Paradise Papers revelam desvio de fundos públicos angolanos para as Maurícias

Ricardo Stuckert / ABr

O Presidente de Angola, José Eduardo dos Santos

O Fundo Soberano de Angola, que é gerido pelo filho mais velho do ex-presidente angolano, foi apanhado nos milhões de ficheiros dos chamados Paradise Papers, a mais recente fuga de informação que revela ligações de figuras como a Rainha Isabel II, Bono e Madonna, entre políticos e milionários, a offshores.

De acordo com o jornal suíço Le Matin Dimanche, que integra o consórcio de jornalistas que analisa os Paradise Papers, o Fundo Soberano de Angola (FSDEA) é uma das entidades “apanhadas” nos 13,4 milhões de ficheiros que revelam ligações de várias personalidades mundiais a paraísos fiscais.

Em causa estão documentos da gestora suíça Quantum Global, empresa especializada na gestão de activos e que geriu investimentos do FSDEA nas Maurícias.

O Fundo Soberano de Angola, que é gerido por Filomeno “Zenú” dos Santos, filho do ex-presidente José Eduardo dos Santos, é uma entidade pública que visa promover “o crescimento, a prosperidade e o desenvolvimento sócio-económico de Angola”, como se diz no seu site oficial.

De acordo com os documentos agora divulgados nos Paradise Papers, dos cerca de 5 mil milhões de euros atribuídos ao Fundo, quase 3 mil milhões foram desviados para sete fundos de investimento nas Maurícias.

FSDEA

Filomeno “Zenú” dos Santos, filho do ex-presidente de Angola, José Eduardo dos Santos.

Esse processo foi gerido pela Quantum Global, empresa gerida por Jean-Claude Bastos de Morais, empresário suíço de origem angolana com quem Zenú tem mantido ligações próximas, nomeadamente no âmbito dos negócios.

Zenú e Bastos de Morais fundaram o primeiro banco de investimento angolano, o Bank Kwanza Invest, conforme lembra o Le Matin Dimanche.

O jornal nota, ainda, que o FSDEA destinou 157 milhões de euros à construção de um edifício, em Luanda, que nunca arrancou. A obra estava destinada para um terreno detido por uma empresa de Bastos de Morais e a direcção do projecto de construção também tinha sido entregue a outra empresa do suíço-angolano.

O jornal suíço lembra que a Quantum Global lucra, anualmente, entre 60 e 70 milhões de euros com a gestão do Fundo Soberano de Angola.

ZAP //

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. E é para isto que servem os paraísos fiscais!!
    Quando acabarem, poderá haver um pouco mais de justiça no mundo – mas claro que isso não interessa aos poderosos nem à máfia da alta finança mundial!!

  2. A questão que se coloca é: E agora?.. Fica tudo como dantes não é?.. Pois claro. Muito burburinho à volta do mediatismo da coisa e nada muda. Três dias depois já apareceu outra bomba mediática qualquer e toda a gente esquece isto, para andar a discutir o assédio ou outra trampa qualquer.

    Assim vai o mundo de hoje, na era da “des) informação. O que importa é ter qualquer coisa para ir dizendo diáriamente na comunicação social, para atrair audiências… Depois tudo passa rápido no imediatismo do mediatismo.

    Quando é que se institui na sociedade a mobilização da cidadania contra o que está manifestamente errado?

  3. Estão a juntar para fazer dois hospitais decentes ,lá para o interior para melhorar a vida desses meninos que por lá andam, ao abandono.

RESPONDER

Cientistas produziram um processador quântico em larga escala feito apenas de luz

Uma equipa internacional de cientistas da Austrália, Japão e Estados Unidos produziu um protótipo de um processador quântico em larga escala feito apenas de luz laser. O mais recente processador quântico é baseado num projeto com …

FIFA investe 449 milhões de euros para desenvolver o futebol feminino

A FIFA anunciou que vai investir 500 milhões de dólares no desenvolvimento do futebol feminino. Em cima da mesa está uma Liga das Nações, um mundial de clubes e torneios para camadas jovens. A FIFA vai …

Escritor famoso escreve livro para ser lido apenas em 2114

O famoso escritor norueguês Karl Ove Knausgaard, autor de romances como A Morte do Pai e a Ilha da Infância, onde explora a sua história pessoal e o seu dia a dia, aceitou escrever um …

PS deverá aprovar recandidatura de Ferro à presidência da Assembleia da República

O Grupo Parlamentar do PS vai reunir-se na quinta-feira, com a presença do secretário-geral, António Costa, ocasião em que deverá aprovar a recandidatura de Ferro Rodrigues ao cargo de presidente da Assembleia da República. Fonte oficial …

Perito revela que arma que investigação diz que matou Luís Grilo foi adulterada

O perito que examinou a arma que, segundo o Ministério Público, António Joaquim usou para matar o triatleta Luís Grilo revelou hoje em tribunal que o revólver foi adulterado, não conseguindo garantir se essa foi …

Cientistas criam vasos sanguíneos artificiais funcionais

Cientistas nos Estados Unidos usaram impressão 3D para fabricar vasos sanguíneos funcionais que poderão vir a ser usados clinicamente em casos de doenças vasculares. O resultado das experiências é relatado num estudo publicado esta terça-feira no …

Ordem suspende durante seis meses obstetra do caso do bebé sem rosto

O Conselho Disciplinar do Sul da Ordem dos Médicos decidiu suspender preventivamente o obstetra envolvido no caso do bebé que nasceu em Setúbal com malformações graves. A informação foi avançada à Lusa por fonte oficial da …

A China está a criar porcos gigantes (tão grandes como ursos polares)

https://vimeo.com/368036025 Porcos tão pesados como ursos polares. Esta é a solução encontrada por produtores chineses de porcos que tentam resolver o problema da falta de carne no mercado, muito por culpa da gripe suína africana dizimou …

Rússia e Síria vão partilhar controlo do nordeste sírio

O Presidente turco Recep Tayyip Erdogan disse hoje que a Turquia e a Rússia alcançaram um acordo pelo qual as forças curdas da Síria vão recuar 30 quilómetros a partir da zona fronteiriça do nordeste …

Câmara dos Comuns aprova acordo do Brexit (mas rejeita calendário apertado)

A Câmara dos Comuns aprovou esta terça-feira a primeira votação do acordo para o Brexit. No entanto, a calendarização da saída foi rejeitada numa segunda votação, deixando um impasse na data para o Brexit. Pela primeira …