Paciente herda pulmão do doador (e alergia a amendoim)

Uma mulher de 68 anos, que comia amendoim sem se preocupar com alergias, teve uma reação alérgica severa depois de ter comido uma sandes com manteiga de amendoim. Segundo a investigação, a mulher não era alérgica, mas o doador que lhe forneceu um pulmão, sim.

Mazen Odish, da Universidade da Califórnia e autor do estudo publicado no Transplantation Proceedings, refere que é muito raro os recetores adquirirem uma alergia alimentar de um órgão doador. Aliás, até hoje, houve apenas quatro ou cinco relatos de casos nos quais os recetores de órgãos adquiriram alergia a amendoim com anafilaxia, após um transplante de pulmão.

Segundo o Live Science, a mulher em causa necessitou de um transplante do pulmão para tratar o seu enfisema, uma condição na qual os sacos aéreos dos pulmões ficam danificados, dificultando a respiração. A paciente acabou por receber um novo pulmão esquerdo de um doador de 22 anos.

Após a intervenção cirúrgica, a recuperação estava num bom caminho, até que, um dia antes de receber alta, a paciente sentiu um aperto muito forte no peito e dificuldades a respirar. Os médicos não sabiam por que motivo a paciente estava a ter sintomas de insuficiência respiratória e os testes realizados no momento não revelaram nenhuma explicação plausível.

O mistério dissipou-se assim que a mulher confessou que os sintomas começaram imediatamente após ser comido uma sandes com manteiga de amendoim. Os médicos suspeitaram de uma alergia alimentar, mesmo que a paciente não apresentasse outros sintomas comuns de alergia, como erupção cutânea ou dor no estômago.

Como a paciente nunca teve reações alérgicas derivadas da ingestão de amendoim, os médicos contactaram a agência de transplantes que acabou por confirmar que o doador tinha alergia a amendoim. Assim, além do pulmão, a mulher recebeu também a alergia do doador, contou Odish.

Apesar de ser muito raro, é possível que as alergias alimentares sejam transferidas de doadores de órgãos para recetores de transplantes. Ainda assim, nem todo o recetor que recebe um órgão de um doador com alergia alimentar adquire sensibilidade. Estudos anteriores sugeriram, inclusivamente, que as crianças que recebem transplantes de fígado podem ter maior probabilidade de desenvolver alergias alimentares.

Outros estudos mostraram que as alergias alimentares adquiridas em transplantes ocorrem com maior frequência quando os recetores de órgãos são medicados com tacrolimus, um imunossupressor usado para reduzir o risco de rejeição de órgãos após um transplante.

Ainda assim, não está claro se as alergias alimentares adquiridas em transplantes continuam a ser uma preocupação vitalícia para os pacientes, dado que é possível que a alergia possa diminuir em alguns indivíduos.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Governo de Hong Kong pede desculpas após polícia pulverizar mesquita

O Governo de Hong Kong pediu esta segunda-feira desculpas a líderes muçulmanos, depois da polícia antimotim ter pulverizado um portão da mesquita e algumas pessoas com um canhão de água, quando as autoridades tentavam dispersar …

Telemóveis e computadores podem acelerar o envelhecimento

Uma nova investigação, levada a cabo por cientistas da Oregon State University, nos Estados Unidos, concluiu que a exposição diária à luz azul, como aquela que é emitida por telemóveis e computadores, pode afetar a …

Quatro espeleólogos portugueses desaparecem em gruta espanhola

Uma equipa de resgate foi acionada para localizar quatro espeleólogos portugueses que estão desde sábado na gruta de Cueto-Coventosa, em Espanha, com os trabalhos de socorro a serem dificultados pelo aumento do nível da água Quatro …

Afinal, Vénus pode não ser tão semelhante à Terra como pensávamos

Uma nova investigação questiona a habitabilidade de Vénus, planeta que os cientistas consideram há pouco tempo numa outra investigação poder ter um clima habitável semelhante ao da Terra. De acordo com a nova investigação, cujos …

Há gelo no polo sul da Lua e pode ter muitas fontes

Um novo estudo sugere que o gelo encontrado na superfície lunar pode ter milhares de milhões de anos, além de ter surgido de diferentes fontes. O estudo, publicado recentemente na Icarus, sugere que a maioria do …

A Evolução mostra que podemos ser a única forma de vida inteligente no Universo

As reduzidas probabilidades que acompanham a nossa evolução ao longo da história podem ser uma pista que talvez sejamos a única forma de vida inteligente no Universo. Será que estamos sozinhos no Universo? Tudo se resume …

A China está a usar a educação como arma para controlar o Tibete

A China quer obrigar crianças tibetanas a abandonarem as escolas da região e mudarem-se para escolas chinesas. O objetivo, segundo uma especialista, é "tirar o tibetano da criança". A batalha geopolítica entre a China e o …

Revelada explosão violenta no coração de um sistema que alberga um buraco negro

Uma equipa de astrónomos, liderada pela Universidade de Southampton, usou câmaras de última geração para criar um filme com alta taxa de quadros de um sistema com um buraco negro em crescimento e a um …

"É altura de dizer basta". Sporting corta com as claques

O Sporting rescindiu “com efeitos imediatos” os protocolos que celebrou em 31 de julho com a Associação Juventude Leonina e com o Diretivo Ultras XXI – Associação, anunciou hoje o clube, devido à “escalada de …

Poluição atmosférica associada a abortos espontâneos

Elevados níveis de poluição atmosférica foram associados a abortos espontâneos num estudo feito com mulheres grávidas a viver e trabalhar em Beijing, na China. A China é um dos países que mais sofre com a poluição …