Passagem do Irma pelas Caraíbas fez pelo menos 25 mortos

O furacão Irma fez, até agora, pelo menos 25 mortos à passagem pelas Caraíbas, segundo números compilados pela agência France-Presse.

O furacão, o mais poderoso registado no Atlântico, já esteve na categoria máxima na escala Saffir-Simpson, 5, já passou para categoria 4 e agora desce para 3, poucas horas antes de tocar terra no sul da Florida. Espera-se que tal aconteça na madrugada de hoje para domingo.

À sua passagem pelas Caraíbas, o Irma fez 10 mortos e 7 desaparecidos nas ilhas francesas, o que eleva para 25 o total de vítimas mortais na região. As restantes vítimas são 6 nas Ilhas Virgens Britânicas, 4 nas Ilhas Virgens Americanas, duas na parte holandesa de Saint-Martin, 2 em Porto Rico e uma em Barbuda.

Além das vítimas mortais, o Irma provocou danos consideráveis nos territórios por onde passou. Em Anguilla, a Agência de Gestão de Emergência em Desastres das Caraíbas, citada pela Associated Press, estima que 90% dos edifícios governamentais e empresariais tenham ficado danificados, assim como 90% das infraestruturas de eletricidade.

Também na ilha de Barbuda, com 1.400 habitantes, a estimativa é que 90% das estruturas tenham ficado danificadas ou destruídas. As ilhas de Saint-Martin e Saint-Barthélemy foram atingidas severamente, com vastos danos em propriedades e infraestruturas.

As autoridades francesas estimam os danos em mais de 1,2 mil milhões de euros e as autoridades holandesas estimam que 70% das habitações ficaram bastante danificadas ou foram destruídas, deixando muitos dos 40 mil residentes dependentes de abrigos públicos, quando se preparam para a chegada do furacão José.

Nas Ilhas Virgens britânicas, a Agência de Gestão de Emergência em Desastres das Caraíbas Britânicas alertou para a necessidade urgente de um reforço de segurança devido aos casos de pilhagens.

Cerca de um milhão de pessoas estavam sem eletricidade em Porto Rico, embora o furacão tenha passado a norte do território. Nas Ilhas Virgens americanas, o hospital de St. Thomas ficou destruído e o porto em ruínas, assim como centenas de residências e dezenas de empresas.

O Irma dirige-se agora para a Florida, nos Estados Unidos, onde as autoridades recomendaram a retirada de sete milhões de habitantes, um terço da população do estado, devido à passagem do furacão.

A divisão de gestão de emergências do estado da Florida anunciou hoje que as autoridades tinham emitido uma combinação de ordens de saída obrigatória e voluntária a 6,3 milhões de residentes, mas o número subiu, entretanto, acrescentando mais 700 mil pessoas, à medida que o furacão girou para ocidente.

O fenómeno deve alcançar o território este domingo. A dimensão e a trajetória da tempestade levaram os responsáveis a ordenar evacuações em ambas as costas da Florida, incluindo alguns dos centros populacionais do estado.

Na região há outros dois fenómenos: no Atlântico, o José é neste momento um furacão de categoria 4, com ventos máximos de 240 quilómetros por hora e movimentando-se a cerca de 20 quilómetros/hora. No entanto, o centro de furacões norte-americano estima que continuará a perder força nos próximos dias.

No Golfo do México, o furacão Katia tocou terra já durante a noite de sexta-feira, a norte de Tecolutla, México, enfraquecendo para o estatuto de “tempestade tropical” e depois para “depressão tropical”.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Milhares de manifestantes voltam às ruas de Hong Kong

A polícia de Hong Kong deteve, este domingo, onze pessoas e apreendeu várias armas, incluindo uma pistola, pouco antes do início de uma manifestação convocada para a cidade, para a qual se espera uma forte …

Irão e Estados Unidos trocam prisioneiros

Irão e Estados Unidos realizaram, este sábado, uma troca de prisioneiros que envolveu a troca de um investigador sino-americano por um cientista iraniano detido pelos EUA, num avanço diplomático que surge após meses de tensão …

Coreia do Norte anuncia "teste muito importante" em local de lançamento de mísseis

A Coreia do Norte anunciou ter realizado um "teste muito importante" no local de lançamento de mísseis de longo alcance, defendendo que terá um efeito fundamental na futura posição estratégica do país. A Agência Central de …

Balas que assassinaram John F. Kennedy preservadas em modelo 3D

A partir do próximo ano, os Arquivos Nacionais dos Estados Unidos vão disponibilizar, no seu catálogo online, imagens 3D das balas que assassinaram o antigo presidente norte-americano John F. Kennedy. Para criar os modelos das …

Pela primeira vez, neurónios artificiais foram criados para curar doenças crónicas

Uma equipa de investigadores conseguiu recriar as propriedades biológicas dos neurónios em chips, que podem ser úteis ajudar na cura de doenças neurológicas crónicas. Naquele considerado um feito única na ciência, investigadores da Universidade de Bath …

Cientistas encontram uma relação negativa "muito forte" entre inteligência e religiosidade

Uma equipa de investigadores sugere que pessoas religiosas tendem a ser menos inteligentes do que pessoas sem crenças religiosas. O estudo tem gerado uma grande controvérsia. A religião é um tema forte, capaz de juntar ou …

Descoberta nova espécie de tubarão pré-histórico que podia chegar aos sete metros

Uma nova espécie de tubarão pré-histórico foi descoberta no Kansas, nos Estados Unidos. Este predador podia crescer até quase sete metros de comprimento. De acordo com a revista Newsweek, Kenshu Shimada, da Universidade DePaul, e Michael …

Conhecido medicamento para diabetes pode conter um carcinógeno

A Food and Drug Administration, agência federal e reguladora do Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos Estados Unidos, está a testar amostras de metformina, um medicamento para diabetes que pode conter o carcinógeno N-Nitrosodimetilamina …

Nobel da Física diz que o ser humano não está concebido para viver fora da Terra

Didier Queloz disse, este sábado, estar convencido de que o ser humano não está concebido para viver fora da Terra, razão pela qual está "zangado" com alguns argumentos do cofundador da Tesla, Elon Musk. Os suíços …

Ford está a reciclar palha de café do McDonald's. Quer transformá-la em peças de carro

https://vimeo.com/377768195 A Ford está a fabricar peças de carro através de palha de café reciclada do McDonald's. A iniciativa contribui para a redução da pegada ecológica e do desperdício alimentar. O combate às alterações climáticas cabe um …