Papa Francisco pede desculpa por ter “magoado” vítimas de abusos sexuais

Esta segunda-feira, Papa Francisco pediu desculpa às vítimas por ter usado uma expressão menos feliz ao exigir que apresentem provas de que o bispo chileno Juan Barros encobriu um sacerdote condenado por abusos sexuais.

Durante a sua visita ao Chile, o Papa defendeu Juan de la Cruz Barros, o bispo de Osorno, nomeado em janeiro de 2015, ao referir que as acusações de que este encobriu os abusos sexuais a menores cometidos pelo sacerdote Fernando Karadima “são calúnias”.

“No dia em que trouxerem uma prova contra o bispo Barros, eu falarei”, declarou o pontífice aos jornalistas no Chile, adiantando que “não há uma única prova, tudo é calúnia”. A sua declaração recebeu várias críticas por parte das vítimas de abusos sexuais.

As declarações do Papa no Chile foram também criticadas pelo cardeal Sean O´Malley, arcebispo de Boston e presidente da Comissão Pontifícia para a tutela dos Menores, que disse ser compreensível que a frase do Papa Francisco pudesse ser vista como fonte de dor para os que foram vítimas de abuso sexual.

Vários chilenos estão ainda descontentes com a decisão de Francisco, tomada em 2015, de nomear um bispo próximo do reverendo Fernando Karadima, que o Vaticano considerou culpado, em 2011, de abusar sexualmente de dezenas de menores ao longo de décadas.

A visita de Francisco ao Chile fez reviver o escândalo dos sacerdotes que abusaram de crianças, tendo a organização Bishop Accountability publicado uma lista de 80 clérigos acusados de abusos sexuais de menores no país sul-americano.

Esta segunda-feira, durante o seu regresso a Roma, o Papa Francisco reiterou o direito de Barros à inocência até que seja provado o contrário ao responder a perguntas dos meios de comunicação social que o acompanham. No entanto, o pontífice argentino pediu desculpa às vítimas por ter usado a palavra “provas”, e por as ter magoado.

Magoei involuntariamente e isso magoou-me muito. Sei o quanto eles sofrem ao ter o papa a dizer-lhes que é preciso uma prova. Percebi que a minha expressão não foi feliz, porque não pensei nisso”, admitiu, pedindo desculpa às vítimas.

O caso do bispo Barros, adiantou, fez com que se estudasse e investigasse, mas até ao momento não há provas de culpa. Enquanto não existirem, disse, será aplicado o principio de qualquer tribunal: “ninguém é culpado até prova em contrário”. Além disso, argumentou que, se alguém é acusado sem provas e com pertinência, é uma calúnia.

ZAP // Lusa

 

PARTILHAR

RESPONDER

Cientistas explicam porque trabalhar à noite faz mal aos intestinos

As pessoas que trabalham à noite têm mais probabilidades de desenvolver inflamações intestinais, porque há células que contribuem para a saúde intestinal que deixam de receber informações vitais do cérebro, indica um estudo divulgado esta …

Marinha dos EUA admite que vídeos de OVNI's são verdadeiros (e não era suposto ninguém saber)

A Marinha dos EUA confirmou que imagens de OVNIs que surgiram nos últimos anos são reais e que nunca pretenderam que o vídeo fosse visto pelo público. As imagens que apareceram pela primeira vez online em …

O Pólo Norte vai ter um hotel de luxo (iluminado pelas auroras boreais)

https://vimeo.com/360873720 O hotel "mais a norte do mundo" só existirá durante um mês e o glamping de luxo será para muito poucos: o custo é de 95 mil euros por pessoa por três dias. Em 2020, o …

Whitney Houston vai regressar aos palcos (em holograma)

Whitney Houston vai "regressar" aos palcos, em formato holograma. Foi anunciada uma digressão da cantora por várias salas do Reino Unido, em 2020. Os planos para uma digressão de holograma de Whitney Houston têm sido discutidos …

Victor Vescovo diz que chegou ao ponto mais profundo dos oceanos. James Cameron não concorda

James Cameron levantou dúvidas sobre as recentes declarações de Victor Vescovo sobre ter quebrado o recorde do mergulho mais profundo no oceano, dizendo que o empresário não pode ter descido mais, uma vez que não …

Par de patinadores no gelo mais medalhado de sempre anuncia fim da carreira

Os canadianos Tessa Virtue e Scott Moir, o par de patinadores no gelo mais medalhado da história do olimpismo, anunciaram esta quarta-feira o fim da carreira. “Olá a todos. Temos novidades para todos os que nos …

Elon Musk é o líder mais inspirador da tecnologia da atualidade

Elon Musk foi nomeado o líder mais inspirador no setor da tecnologia, de acordo com um estudo publicado pela Hired, uma plataforma para contratação de pessoal em 14 cidades em todo o mundo. O estudo, chamado …

De portas abertas para quem precisa. Frigoríficos solidários crescem em Paris

A Cantina do 18.º bairro parisiense foi o primeiro espaço deste projeto solidário, inaugurado há dois anos. Atualmente existem 38 restaurantes em França que acolhem os frigoríficos solidários. Em dois anos, o projeto dos frigoríficos solidários …

Imigrante do Bangladesh em Itália encontra e devolve carteira com 2 mil euros

Mossan Rasal, um bangladeshiano de 23 anos que vive em Roma, encontrou na rua uma carteira com dois mil euros, documentos de identificação, cartões de crédito, carta de condução. Em vez de retirar o dinheiro e …

Austrália conclui que China foi responsável por ciberataque ao parlamento

A agência de inteligência cibernética da Austrália (ASD) concluiu que a China foi a responsável por um ataque informático, no início deste ano, contra o parlamento nacional. Os serviços de inteligência australianos (Australian Signals Directorate) concluíram …