Pânico em Veneza. Cruzeiro desgovernado colide com o porto

O navio atingiu um barco turístico e o cais de embarque de um canal do centro da movimentada cidade italiana, em plena época alta. O incidente acontece num contexto de insatisfação crescente dos habitantes locais com o turismo de massas.

Um navio de cruzeiro perdeu este domingo o controlo à sua chegada a Veneza, causando o pânico ao embater numa doca e num barco turístico enquanto atracava, relataram órgãos de comunicação social italianos.

O acidente causou ferimentos sem gravidade em quatro turistas, duas das quais foram levadas para o hospital para observação. Não foi divulgada a nacionalidade das turistas.

O acidente ocorreu na movimenta doca de San Basilio, no canal de Giudecca, no centro de Veneza. De acordo com o jornal italiano Corriere della Sera, terá sido provocado pela quebra de um dos cabos que ligam os navios de cruzeiro aos rebocadores que os ajudam a entrar nos canais.

A quebra do cabo terá feito com que o MSC Opera, navio de cruzeiro ítalo-suíço com pavilhão do Panamá, que pode transportar até 2.679 passageiros, não conseguisse parar por causa das fortes correntes que o empurravam para a doca.

Imagens divulgadas na rede social Twitter mostram o momento em que o enorme navio colide com o cais e com outro barco, enquanto turistas que se encontravam no cais fogem à frente do navio, que atingiu o cais e raspou a lateral direita contra a doca, com os motores a rugir, antes de embater no Michelangelo, pequeno barco turístico que se encontrava próximo.

Veneza tem estado a debater como lidar com a explosão do turismo na cidade, uma das mais visitadas do mundo. O centro histórico de Veneza tem cerca de 50 mil habitantes e é visitado todos os anos por 20 a 30 milhões de turistas — dos quais apenas 20% pernoitam na região.

Em 2018, para regular a entrada dos turistas, foram instalados portões nos únicos pontos de entrada terrestre da cidade, que são fechados quando se alcança certo número de entradas. As autoridades também proibiram, durante 3 anos, a abertura de restaurantes de comida rápida.

Veneza irá cobrar, além disso, uma taxa aos turistas que ficam apenas um dia na cidade. Quem se hospeda em Veneza já paga uma taxa de alojamento, que gera cerca de 30 milhões de euros por ano para as autoridades municipais.

Os venezianos há muito tempo que se queixam da presença excessiva de turistas, que, segundo os locais, descaracterizam a cidade. Um dos principais alvos das reclamações são os turistas dos navios de cruzeiro.

Centenas destes navios chegam todos os anos à famosa cidade italiana, na qual despejam milhões de turistas, que descem para conhecer a cidade, onde passam poucas horas e gastam pouco, mas geram custos de limpeza e esgotam os espaços públicos.

O turismo de massas é cada vez mais criticado pelos habitantes das grandes cidades europeias, como Barcelona, Amesterdão e Veneza.

Entre as principais reclamações estão a subida de preços devido a serviços como o Airbnb e a descaracterização das cidades, causada pela grande circulação de pessoas e do desaparecimento do comércio tradicional, substituído por lojas, bares e restaurantes para os turistas.

ZAP // Lusa / Deutsche Welle

PARTILHAR

RESPONDER

Autoridade Tributária alerta contribuintes para novo e-mail fraudulento

A Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) alertou, esta terça-feira, para um e-mail que está a ser enviado aos contribuintes, solicitando-lhes que regularizem dívidas fiscais e avisa que a mensagem é falsa e deve ser apagada. Num …

União Europeia acrescenta quatro paraísos fiscais à "lista negra"

Ilhas Caimão, Palau, Panamá e Seicheles juntam-se a Samoa Americana, Fiji, Guame, Samoa, Omã, Trindade e Tobago, Vanuatu e Ilhas Virgens Americanas na lista de não respeitadores das regras comunitárias. O Conselho da União Europeia (UE) …

"Relação estava cristalizada". PS satisfeito com retoma do "diálogo cordial" com CDS

O presidente do PS saudou, esta terça-feira, a "retoma" de um relacionamento "cordial" com a nova direção do CDS-PP em torno de matérias de interesse nacional, considerando que se verificou uma transição e acabou uma …

Ministra espanhola não pensa "nem um segundo" em substituir Centeno

A ministra dos Assuntos Económicos de Espanha, Nadia Calviño, assegurou que não dedica “nem um segundo” a pensar numa candidatura à presidência do Eurogrupo, apontando que Mário Centeno “está a fazer um excelente trabalho”. A cerca …

Grupo alemão de extrema-direita tinha planos "assustadores" para atacar mesquitas

Um grupo alemão de extrema-direita, em que 12 elementos foram detidos na semana passada, é suspeito de planear ataques em larga escala "assustadores e chocantes" contra muçulmanos, semelhantes aos realizados na Nova Zelândia no ano …

Novo Banco deverá pedir perto de mil milhões de euros ao Fundo de Resolução

O Novo Banco prepara-se para pedir uma nova injeção ao Fundo de Resolução a rondar os mil milhões de euros. Com este montante, o banco atinge o teto definido na venda ao fundo Lone Star. O …

"Nunca tive um processo como este". Juiz Carlos Alexandre "surpreendido" com o caso Tancos

O juiz Carlos Alexandre assumiu, em pleno tribunal, estar "surpreendido" com os meandros que envolvem ocaso de Tancos. "Nunca tive um processo como este", terá desabafado em mais uma audiência, notando que o caso "mostra …

Maduro anuncia exercícios militares permanentes e de surpresa

O Presidente venezuelano, Nicolás Maduro, anunciou esta terça-feira que o país fará exercícios militares "de surpresa" e de maneira permanente, em manobras que poderão incluir centenas de milhares de membros da Força Armada Nacional Bolivariana …

Bolsonaro recebe Jorge Jesus, mas muitos não gostaram da fotografia

O presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, recebeu esta segunda-feira, em Brasília, o treinador português Jorge Jesus, após ter conquistado no domingo a Supertaça ao serviço do Flamengo. Depois de, no domingo, ter conquistado a Supertaça ao serviço …

Cientistas encontram 300 vírus "enormes" com habilidades estranhas

Uma equipa de investigadores identificou 300 novos vírus "enormes" com habilidades estranhas encontrados em vários ambientes. Estes podem causar doenças nos seres humanos. Os vírus têm sido um tema habitual ultimamente, abrindo jornais e deixando a …