TAP condenada a indemnizar grupo de brasileiros impedido de embarcar

Um tribunal de São Paulo condenou a companhia aérea a pagar cerca de oito mil euros de indemnização a este grupo de brasileiros que foi impedido de embarcar num dos seus voos com destino a Portugal.

De acordo com o semanário Expresso, um grupo de seis brasileiros, originário de Manaus, terá sido impedido de embarcar num voo da TAP que partia de São Paulo com destino a Portugal e foi obrigado a ficar oito dias nessa cidade brasileira.

O jornal adianta que os funcionários do balcão de check-in da companhia aérea terão explicado que não os poderiam deixar embarcar uma vez que, chegados a território português, iriam ser barrados por não terem comprovado devidamente o parentesco, fator que alegadamente seria exigido por uma norma europeia.

Uma das brasileiras que fazia parte deste grupo, autora de uma ação interposta na justiça brasileira, afirmou que tinha confirmado com a transportadora portuguesa e com o consulado do Brasil que não era necessária qualquer solicitação específica.

Agora, escreve o semanário, um tribunal de São Paulo obrigou a TAP a pagar a este grupo de passageiros cerca de oito mil euros por danos materiais e morais.

“Além da passagem comprada e do passaporte, porque é documento de identificação internacionalmente reconhecido, nada mais é possível exigir-se do passageiro”, afirmou o juiz brasileiro Guilherme Ferreira da Cruz no acórdão, citado pelo jornal Estadão.

O voo de repatriamento vindo do Brasil com cerca de 300 passageiros chegou, este domingo de manhã, ao Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa. Foi o primeiro voo de carácter humanitário organizado pelo Governo português, depois da suspensão das ligações aéreas entre os dois países a 27 de janeiro.

O Executivo já admitiu realizar outro voo humanitário entre os dois países, caso haja mais passageiros em situação prioritária que não conseguiram lugar neste voo.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

"Contra tudo e contra todos". Moedas fez história em Lisboa

O cabeça de lista da coligação PSD/CDS-PP/MPT/PPM/Aliança à Câmara de Lisboa, Carlos Moedas, afirmou hoje ter vencido “contra tudo e contra todos”, porque “a democracia não tem dono”, agradeceu o “voto de confiança” e comprometeu-se …

Ventura admite que “vitória não foi total” ao falhar objetivo de ficar em terceiro

O líder do Chega admitiu hoje que a “vitória não foi total” nas autárquicas de domingo, ao falhar o objetivo de ser a terceira força política, mas defendeu que se “fez história” em Portugal, recusando …

Liveblog Autárquicas. Carlos Moedas ganha Lisboa

Realizam-se este domingo Eleições Autárquicas em Portugal, nas quais está em jogo a eleição de 308 presidentes de câmaras municipais, os seus vereadores e assembleias municipais, bem como 3091 assembleias de freguesia. Acompanhe tudo no …

Contra a "vigarice" das sondagens, "o PSD teve um excelente resultado"

O PSD conseguiu todos os objectivos a que se propôs nestas eleições autárquicas, segundo Rui Rio. O presidente do PSD considera que o partido teve "um excelente resultado" contra a "vigarice" das sondagens e "contra …

Medina assume derrota em Lisboa. "É uma indiscutível vitória de Carlos Moedas"

Fernando Medina acaba de assumir a derrota nas eleições autárquicas, felicitando Carlos Moedas pela vitória na Câmara de Lisboa. "É uma indiscutível vitória pessoal e política de Carlos Moedas", sublinha Medina. "Foi um privilégio servir esta …

Costa: "PS continua a ser o maior partido autárquico nacional"

António Costa canta vitória nas eleições autárquicas, apesar de ainda não se conhecerem os resultados finais de Lisboa, Sintra e Loures. Para o secretário-geral socialista, não há dúvida de que o "PS continua a ser …

O "primeiro amarelo" para Costa e o "CDS superou todos os objectivos"

"O CDS superou todos os objectivos a que se propôs nestas autárquicas". É assim que Francisco Rodrigues dos Santos, líder do CDS-PP, canta vitória, considerando que António Costa "viu o seu primeiro cartão amarelo". Na reacção …

Pegadas provam que as Américas foram povoadas milhares de anos antes do que pensávamos

Investigadores descobriram evidências da presença de humanos nas Américas: pegadas com, pelo menos, cerca de 23.000 anos. A nossa espécie começou a migrar para fora de África há cerca de 100.000 anos. Além da Antártida, as …

Jerónimo assume que CDU ficou "aquém", mas não é "determinante para a política nacional"

Jerónimo de Sousa reconhece que os resultados da CDU, nas eleições autárquicas, ficaram "aquém" dos objectivos, mas alerta que não são "determinantes para a política nacional" e rejeita a hipótese de deixar a liderança do …

Geringonça à direita... ou à esquerda? Com Moedas e Medina taco a taco, IL e Bloco entram em jogo

Freguesia a freguesia, eis como Fernando Medina e Carlos Moedas estão a disputar a eleição para a Câmara de Lisboa. As sondagens dão um empate técnico e a Iniciativa Liberal já manifestou que está disponível …