Pandemia alastra de forma “mais rápida” em Espanha. Exército encontrou cadáveres de idosos abandonados em lares

A pandemia de Covid-19 está a alastrar de forma “mais rápida e mais ampla” em Espanha do que em Itália. A situação está muito complicada no país vizinho que ainda não chegou ao “pico da epidemia”. Casos especialmente trágicos vivem-se nos lares de idosos, onde alguns utentes estão a ser deixados ao abandono.

A ministra da Defesa de Espanha, Margarita Robles, anunciou que a Unidade Militar de Emergências (UME) do Exército encontrou vários idosos, alguns simplesmente abandonados e sem cuidados e outros mortos, quando se deslocou a lares de Terceira Idade para fazer desinfecção a esses locais.

“O Exército, em algumas visitas, viu idosos absolutamente abandonados, quando não mortos, nas suas camas”, referiu a ministra durante um programa da Telecinco, conforme cita o El País.

O jornal refere que o caso já está a ser investigado pela justiça espanhola num inquérito para apurar a alegada presença “de pessoas idosas, algumas delas doentes, residindo em situações extremas e más condições de salubridade, assim como residentes falecidos” em centros da Terceira Idade.

“Vamos ser absolutamente implacáveis e contundentes quanto ao trato que se dê aos maiores nessas residências”, garantiu a ministra, prometendo que “todo o peso da lei cairá sobre quem não cumpra as suas obrigações”.

Os lares de idosos reflectem a difícil situação que Espanha atravessa nesta altura, com muitos dos seus funcionários de baixa depois de terem sido infectados pelo coronavírus. Além da falta de pessoal, debatem-se também com a falta de equipamentos individuais de protecção.

Entretanto, com os serviços funerários de Madrid à beira do colapso, alguns idosos mortos acabam por ficar abandonados nos lares, nas suas camas, à espera que os elementos da funerária os vão buscar. O protocolo determina que, quando se suspeita de mortes por Covid-19, os cadáveres não sejam movidos enquanto não chegarem os elementos da funerária, devidamente protegidos. Desta forma, há idosos que têm, por vezes, que partilhar quartos com pessoas falecidas durante algumas horas.

O número de mortes por Covid-19 em Espanha já ultrapassa os 2 mil, havendo mais de 33 mil infectados, com 2355 pessoas nos Cuidados Intensivos.

Face ao grande número de fatalidades, foi já instalada uma morgue no Palácio do Gelo em Madrid, enquanto a pandemia continua a alastrar por Espanha “de forma mais rápida e ampla do que em Itália”, conforme a análise do El País.

Em Itália, 80% das cerca de 6 mil mortes ocorrem em três regiões, enquanto em Espanha se verificou um “aumento acelerado de casos” em zonas que não estavam afectadas, refere o jornal que fala de “uma expansão territorial da epidemia muito mais acentuada do que em Itália”.

Há “um grupo de comunidades que, sem chegar às taxas mais quentes, registaram um notável incremento de falecimentos na última semana”, nota ao El País o professor Daniel López Acuña, da Escola Andaluza de Saúde Pública e ex-director da Acção Sanitária em Crise da Organização Mundial de Saúde (OMS). “Um fenómeno que não ocorreu em Itália”, constata, avançando que isso se pode dever ao facto de o governo italiano ter “reduzido mais a mobilidade em torno dos primeiros focos detectados, enquanto em Espanha esta manteve-se muito elevada, inclusive nos dias anteriores à declaração do estado de emergência”.

O presidente da Sociedade Espanhola de Epidemiologia (SEE), Pere Godoy, também considera no El País que “foi um erro permitir a grande dispersão geográfica de pessoas que se produziu nos dias anteriores à entrada em vigor do isolamento, o que pode facilitar a dispersão do vírus”.

Pere Godoy constata que Espanha está, nesta altura, numa “fase de crescimento do impacto do vírus” que “vai durar algum tempo”. E o Coordenador de Emergências do Ministério da Saúde, Fernando Simón, alerta que o país ainda não chegou “ao pico da epidemia”, conforme declarações divulgadas pelo El País.

Susana Valente SV, ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Por cá também sinto que não existe uma política rigorosa relativamente aos lares. E aqui concentra-se o principal grupo de risco.
    A maioria dos lares tem apoio domiciliário. Seria bom nesta fase que não fossem as mesmas pessoas a prestar este serviço de modo a não importar potenciais contágios para os lares. No caso da alimentação, até poderia ser feita no lar mas deveria ser distribuída pela proteção civil ou forças policiais / militares e preferencialmente deveriam recolhê-la não no lar mas num outro qualquer espaço onde o lar fosse deixar a comida.
    Nenhum funcionário deveria poder entrar no lar sem primeiro medir a temperatura, proceder a uma limpeza cuidada das mãos, deveriam usar sempre máscara, luvas e reduzir ao mínimo do indispensável o contacto com os idosos. Deveriam mudar de calçado e vestuário logo à entrada do lar.
    Em caso de suspeita mínima relativamente a um funcionário deveria ficar imediatamente impedido de entrar nas instalações.
    Os fornecedores dos lares não deveriam passar da porta principal.
    Muitas outras medidas deveriam ser tomadas. Caso contrário teremos já num futuro próximo uma taxa de mortalidade a disparar. Nos últimos dois dias contei mais de 10 casos em lares um pouco por todo o país.

