Pacientes que estiveram infetados com covid-19 podem ver a sua voz alterada

Cerca de 80% dos pacientes com covid-19 recuperam-se da doença sem necessidade de serem sujeitos a tratamentos hospitalares, de acordo com a OMS. No entanto, um em cada 6 doentes pode desenvolver uma condição grave como falta de ar (dispneia) e perda da qualidade da voz (disfonia).

De acordo com a Sociedade Espanhola de Otorrinolaringologia e Cirurgia da Cabeça e Pescoço (SEORL), os casos mais graves ocorrem tanto em idosos como em pessoas com outras patologias já conhecidas. Entre essas estão as doenças respiratórias, imunossupressão, hipertensão, problemas cardíacos ou diabetes.

Já foi referido que o novo coronavírus pode deixar sequelas nos dentes. Agora, a instituição British Voice Association, prevê que as consequências respiratórias podem ter efeitos graves na voz de ex-doentes.

Entre os sintomas causados ​​pela covid-19, e descritos até agora, embora variem entre os pacientes, encontram-se sintomas graves (dispneia, febre e lesão pulmonar) ou leves (náuseas, vómitos, tosse seca, fadiga, irritação laríngea, congestão, dor de cabeça ou perda do paladar ou cheiro).

Durante o início do contágio, e numa situação mais grave, os pacientes podem ter capacidade respiratória limitada, por isso a qualidade da voz também poderá será afetada, produzindo assim disfonia.

Os sintomas descritos mostram perda da qualidade vocal, cansaço respiratório, dor ao falar, sensação de pressão no peito ou cansaço ao menor movimento. Também rouquidão, voz “áspera” ou seca, dor laríngea e torácica, sensação de garganta rígida, dor no pescoço ou diminuição da escala tonal são alguns dos sintomas.

Mas qual a razão para a voz ser afetada pelo vírus?

A voz é um ar sonoro produzido pelo aparelho de fala e amplificado nos ressonadores. A laringe é composta de cartilagem, músculo e membranas mucosas localizadas no topo da traqueia e na base da língua. O som é criado quando as cordas vocais vibram com o ar exalado que passa por elas. Portanto, sem ar, não há voz.

Se a capacidade respiratória for afetada, o mesmo acontecerá com a qualidade da voz. A disfonia é uma alteração da voz em qualquer uma das suas qualidades, principalmente no timbre, o que nos permite diferenciar dois sons.

A tosse contínua também pode fazer com que as cordas vocais fiquem inchadas, rígidas e menos flexíveis. Nesse sentido, a qualidade da voz pode mudar, sendo que muitas vezes pode acabar por se transformar num som mais áspero e profundo.

De acordo com o The Conversation, esta situação pode ser revertida através de uma intervenção fonoaudiológica. A Fonoaudiologia é a disciplina científica responsável pelo estudo, prevenção, avaliação e tratamento da voz e da comunicação. Leva também em consideração a audição, a linguagem e as funções orais não verbais (respirar, mastigar, sugar e engolir).

Se os sintomas forem leves, os parâmetros são recuperados com reabilitação e prática respiratória. Se, pelo contrário, forem graves e a tiver estado ligada a ventiladores, pode ter danos mais graves.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Homicídio com 32 anos resolvido com a menor amostra de ADN de sempre

Um caso de homicídio ocorrido há 32 anos, que muitos consideraram impossível de ser resolvido, foi finalmente desvendado (e tudo graças à amostra de ADN mais pequena de sempre usada para decifrar um caso). De acordo …

Braços robóticos controlados remotamente podem vir a realizar cirurgias delicadas

Um equipa de investigadores está a trabalhar para eliminar movimentos rígidos nos braços robóticos, de modo a torná-los mais ágeis. O objetivo é que no futuro estes possam empilhar pratos ou até realizar cirurgias delicadas. Os …

Alemão foi forçado a remover estátua do pai por esta se parecer com Hitler

Um alemão foi obrigado a retirar uma figura de madeira de um cemitério, que seria para homenagear o seu falecido pai, por ter semelhanças com o antigo ditador nazi. As autoridades do município de Weil im …

Podcast evita morte de um condenado (seis vezes)

Curtis Flowers foi julgado seis vezes pelo mesmo promotor de justiça. Um programa de investigação mudou o seu destino. O promotor continua a acreditar que Curtis é culpado. A própria equipa responsável pelo 60 Minutes, programa …

EUA venderam álbum único dos Wu-Tang Clan (que pertencia a Martin Shkreli)

O álbum do grupo Wu-Tang Clan, confiscado em 2018 ao antigo gestor de fundos Martin Shkreli, também conhecido como "o empresário mais odiado do mundo", foi agora vendido pelo Governo norte-americano. Num comunicado divulgado esta terça-feira, …

Bezos ofereceu 1,7 mil milhões de euros à NASA para entrar na corrida da próxima viagem à Lua

O empresário norte-americano ofereceu 1,7 mil milhões de euros à NASA numa tentativa de reacender a batalha espacial entre a sua empresa, a Blue Origin, e a do "rival" Elon Musk, a SpaceX. De acordo com …

Clientes com certificado digital válido impedidos de entrar em restaurantes

Estão a ser reportados vários casos de clientes que, ao apresentarem o certificado digital para poderem entrar num restaurante, não conseguem fazê-lo porque o documento está a ser considerado inválido pelos dispositivos eletrónicos. Segundo a rádio …

Covid-19 trouxe "paranoia" ao mercado

Diretor do Norwich City, da Premier League, acha que os responsáveis por alguns clubes não sabem bem o que estão a fazer nos últimos tempos. O Norwich City iria jogar contra o Coventry City, num encontro …

Israel cria "task force" para reverter boicote da Ben & Jerry's na Cisjordânia

Israel criou uma task force para pressionar a empresa de gelados norte-americana Ben & Jerry's e a sua proprietária, Unilever, a reverterem a decisão de boicotar a ocupação israelita na Cisjordânia. "Precisamos de aproveitar os 18 …

Violência armada. 430 mortos na última semana nos EUA e 2021 pode ser dos piores anos de sempre

Só na semana passada registaram-se cerca de 430 mortos e mais de 1000 feridos associados a tiroteios, num ano que está a ser marcado pelo aumento da violência armada nos Estados Unidos. O ano passado foi …