Parlamento grego aprova terceiro resgate depois de longa maratona

Alexandros Vlachos / EPA

O ministro das Finanças grego Euclid Tsakalotos

O ministro das Finanças grego Euclides Tsakalotos

O parlamento grego aprovou esta sexta-feira, por maioria, o acordo sobre o terceiro plano de resgate, após um debate que se prolongou durante toda a noite.

A votação ocorreu esta manhã, depois de o primeiro-ministro, Alexis Tsipras, ter apelado à aprovação do acordo “para garantir a capacidade do país para sobreviver e continuar a lutar”.

O texto obteve luz verde com 222 votos a favor, 64 contra e 11 abstenções, segundo a agência France Press.

As longas horas de debate sobre plano de ajuda de 85 mil milhões de euros, o terceiro desde 2010, em troca de medidas de poupança drásticas, voltaram a evidenciar as dissidências no seio do partido governante Syriza.

A Comissão Europeia (CE) e o Banco Central Europeu (BCE) recordaram hoje que o acordo técnico firmado pelos credores internacionais com a Grécia para um terceiro resgate ao país está em linha com o acordado pelos chefes de Estado e de Governo da zona euro no passado dia 13 de julho.

“Este acordo está em linha com a declaração da Cimeira de 13 de julho”, afirmaram ambas as instituições num comunicado conjunto publicado horas antes do início da reunião do Eurogrupo.

A reunião dos ministros das Finanças da zona euro está marcada para as 14h (hora de Lisboa), em Bruxelas, para discutir o terceiro resgate à Grécia, apesar das dúvidas que permanecem e da possibilidade de se optar, no imediato, por um novo empréstimo transitório.

Já o FMI refere, em comunicado, que espera “trabalhar com as autoridades gregas para desenvolver o programa de reformas com mais detalhes e que os parceiros europeus da Grécia tomem decisões sobre o alívio da dívida para permitir que se torne sustentável”.

Maratona parlamentar

A sessão começou na manhã de quinta-feira com o debate nas comissões parlamentares, que ficou marcado pelo confronto entre a presidente do Parlamento, Zoé Konstandopulu, e alguns membros do Governo.

Konstandopulu manifestou o seu descontentamento sobre o procedimento parlamentar escolhido pelo Governo para tramitar a lei do resgate – a via de urgência – e propôs que a votação se realizasse hoje de manhã.

O ministro das Finanças, Euclides Tsakalotos, defendeu o resgate e embora tenha anunciado que se trata de um “acordo muito difícil”, argumentou que o Governo conseguiu algumas conquistas como a flexibilização das metas orçamentais.

Por sua vez, o titular da pasta da Economia, Yorgos Stathakis, disse que o país se encontrava num beco sem saída devido à enorme dívida à qual tinha de fazer frente e ao cumprimento dos superávit, e sublinhou que o objetivo do executivo foi sempre a permanência do país na zona euro e a retoma do crescimento económico.

A legislação estabelecia um máximo de dez horas para o debate deste projeto de lei.

/Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. A democracia e os superiores interesses de um povo são lixados para aquela minoria de esquerda bloquista “reaccionária” extremista populista de empalados frustrados por tantas décadas de comunismo stalinista e maoísta… Assassinos em massa do próprio povo

RESPONDER

Frederico Morais falha Jogos Olímpicos. Testou positivo à covid-19

O português Frederico Morais vai falhar a estreia do surf nos Jogos Olímpicos Tóquio2020, por estar infetado pelo novo coronavírus, informou esta sexta-feira o Comité Olímpico de Portugal (COP). O surfista natural de Cascais, de 29 …

Governo propõe que todas as freguesias possam ter pelo menos um autarca a meio tempo

O Governo aprovou uma proposta para que todas as freguesias do país possam ter um autarca a meio tempo independentemente da sua dimensão, anunciou esta sexta-feira a ministra da Modernização do Estado, que tutela as …

Espanha vai administrar terceira dose da vacina

Espanha anunciou esta sexta-feira que será administrada uma terceira dose da vacina contra a covid-19, embora ainda não haja data prevista. Carolina Darias, ministra da Saúde espanhola, anunciou esta sexta-feira que será administrada uma terceira dose …

Portugal com mais 3.794 casos de covid-19 e 16 mortes

Portugal registou, esta sexta-feira, 3.794 novos casos e 16 mortes na sequência da infeção por covid-19, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde, o …

Deputada expulsa do parlamento britânico por chamar “mentiroso” a Boris Johnson

A deputada do Partido Trabalhista, Dawn Butler, foi esta quinta-feira expulsa da Câmara dos Comuns, a câmara baixa do Parlamento britânico, por chamar "mentiroso" ao primeiro-ministro, Boris Johnson. Butler foi expulsa pela presidente adjunta temporária, Judith …

UGT dispara contra o Governo. "Exemplo vem sempre de quem está no topo"

Numa carta aberta ao primeiro-ministro, a UGT criticou a atitude de vários ministros, a destruição de milhares de postos de trabalho durante a pandemia e alertou para a suspeita de existir cartelização entre os grandes …

Greve de fome de 470 pessoas em Bruxelas termina 60 dias depois

Em Bruxelas, mais de 470 pessoas deram por terminada uma greve de fome que durou dois meses. O governo belga disse que não pode ceder a chantagens e saudou a boa decisão. Nos últimos dois meses …

Estados Unidos anunciam novas sanções a Cuba. “É apenas o início”

Sanções dos Estados Unidos a Cuba têm como objetivo castigar “os indivíduos responsáveis pela opressão da população cubana”. Ministro dos Negócios Estrangeiros cubano, numa reação, fala em medidas "sem fundamento e caluniosas" e pede que …

Militantes do Chega acusados de agredir homossexual em Viseu

Militantes do Chega são acusados de terem agredido um homem homossexual no final da tarde de quarta-feira, na rua, em Viseu. Segundo informação avançada pelo Expresso, os agressores são afetos à candidatura do partido de …

Só Portugal e Lituânia é que ainda não têm 5G na União Europeia

Portugal e a Lituânia eram os dois países da União Europeia (UE) sem serviços de quinta geração (5G) no final de junho, de acordo com último relatório do Observatório Europeu para o 5G. "No final de …