceita ser testemunha”, sendo importante impedir que as empresas possam abrir processos disciplinares como forma de “retaliação e de pressão sobre os trabalhadores e para que não existam mais denúncias”.

Outra proibição para as empresas será o facto de estas ficarem impedidas de despedir um trabalhador que tenha sido vítima de assédio até um ano desde a apresentação da queixa.

“Muitas vezes as empresas intentam um processo de tortura psicológica ao trabalhador que se queixou de assédio que faz com que acabe por ter uma falha que leva ao seu despedimento”, explica Soeiro ao Público.

Também propõem que seja criada uma lista de acesso público, a partir do site da Autoridade para as Condições do Trabalho, na qual devem constar os nomes de todas as empresas condenadas por tais práticas.

Além dos socialistas e bloquistas, também o PCP e o PAN decidiram defender sozinhos as suas propostas a levar a votação final global.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Desenterradas duas múmias no cemitério egípcio onde o rei Tut foi sepultado

Uma equipa de arqueólogos desenterrou duas múmias no Vale dos Reis, o cemitério antigo onde está sepultado o rei Tutankhamon e outras realezas egípcias, anunciou o Ministério das Antiguidades do Egito. Em conferência de imprensa …

"Avião do Juízo Final" foi construído para sobreviver a um ataque nuclear (mas foi derrotado por um pássaro)

Uma aeronave do "dia do juízo final" da Marinha dos EUA, destinada a sobreviver a um ataque nuclear, foi recentemente derrotada por um pássaro. Um pássaro derrubou um dos quatro motores do avião e a Marinha …

Cova da Piedade 0-4 Benfica | Em frente na Taça com goleada

, O Benfica goleou hoje o Cova da Piedade por 4-0, garantindo o apuramento para a quarta eliminatória da Taça de Portugal, com dois tentos de Pizzi e outros tantos de Carlos Vinícius. O internacional português abriu …

Vírus informático faz caixas de multibanco "cuspirem" notas (e está a espalhar-se pelo mundo)

Um vírus informático está a ser utilizado para entrar em caixas de multibanco e fazê-las ejetar todo o seu dinheiro. Os primeiros casos surgiram na Alemanha, mas têm-se alastrado um pouco por todo o mundo. Na …

Piloto Bernardo Sousa suspenso dois anos por controlo antidoping positivo a cocaína

O ex-campeão nacional de ralis Bernardo Sousa foi suspenso por dois anos devido a um controlo antidoping positivo a cocaína, anunciou na quinta-feira a Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting (FPAK). De acordo com o comunicado …

Porsche lança Taycan "low cost" para competir com a Tesla

https://vimeo.com/367293637 A Porsche lançou uma versão económica do Taycan de forma a competir com o Model S da Tesla. O veículo elétrico está disponível a partir de janeiro e custará cerca de 105 mil euros. A batalha …

Quartel da Graça vai ser um hotel de luxo

A concessão do Quartel da Graça, em Lisboa, vai ser entregue ao grupo Sana, no âmbito do programa Revive, estando previsto um investimento de 30 milhões de euros, para a instalação de um hotel, foi …

Infarmed retira do mercado protetor solar infantil

O Infarmed disse esta sexta-feira que está acompanhar as precauções da agência espanhola do medicamento em relação aos produtos de proteção solar ISDIN, indicando que em novos testes detetou variabilidade e inconsistência no fator de …

Com 13 anos, herdeira da Coroa de Espanha discursa pela primeira vez

O rei Filipe VI transmitiu esta sexta-feira à princesa Leonor o compromisso "pessoal e institucional" que possui como herdeira da Coroa na entrega dos Prémios Princesa de Astúrias 2019, cerimónia acompanhada no exterior por uma …

"El Mencho" quer ser o próximo "El Chapo" (e está a matar polícias para o conseguir)

"El Mencho", líder de um dos cartéis mais influentes do México, foi responsável pelo massacre de 14 polícias. O barão da droga quer ser o próximo "El Chapo". No México, Nemesio Oseguera Cervantes, conhecido como "El …