Paradise Papers revelam desvio de fundos públicos angolanos para as Maurícias

Ricardo Stuckert / ABr

O Presidente de Angola, José Eduardo dos Santos

O Fundo Soberano de Angola, que é gerido pelo filho mais velho do ex-presidente angolano, foi apanhado nos milhões de ficheiros dos chamados Paradise Papers, a mais recente fuga de informação que revela ligações de figuras como a Rainha Isabel II, Bono e Madonna, entre políticos e milionários, a offshores.

De acordo com o jornal suíço Le Matin Dimanche, que integra o consórcio de jornalistas que analisa os Paradise Papers, o Fundo Soberano de Angola (FSDEA) é uma das entidades “apanhadas” nos 13,4 milhões de ficheiros que revelam ligações de várias personalidades mundiais a paraísos fiscais.

Em causa estão documentos da gestora suíça Quantum Global, empresa especializada na gestão de activos e que geriu investimentos do FSDEA nas Maurícias.

O Fundo Soberano de Angola, que é gerido por Filomeno “Zenú” dos Santos, filho do ex-presidente José Eduardo dos Santos, é uma entidade pública que visa promover “o crescimento, a prosperidade e o desenvolvimento sócio-económico de Angola”, como se diz no seu site oficial.

De acordo com os documentos agora divulgados nos Paradise Papers, dos cerca de 5 mil milhões de euros atribuídos ao Fundo, quase 3 mil milhões foram desviados para sete fundos de investimento nas Maurícias.

FSDEA

Filomeno “Zenú” dos Santos, filho do ex-presidente de Angola, José Eduardo dos Santos.

Esse processo foi gerido pela Quantum Global, empresa gerida por Jean-Claude Bastos de Morais, empresário suíço de origem angolana com quem Zenú tem mantido ligações próximas, nomeadamente no âmbito dos negócios.

Zenú e Bastos de Morais fundaram o primeiro banco de investimento angolano, o Bank Kwanza Invest, conforme lembra o Le Matin Dimanche.

O jornal nota, ainda, que o FSDEA destinou 157 milhões de euros à construção de um edifício, em Luanda, que nunca arrancou. A obra estava destinada para um terreno detido por uma empresa de Bastos de Morais e a direcção do projecto de construção também tinha sido entregue a outra empresa do suíço-angolano.

O jornal suíço lembra que a Quantum Global lucra, anualmente, entre 60 e 70 milhões de euros com a gestão do Fundo Soberano de Angola.

ZAP //

6 COMENTÁRIOS

  1. E é para isto que servem os paraísos fiscais!!
    Quando acabarem, poderá haver um pouco mais de justiça no mundo – mas claro que isso não interessa aos poderosos nem à máfia da alta finança mundial!!

  2. A questão que se coloca é: E agora?.. Fica tudo como dantes não é?.. Pois claro. Muito burburinho à volta do mediatismo da coisa e nada muda. Três dias depois já apareceu outra bomba mediática qualquer e toda a gente esquece isto, para andar a discutir o assédio ou outra trampa qualquer.

    Assim vai o mundo de hoje, na era da “des) informação. O que importa é ter qualquer coisa para ir dizendo diáriamente na comunicação social, para atrair audiências… Depois tudo passa rápido no imediatismo do mediatismo.

    Quando é que se institui na sociedade a mobilização da cidadania contra o que está manifestamente errado?

  3. Estão a juntar para fazer dois hospitais decentes ,lá para o interior para melhorar a vida desses meninos que por lá andam, ao abandono.

RESPONDER

É um "disparate do tamanho do Mosteiro da Batalha" proibir refeições em panteões

O presidente da Câmara da Batalha, Paulo Batista Santos, considerou hoje que seria um "disparate do tamanho do Mosteiro da Batalha" restringir totalmente "qualquer serviço de refeições nos panteões". "Concordo com as restrições, mas não na …

Surto de Legionella pode resultar em acusações por homicídio

A Veolia Portugal, responsável pela manutenção das torres de refrigeração do Hospital de São Francisco Xavier negou responsabilidade no surto de 'legionella', garantindo que "todos os procedimentos foram implementados corretamente". "Todos os procedimentos foram implementados corretamente …

Rui Santos "paineleiro com feitio de gaja", Bruno de Carvalho "machista preconceituoso"

A associação Capazes não poupou críticas ao presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, que acusa de "machismo, misoginia e homofobia", depois das violentas críticas que o presidente do Sporting endereçou a Rui Santos, comentador …

Detido diretor nacional do Tesouro angolano por suspeita de desvio de verbas

O diretor nacional do Tesouro angolano foi detido pelo Serviço de Investigação Criminal (SIC), no âmbito de uma investigação policial a alegados desvios de verbas do Estado através de contratos celebrados com empresas fictícias. De acordo …

Milhares de contas russas no Twitter foram usadas para influenciar referendo do Brexit

Investigadores concluíram que nos dias anteriores à votação do referendo sobre o Brexit, centenas de contas falsas no Twitter com origem russa tentaram influenciar a decisão da saída do Reino Unido da União Europeia. De acordo …

Submarino militar argentino desapareceu com 44 pessoas a bordo

A Marinha da Argentina confirmou esta sexta-feira que está à procura de um submarino militar com 44 tripulantes, com o qual perdeu todo o o contacto há mais de 72 horas. O submarino militar argentino o …

Secretária de Estado desvaloriza "jantarinho" da Web Summit no Panteão

A secretária de Estado da Indústria desvalorizou o polémico jantar no Panteão Nacional e garante que nenhum membro do Governo esteve presente. "Não temos nada a ver com isso", afirmou à agência Lusa. A secretária de Estado …

Primeiro-ministro demissionário libanês acolhido em França

O primeiro-ministro demissionário libanês, que chegou este sábado a Paris procedente da Arábia Saudita, vai regressar ao Líbano na próxima quarta-feira para participar na festa nacional, informou a Agência Nacional de Notícias. Saad Hariri, que se …

Corte no subsídio de desemprego acaba em Janeiro

O fim do corte de 10% aplicado ao subsídio de desemprego vai entrar em vigor já a partir de Janeiro de 2018 e irá abranger todos os desempregados, incluindo os que já estão a receber …

Neblina de hidrocarbonetos de Plutão mantém planeta anão mais frio do que o esperado

A composição gasosa da atmosfera de um planeta geralmente determina a quantidade de calor que fica aí preso. No entanto, para o planeta anão Plutão, a temperatura prevista com base na composição da sua atmosfera …