“Palhaço que vai nu”. Milionário chinês que criticou Xi Jinping foi condenado a 18 anos de prisão

Yun Yue / EPA

Ren Zhiqiang

Um milionário que criticou diretamente o Presidente da China, Xi Jinping, pela forma como geriu a epidemia do novo coronavírus, foi hoje condenado a 18 anos de prisão, anunciou um tribunal do país asiático.

O ex-presidente do Huayuan Group, Ren Zhiqiang, deixou de ser visto em público em março, depois de ter publicado um texto na Internet, no qual se referiu ao chefe de Estado chinês e secretário geral do Partido Comunista da China como um “palhaço que vai nu”, mas “determinado a passar por imperador”.

Sob a direção de Xi, o PCC voltou a penetrar na vida política, social e económica da China, enquanto o poder se centrou na sua figura, abdicando do processo de consulta coletiva estipulado por Deng Xiaoping, o arquiteto-chefe das reformas económicas que abriram a China ao mundo nos anos 1980.

Ren, de 69 anos, foi condenado por corrupção, suborno, desvio de fundos públicos e abuso de poder, anunciou o Tribunal Popular Intermédio n.º 2 de Pequim, através da sua conta oficial nas redes sociais. O milionário disse que não vai recorrer da sentença, segundo o mesmo comunicado.

Em julho, o ex-presidente do Huayuan Group, uma das maiores construtoras da China, foi expulso do Partido Comunista. Num comentário difundido online, antes de ser censurado, em fevereiro passado, Ren Zhiqiang considerou que a crise de saúde pública constituiu uma “crise de governação” e criticou a falta de liberdade de imprensa e de expressão no país asiático.

Ren criticou a propaganda do regime, que retrata Xi Jinping e outros líderes como os salvadores da China, sem mencionar como o surto começou ou os possíveis erros, incluindo a supressão de informação crucial no estágio inicial. O milionário teve um início de carreira nas forças armadas chinesas, e os seus pais foram ambos altos quadros do Partido Comunista.

No últimos tempos, dezenas de jornalistas, defensores dos direitos humanos e laborais foram condenados à prisão, num esforço para reprimir a sociedade civil. Ainda no início deste mês, os EUA acusaram a China de assediar e reprimir jornalistas estrangeiros.

Morgan Ortagus, a porta-voz da diplomacia norte-americana, referiu na altura que “há várias décadas que a China ameaça, persegue e expulsa jornalistas norte-americanos e estrangeiros”.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Em apenas três anos, a Austrália perdeu um terço dos seus coalas

A seca, os incêndios florestais e a desflorestação na Austrália levaram o país a perder um terço dos seus coalas nos últimos três anos. A Austrália perdeu cerca de 30% dos seus coalas nos últimos …

Há modelos matemáticos que preveem se uma música vai ser viral — os mesmos utilizados com a covid-19

O uso de modelos matemáticos para antecipar o nível de sucesso de uma música pode começar a ser usado, a partir da publicação do presente estudo, por artistas e editoras para melhorar o desempenho dos …

Alemanha. Funcionário de posto de combustível abatido a tiro por cliente que se recusou a usar máscara

Um homem de 49 anos matou um funcionário de um posto de combustível na Alemanha, após tentar comprar cerveja sem utilizar a máscara. No país, o uso deste equipamento de proteção é obrigatório para entrar …

Um violino gigante flutuou no Grande Canal de Veneza (ao som de Vivaldi)

No passado fim de semana, um violino gigante, com quase 12 metros de comprimento, desceu o Grande Canal de Veneza. A bordo estava um quarteto de cordas, que tocou Four Seasons de Vivaldi. O Noah's Violin …

Assembleia de credores aprova recuperação da Groundforce

Esta quarta-feira, os credores da Groundforce aprovaram a recuperação da empresa. Em causa está uma dívida de 154 milhões de euros. Os credores da Groundforce, reunidos esta quarta-feira em assembleia de credores, no tribunal de Monsanto, …

Europeus acreditam numa "guerra fria" entre os EUA e a China e Rússia

A maioria dos cidadãos da União Europeia (UE), 62%, considera que os Estados Unidos (EUA), com apoio das instituições comunitárias, estão numa nova "guerra fria" com a China, mas recusam envolvimento nacional, revelou um inquérito …

Desenho de Van Gogh esteve guardado mais de 100 anos. Agora, é exibido pela primeira vez

O Museu de Amesterdão, nos Países Baixos, ganhou um novo inquilino: Study for 'Worn Out', um desenho recém-descoberto de Vincent van Gogh. O holandês Vincent van Gogh ainda continua a impressionar o mundo inteiro com a …

No Afeganistão, as professoras estão prontas para desafiar o regime talibã

No Afeganistão, as professoras estão prontas para desafiar o regime talibã, com receio de que os avanços dos últimos 20 anos tenham sido conquistados em vão. A Vice falou com algumas professoras afegãs que garantem continuar …

Apenas um terço das crianças em 91 países tem acesso a uma alimentação adequada, alerta UNICEF

Apenas um terço das crianças com menos de dois anos em 91 países em desenvolvimento têm acesso aos alimentos que necessitam para um crescimento saudável, revelou um relatório da UNICEF, apontando que nenhum progresso foi …

Preços das casas voltaram a aumentar no segundo trimestre

Entre abril e junho, o índice de Preços da Habitação (IPHab) cresceu 6,6% em termos homólogos. A revelação foi feita esta quarta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE). O Índice de Preços da Habitação (IPHab) cresceu …