Papa pede “jornalismo corajoso” e controlo de notícias falsas na Internet

catholicism / Flickr

O papa Francisco

O papa Francisco pediu hoje um “jornalismo corajoso” que venha ao encontro das pessoas e histórias, propondo ainda o controlo das notícias falsas na Internet, especialmente neste período de pandemia da covid-19.

“Opiniões atentas lamentam, há muito, o risco de um nivelamento nos ‘jornais fotocópia’, nos noticiários de rádio e televisão e páginas da internet que são substancialmente iguais, em que o género de investigação e da reportagem perdem espaço”, alertou o papa numa mensagem para o 55.º Dia Mundial das Comunicações, 16 de maio.

Na sua opinião, os meios de comunicação oferecem mais espaço para a “informação pronta” e cada vez menos são capazes de intercetar “a verdade das coisas e a vida concreta das pessoas” ou de “recolher os fenómenos sociais mais graves”.

“A crise do setor editorial pode levar a informações construídas nas redações, na frente do computador, nos terminais das agências, nas redes sociais, sem nunca sair para a rua, sem ‘gastar as solas dos sapatos’, sem encontrar pessoas em busca de histórias”, alertou, parafraseando o jornalista espanhol Manuel Lozano Garrido, falecido em 1971 e beatificado em 2010.

Diante desse cenário, Francisco agradeceu a coragem de tantos que têm “a capacidade de ir aonde ninguém vai” para mostrar a realidade.

Só assim, disse, se pode conhecer “as difíceis condições das minorias perseguidas em várias partes do mundo” ou os abusos e injustiças contra os pobres ou o meio ambiente.

Isso é especialmente importante durante a pandemia de coronavírus e na distribuição de vacinas e medicamentos, porque existe o risco de ser contado “pelos olhos do mundo mais rico”, ignorando os países mais pobres.

“Quem nos falará da esperança de cura dos povos mais pobres da Ásia, América Latina e África? Assim, as diferenças sociais e económicas em nível planetário correm o risco de marcar a ordem da distribuição das vacinas contra a covid-19″, alertou.

Mas a devastação económica da pandemia também atingiu os países “mais afortunados”, onde o drama das famílias que caíram na pobreza está “em grande parte escondido”.

Francisco disse apreciar o contributo da Internet, que permite multiplicar a capacidade de contar e partilhar a história e de oferecer informação “em primeira mão e oportuna”, especialmente útil em tempos de emergência.

No entanto, alertou para “os riscos da falta de controlo da comunicação social“.

“Nós descobrimos, há muito tempo, como notícias e imagens são fáceis de manipular, por milhares de motivos, às vezes apenas por um narcisismo banal. Essa consciência crítica empurra não para demonizar o instrumento, mas para uma maior capacidade de discernimento e um senso de responsabilidade mais maduro”, afirmou.

“Todos somos responsáveis pela comunicação que fazemos, pelas informações que damos, pelo controlo que juntos podemos exercer sobre as notícias falsas, desmascarando-as. Todos somos chamados a ser testemunhas da verdade: ir, ver e compartilhar”, indicou.

O papa salientou ainda que “na comunicação nada pode substituir completamente o facto de ver em pessoa”, já que “algumas coisas só se aprendem com a experiência: não se comunica, de facto, apenas com palavras, mas com os olhos, com o tom da voz, com os gestos”.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Moderna admite a necessidade de terceira dose da vacina este ano

A empresa biotecnológica norte-americana Moderna admitiu esta quinta-feira que será necessária uma terceira dose da sua vacina contra a covid-19 antes do fim do ano, devido ao esperado aumento de contágios causado pela variante Delta …

Marcelo insiste na vacinação dos jovens dos 12 aos 15. "Temos de ter paciência"

O Presidente da República considerou, esta quinta-feira, que as dúvidas relativas à vacinação dos jovens entre os 12 e os 15 anos não são "tanto dúvidas de princípio, quanto de momento", afirmando que "tudo tem …

44% dos futebolistas foram alvo de ofensas no Twitter

Estudo envolveu os 400 futebolistas da Premier League que têm conta oficial naquela rede social. Quase metade dos futebolistas da Premier League que têm conta oficial no Twitter recebeu mensagens com conteúdo ofensivo ao longo da …

Juiz condenado por violência doméstica e por negar relações sexuais perde ação no TC

O juiz condenado por violência doméstica e por negar relações sexuais à ex-companheira perdeu o recurso que tinha apresentado no Tribunal Constitucional (TC). De acordo com o jornal Público, em 2017, o Tribunal da Relação de …

Novo estudo deteta centenas de variantes genéticas ligadas à idade da menopausa

Um novo estudo analisou a informação genética de mais de 200 mil mulheres e identificou 290 variantes associadas ao momento da chegada da menopausa. Um estudo publicado esta quarta-feira na revista Nature usou a informação de …

Macron confirma terceira dose para os "mais frágeis e mais velhos"

França tenciona reforçar a vacinação contra a covid-19 com uma terceira dose para os "mais frágeis e os mais velhos", confirmou o Presidente francês, esta quinta-feira. "Sim, uma terceira dose será muito provavelmente necessária, não para …

Juiz Carlos Alexandre aceita proposta de caução de Luís Filipe Vieira

O juiz Carlos Alexandre aceitou a nova proposta do ex-presidente do Benfica para o pagamento da caução de três milhões de euros, no âmbito da Operação Cartão Vermelho. Segundo avança a rádio TSF, o juiz Carlos …

Filho do ex-futebolista Ballack morre em acidente de moto 4 em Tróia

O filho do ex-futebolista alemão, de 18 anos, morreu na madrugada desta quinta-feira num acidente de moto 4 em Tróia, no concelho de Grândola, distrito de Setúbal. De acordo com a TVI24, Emilio Ballack morreu, esta …

Autoagendamento para jovens de 16 e 17 anos termina esta sexta-feira

O autoagendamento exclusivo para os jovens de 16 e 17 anos, para vagas disponíveis no fim-de-semana de 14 e 15 de agosto, termina esta sexta-feira e no sábado volta a estar disponível para os maiores …

Campeãs olímpicas de badminton vão receber casas, vacas e café para o resto da vida

O par de badminton feminino indonésio que ganhou ouro nos Jogos Olímpicos de Tóquio vai receber uma casa, 295 mil euros, mais ainda cinco vacas e café para o resto da vida. O arquipélago indonésio, onde …