Paquistão compara situação na Caxemira a ascensão do nazismo

Shahzaib Akber / EPA

O primeiro-ministro do Paquistão afirmou que a inércia da comunidade internacional face aos acontecimentos em Caxemira lembra o silêncio sobre a ascensão do nazismo e o aparecimento de Hitler na Alemanha nos anos 1930.

“O recolher obrigatório, a repressão e o genocídio iminente dos habitantes de Caxemira na zona ocupada pela Índia ocorrem exatamente de acordo com a ideologia do RSS que foi inspirado pela ideologia nazi”, escreveu Imran Khan na rede social Twitter.

O RSS ou Rashtriya Swayamsevak Sangh (Corpo Voluntário Nacional) é um movimento paramilitar ultranacionalista hindu. Os seus críticos designam-no de movimento fascista antimuçulmano. “Há uma tentativa de mudar a demografia de Caxemira através da limpeza étnica”, acusou o chefe do governo paquistanês. “A questão que se põe é: o mundo vai ver e mostrar-se conciliatório como foi com Hitler?”, questionou Khan.

O território de Caxemira, localizado nos Himalaias, é controlado em cerca de dois terços pela Índia (maioritariamente hindu) e em 37% pelo Paquistão (muçulmano, tal como a maioria dos habitantes de Caxemira).

Criado em 1952, o RSS é considerado o mentor ideológico do BJP (Bharatiya Janata Party, Partido do Povo Indiano), formação do atual primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi, que na juventude integrou o movimento. O RSS foi proibido diversas vezes desde a independência da Índia em 1947, nomeadamente após o assassínio em 1948 de Mahatma Gandhi por um dos seus antigos membros, que acusava o ativista de simpatias muçulmanas. Também foi interdito após ter incitado à destruição em 1992 da mesquita de Babri, que levou a tumultos terríveis.

“Temo que esta ideologia da supremacia hindu do RSS, como a supremacia ariana dos nazis, não pare no Caxemira ocupado pela Índia”, disse Khan, adiantando recear pela “supressão dos muçulmanos na Índia” e que o Paquistão seja também tomado como alvo.

O governo indiano anunciou na segunda-feira a revogação da autonomia constitucional do Estado de Jammu-Caxemira, medida explosiva que visa colocar a região sob uma tutela mais direta de Nova Deli e que o Paquistão considerou “ilegal”. As duas potências nucleares do sul da Ásia já travaram duas guerras pelo controlo de Caxemira. Desde 1948, uma resolução da ONU prevê a organização de um referendo de autodeterminação em Caxemira, que se mantêm letra morta face à oposição de Nova Deli.

Diferentes grupos separatistas combatem, há décadas, a presença de cerca de 500 mil soldados indianos na região de Jammu-Caxemira, para exigir a independência do território ou a integração no Paquistão. Dezenas de milhares de pessoas, na grande maioria civis, já morreram no conflito. Desde que a revogação do seu estatuto foi anunciada, que a Caxemira indiana vive num “colete de forças”, com a proibição de concentrações, o corte de comunicações e o reforço das forças de segurança indianas.

Segundo a imprensa indiana, pelo menos 500 pessoas foram detidas esta semana em Jammu-Caxemira.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Nona Sinfonia de Beethoven revela novos detalhes sobre o cérebro humano

A Nona Sinfonia de Ludwig van Beethoven, 250 anos após a sua criação, ajudou a demonstrar a existência de células conceituais no cérebro. Quase 200 anos depois da morte de Beethoven, a maior obra do músico …

Governo vai suspender devolução dos manuais escolares

O ministro da Educação informou hoje que o Governo vai suspender a devolução de manuais escolares, em curso desde 26 de junho, cumprindo a decisão do parlamento, que aprovou uma proposta nesse sentido. O plenário da …

Cuba prestes a abrir portas ao turismo (exceto aos cubano-americanos)

Depois de fechar as suas fronteiras para os turistas no final de março por causa da pandemia da covid-19, Cuba prepara-se agora para reabrir várias das suas baías ao turismo - mas há algumas exceções. …

Cidade do México enterrou os rios para prevenir doenças, mas a covid-19 resiste e prospera

Na tentativa de evitar a disseminação de doenças como a malária e a cólera, a Cidade do México enterrou os seus rios. Agora, como consequência, criou inadvertidamente as condições necessárias para a covid-19 prosperar. A Cidade …

Descoberto sistema de túneis da I Guerra onde estarão enterrados dezenas de soldados

A Agência do Património da Bélgica anunciou esta semana a descoberta de um sistema de túneis alemão da I Guerra Mundial, onde estarão, muito provavelmente, dezenas de soldados enterrados. Em comunicado, citado pela Russia Today, …

Cinco funcionários da Tesla dizem ter sido despedidos por terem ficado em casa durante a pandemia

Cinco funcionários da produtora automóvel Tesla dizem ter sido despedidos por terem ficado em casa durante a pandemia, avança o The Washington Post. De acordo com o jornal norte-americano, foram cinco os colaboradores dispensados da …

"Qual o lugar mais seguro?". Costa compara infetados no Reino Unido e Algarve

O primeiro-ministro apresentou hoje uma tabela que mostra o Reino Unido muito acima do Algarve em número de infetados com covid-19 por cem mil habitantes e pergunta qual o lugar mais seguro para umas férias …

Azul anuncia venda de 6% da TAP ao Estado por 10 milhões de euros

A companhia aérea brasileira Azul, de David Neeleman, anunciou hoje a venda de 6% da TAP, no âmbito do acordo anunciado esta quinta-feira entre o Estado e os acionistas privados, que “garante a continuação” da …

NASA cria dispositivo que o avisa para não tocar no rosto (e pode ser reproduzido em casa)

A pensar na pandemia, a NASA desenvolveu o PULSE, um colar vibratório que nos alerta se formos tocar no rosto com as nossas mãos. A pandemia de covid-19 alastrou pelo mundo e, enquanto não chega um …

Há mais 11 mortes e 374 novos casos de infecção (300 são na Grande Lisboa)

Portugal regista hoje mais 11 mortos devido à doença covid-19 do que na quinta-feira e mais 374 infectados, dos quais 300 na Região de Lisboa e Vale do Tejo, segundo o boletim da Direcção-Geral da …