Pacientes que estiveram infetados com covid-19 podem ver a sua voz alterada

Cerca de 80% dos pacientes com covid-19 recuperam-se da doença sem necessidade de serem sujeitos a tratamentos hospitalares, de acordo com a OMS. No entanto, um em cada 6 doentes pode desenvolver uma condição grave como falta de ar (dispneia) e perda da qualidade da voz (disfonia).

De acordo com a Sociedade Espanhola de Otorrinolaringologia e Cirurgia da Cabeça e Pescoço (SEORL), os casos mais graves ocorrem tanto em idosos como em pessoas com outras patologias já conhecidas. Entre essas estão as doenças respiratórias, imunossupressão, hipertensão, problemas cardíacos ou diabetes.

Já foi referido que o novo coronavírus pode deixar sequelas nos dentes. Agora, a instituição British Voice Association, prevê que as consequências respiratórias podem ter efeitos graves na voz de ex-doentes.



Entre os sintomas causados ​​pela covid-19, e descritos até agora, embora variem entre os pacientes, encontram-se sintomas graves (dispneia, febre e lesão pulmonar) ou leves (náuseas, vómitos, tosse seca, fadiga, irritação laríngea, congestão, dor de cabeça ou perda do paladar ou cheiro).

Durante o início do contágio, e numa situação mais grave, os pacientes podem ter capacidade respiratória limitada, por isso a qualidade da voz também poderá será afetada, produzindo assim disfonia.

Os sintomas descritos mostram perda da qualidade vocal, cansaço respiratório, dor ao falar, sensação de pressão no peito ou cansaço ao menor movimento. Também rouquidão, voz “áspera” ou seca, dor laríngea e torácica, sensação de garganta rígida, dor no pescoço ou diminuição da escala tonal são alguns dos sintomas.

Mas qual a razão para a voz ser afetada pelo vírus?

A voz é um ar sonoro produzido pelo aparelho de fala e amplificado nos ressonadores. A laringe é composta de cartilagem, músculo e membranas mucosas localizadas no topo da traqueia e na base da língua. O som é criado quando as cordas vocais vibram com o ar exalado que passa por elas. Portanto, sem ar, não há voz.

Se a capacidade respiratória for afetada, o mesmo acontecerá com a qualidade da voz. A disfonia é uma alteração da voz em qualquer uma das suas qualidades, principalmente no timbre, o que nos permite diferenciar dois sons.

A tosse contínua também pode fazer com que as cordas vocais fiquem inchadas, rígidas e menos flexíveis. Nesse sentido, a qualidade da voz pode mudar, sendo que muitas vezes pode acabar por se transformar num som mais áspero e profundo.

De acordo com o The Conversation, esta situação pode ser revertida através de uma intervenção fonoaudiológica. A Fonoaudiologia é a disciplina científica responsável pelo estudo, prevenção, avaliação e tratamento da voz e da comunicação. Leva também em consideração a audição, a linguagem e as funções orais não verbais (respirar, mastigar, sugar e engolir).

Se os sintomas forem leves, os parâmetros são recuperados com reabilitação e prática respiratória. Se, pelo contrário, forem graves e a tiver estado ligada a ventiladores, pode ter danos mais graves.

  ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

PCP diz ser "lamentável ver ministros a falar de eleições antecipadas"

O líder parlamentar do PCP respondeu aos ministros do Governo socialista que, nos últimos dias, têm acenado com os problemas de um eventual cenário de eleições antecipadas. Nos últimos dias foram vários os ministros que têm …

Médico que salvou Eriksen diz que teve sorte: "Os remédios para o coração só duram dois meses"

O médico que salvou Christian Eriksen diz que o futebolista teve sorte. Os medicamentos para o coração "só duram dois meses" e, por acaso, o que Morten Boesen tinha na mala era novo. O mundo do …

Polónia legaliza expulsão de migrantes nas fronteiras (e vai construir muro ao estilo de Trump)

O parlamento polaco aprovou esta quinta-feira uma alteração à lei nacional sobre os estrangeiros que legaliza a prática controversa de expulsão nas suas fronteiras e permite ignorar um pedido de asilo feito após a travessia …

Jovem de 18 anos sofre duas paragens cardíacas

Fellipe, que chegou há poucos dias ao Atlético Goianiense, estava a treinar nesta terça-feira. Presença do médico no treino evitou morte imediata. O Atlético Goianiense vive uma semana de angústia, devido ao estado grave de um …

José Sena Goulão / Lusa

Do Conselho Nacional do PSD, saiu um Rangel candidato e um Rio "muito preocupado" — mas sobretudo derrotado

Sociais-democratas vão mesmo a eleições internas a 4 de dezembro, apesar da tentativa de Rui Rio em tentar adiar a votação. Paulo Rangel é, até ao momento, o único candidato. Há muito que as peças do …

"Olé! Olé!": árbitro não gostou e parou o jogo

Atitude muito pouco habitual. Episódio aconteceu num jogo no Brasil e os "culpados" foram os convidados. A Oeirense é o novo campeão da segunda divisão, a Série B, do Campeonato Piauiense. O torneio foi conquistado pela …

Excremento humano, com 2600 anos, encontrado em Hallstatt, na Aústria

Europeus da Idade do Ferro já comiam queijo azul e bebiam cerveja

Amostras de fezes da Idade do Ferro, encontradas na Áustria, mostraram ter dois tipos de fungos usados ainda hoje para fazer queijo azul e cerveja. Em comunicado, os cientistas responsáveis pela pesquisa explicam que as fezes …

Bolsonaro diz ter vontade de privatizar Petrobras e sugere que população poupe combustível

O Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, criticou ontem a política de preços da petrolífera Petrobras e disse ter vontade de privatizar a estatal, sugerindo ainda à população que economize combustível. As declarações de Bolsonaro foram feitas em …

Caso EDP. Relação arrasa Ivo Rosa por revogar despacho de Carlos Alexandre

O Tribunal da Relação de Lisboa arrasou o juiz Ivo Rosa por ter assumido competências que não lhe pertencem ao ter revogado um despacho de Carlos Alexandre. Os desembargadores Augusto Lourenço e João Lee Ferreira, do …

Afinal, tomar diariamente uma pequena dose de aspirina não previne primeiros ataques cardíacos ou enfartes

Recomendação feita por uma task force norte-americana vem contradizer uma indicação emitida em 2016. Segundo os especialistas envolvidos, os riscos inerentes à toma não superam os benefícios. Os adultos com idade mais avançada a quem não …