Pais dos estudantes mortos no Meco lamentam silêncio das autoridades

CanalOficialTVI / YouTube

Homenagem às vítimas da tragédia da praia do Meco, em janeiro

Os pais dos estudantes que morreram na praia do Meco em dezembro de 2013 lamentam o silêncio das autoridades responsáveis pelo processo e pediram à Procuradoria-Geral da República (PGR) para que os ajude “a descobrir a verdade”.

Pais e familiares dos seis jovens estudantes da Universidade Lusófona que morreram na praia do Meco na madrugada de 15 de dezembro de 2013 assinalaram este domingo, junto à PGR, em Lisboa, os seis meses do acontecimento.

Os estudantes integravam a Comissão Oficial de Praxes da Universidade Lusófona e, dos que se encontravam na praia do Moinho de Baixo, no Meco, concelho de Sesimbra, naquela madrugada, houve apenas um sobrevivente, João Gouveia.

Na porta da PGR, os pais colocaram um ramo de flores e fizeram seis minutos de silêncio, um por cada jovem, num momento de grande emoção e com muitas lágrimas. A data foi ainda assinalada com uma missa em memória das vítimas na Igreja de S. Mamede, junto à PGR.

Fernanda Cristóvão, mãe de uma das vítimas, disse aos jornalistas que os pais escolherem a PGR para assinalar os seis meses do desaparecimento dos filhos, “porque está nas mãos do procurador [de Almada] a investigação”.

Lamentando não perceber os motivos pelos quais o processo ainda está em segredo de justiça, explicou que deixaram na PGR uma mensagem dos filhos: “os nossos pais pedem que os ajudem a descobrir a verdade e que se faça justiça”.

“Já passaram seis meses e o processo ainda continua em segredo de justiça, tudo aquilo que nós sabemos é através da comunicação social”, lamentou.

Fernanda Cristóvão adiantou que os pais não acreditam que a Polícia Judiciária tenha arquivado o processo, tal como o jornal Correio da Manhã noticiou no sábado.

“Não acreditamos que, com tantas evidências, o senhor procurador tenha coragem de arquivar o processo”, disse, sublinhando que os pais “não têm qualquer dúvida de que se tratou de um ritual de praxe”.

“Agora é preciso ter coragem e pôr cá fora. Coragem de assumir quem o fez, quem submeteu aqueles jovens ao perigo, e haja coragem da parte do senhor procurador e da PJ”, frisou, dando conta que, passados seis meses, nunca foram contactos pelo único sobrevivente e seus familiares, nem pela Universidade Lusófona.

“É desumano o que a faculdade tem feito, eu sei que é uma faculdade privada, que é o dinheiro que está em causa, mas é uma desumanização”, lamentou.

O advogado das famílias, Vítor Parente, disse à agência Lusa que ainda não foram contactados sobre a decisão da PJ, adiantando que existia um prazo indicativo até ao fim de maio para a conclusão do processo, mas o Ministério Público também tem de dar o seu parecer.

Vítor Parente explicou que o MP pode, ou não, seguir o entendimento da PJ.

Os pais das vítimas do Meco questionados se vão desistir do processo, responderam: “Nunca. Nunca se desiste de um filho”.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

"Só há um responsável, que sou eu", assume Luís Filipe Vieira

O presidente do Benfica assumiu, este domingo, a responsabilidade pela crise de resultados e garantiu que Jorge Jesus irá cumprir até ao fim o contrato que o liga ao clube até 2022. Numa entrevista exclusiva à …

Governo reservou 1.251 milhões para acesso à habitação. 25 câmaras captaram mais de metade do apoio

O Governo reservou no Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) 1.251 milhões de euros em subvenções para executar o programa de apoio ao acesso à habitação. Até agora, acordos com 25 câmaras já captaram mais …

Cientistas encontraram 70 mil vírus nunca antes vistos no intestino humano

Cientistas identificaram mais de 70 mil vírus, até então desconhecidos, que vivem no nosso intestino e infetam as bactérias que lá vivem (como afetam o nosso corpo é ainda um mistério). No novo estudo, conta o …

Direita ultrapassa PS com subida da Iniciativa Liberal. Chega cai

Uma sondagem da Aximage para o Diário de Notícias, Jornal de Notícias e TSF revela que o PS está a perder peso nas intenções de voto, tendo sido ultrapassado pela direita. Segundo a sondagem, divulgada pelo …

Portugal vai comprar cerca de 38 milhões de vacinas, "muito mais" do que as necessárias

Em entrevista à agência Lusa, Marta Temido anunciou que Portugal vai comprar cerca de 38 milhões de vacinas contra a covid-19. Portugal vai comprar cerca de 38 milhões de vacinas contra a covid-19, “muito mais” do …

Governo ainda está a tempo de "reverter" venda de barragens da EDP

A coordenadora do Bloco de Esquerda disse este domingo que o Governo ainda está tempo de reverter o negócio das venda de seis transmontanas, que terá permitido à EDP poupar 110 milhões em imposto de …

Cientistas encontraram abelha australiana que não era vista há 98 anos

Uma espécie de abelha nativa das florestas tropicais do leste da Austrália foi encontrada pela primeira vez em 98 anos. De acordo com o site IFLScience, trata-se da espécie Pharohylaeus lactiferus, abelha nativa do leste da …

Marcelo destaca papel de profissionais de UCI. Costa agradece à Madeira e FPF

O Presidente da República destacou e agradeceu o papel dos profissionais de saúde que estão nos cuidados intensivos, pelo seu papel no combate à pandemia, que considerou uma "saga nacional". "Eu queria, em primeiro lugar, louvar …

Entre farpas a Biden e Fauci, Trump admitiu concorrer à Casa Branca em 2024 (e vencer pela "terceira vez")

No primeiro discurso desde que saiu da Casa Branca, o antigo presidente Donald Trump deu a entender que vai concorrer novamente em 2024 e disse que Joe Biden "perdeu a Casa Branca". O ex-presidente dos Estados …

Cientistas estão a criar um "gémeo digital" da Terra (para prever o futuro)

Uma equipa de cientistas europeus começaram a trabalhar num plano ambicioso para prever o futuro das alterações climáticas: reconstruir uma versão virtual de toda a Terra para representar diferentes cenários. O planeta virtual faz parte de …