  2. O melhor, entre as decisões tomadas, talvez seja um horário para aqueles que têm mais de 65 anos fazerem as compras ao início da manhã, e ao fim da tarde, em algumas cadeias de supermercados. Porque optaram por juntá-los com os que desempenham funções de segurança ou têm actividades profissionais relacionados com a saúde (médicos, enfermeiros, auxiliares…?). Assim, colocam uma parte da população mais fragilizada juntamente com aqueles que desempenham as profissões mais perigosas porque estão na linha da frente do combate ao vírus…
    Pergunto-me a mim próprio: quem será o génio que decidiu tamanha asneira, ou tamanha aberração na estratégia de combate ao vírus?!

  3. é de lamentar que num momento de crise, colocaram os interesses monetários acima da vida humana.
    enquanto lucaram estava tudo bem, mas quando era preciso alertar as entidades pelas situaçoes em que estavam os idosos, os donos dos lares fugiram deixando as pessoas para morrerem
    é de esperar que as entidades investiguem e que os punam severamente. cadeia com eles e proibi-los de abrirem mais lares

RESPONDER

"Besta dos cinco dentes". Descoberta nova espécie de mamífero na Patagónia

Paleontólogos descobriram uma nova espécie de mamífero, com dentes peculiares, que viveu na Patagónia durante o período Cretáceo. De acordo com a agência Europa Press, os fósseis foram encontrados em Cerro Guido, na província chilena de …

Com os zoos fechados, tudo serve para entreter uma família de lontras. Até um simples galho de bambu

O confinamento serviu como um lembrete indesejado de que ficar preso dentro de casa sem muito o que fazer pode ser desgastante. O mesmo é verdade para os animais, por isso os jardins zoológicos tiveram …

Uma ilha, cinco géneros. Os Bugis têm palavras para as "cinco maneiras de estar no mundo"

Uma ilha, cinco géneros. O povo Bugis é um poderoso grupo étnico que se destaca pelo reconhecimento de cinco géneros distintos. Na Indonésia, a ilha Sulawesi é a casa de um povo que reconhece cinco …

O "aeroporto do amanhã" está abandonado no meio de um pântano dos Estados Unidos

Era para ser o "aeroporto do amanhã", um centro intercontinental para aviões supersónicos com seis pistas e conexões ferroviárias de alta velocidade para as cidades vizinhas. Hoje, é pouco mais do que uma pista no …

Facebook remove (acidentalmente) página oficial de Ville de Bitche, uma remota cidade francesa

O Facebook apagou a página de Ville de Bitche, uma remota cidade francesa. O município passou um mês a apelar à rede social para repor a página. "Recebemos uma mensagem no Facebook e também percebemos que …

NASA escolheu SpaceX de Elon Musk para a próxima missão tripulada à Lua

Elon Musk fecha contrato de 2,9 mil milhões de dólares para levar o Homem novamente à Lua. O contrato é a mais importante vitória da SpaceX e reforça a posição da empresa como parceira …

Benfica 1-2 Gil Vicente | Galo canta e silencia águia na Luz

STOP. O Gil Vicente visitou na tarde deste sábado o Benfica e saiu do palco da Luz com os três pontos na bagagem e a “cantar de galo”, ao vencer por 2-1, num duelo relativo …

"Longa vida à monarquia." Realeza britânica tende a viver mais três décadas do que a população geral

As diferenças na longevidade de alguns membros da família real em comparação com a população em geral são extremamente grandes, mas não incomuns. O príncipe Filipe, marido da rainha Isabel II e o consorte mais antigo …

Abominável (e falso) Homem das Neves. Líder russo usou Yeti para atrair turistas para a Sibéria

Um dos líderes regionais mais antigos de Vladimir Putin confessou ter encenado avistamentos falsos de Yetis numa tentativa de encorajar o turismo na Sibéria. Aman Tuleev, um dos líderes regionais de longa data do Presidente russo …

Irão já está a enriquecer urânio a 60%

O Irão avisou e já está a cumprir. Menos de uma semana depois de ter acusado Israel de um ataque contra a sua principal central nuclear, o país diz estar a enriquecer urânio com uma …