A paciência do Irão esgotou-se. Reunião em Viena vai ser decisiva

(h) rouhani.ir

O Irão advertiu que a sua paciência em relação à questão do acordo nuclear de 2015 “terminou”, considerando “decisivo” o resultado da reunião dos signatários do pacto que decorre esta sexta-feira em Viena.

“Esta reunião é importante e decisiva. Pensamos que nesta reunião se determinará a decisão final sobre o destino do JCPOA (Plano Integral de Ação Conjunta, designação do pacto) e a questão da permanência ou não permanência do Irão no acordo”, disse o porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros iraniano, Abbas Mussavi, à imprensa durante uma cerimónia para assinalar o 32.º aniversário do bombardeamento químico da localidade de Sardasht (noroeste) pelo Iraque.

O acordo assinado com os cinco membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU (Estados Unidos, França, Reino Unido, Rússia e China) e a Alemanha estabelece limites ao programa nuclear iraniano em troca do levantamento das sanções internacionais.

Há um ano, os Estados Unidos abandonaram unilateralmente o pacto, restabelecendo sanções que arruínam a economia do Irão, e as medidas adotadas até agora pela Europa em contraponto não têm sido eficazes.

Teerão anunciou que deixaria de respeitar dois dos seus compromissos no âmbito do acordo, renunciando a limitar as suas reservas de água pesada e de urânio enriquecido.

Deu ainda um prazo de 60 dias, que terminava a 7 de junho, para os Estados ainda signatários o ajudarem a contornar as sanções norte-americanas, ameaçando em caso contrário deixar de respeitar as restrições do acordo sobre o grau de enriquecimento de urânio e retomar o projeto de construção de um reator de água pesada em Arak.

“Sentimos que a paciência da República Islâmica do Irão para o cumprimento unilateral deste acordo multilateral se está a esgotar”, advertiu Mussavi. “Caso nesta reunião se consigam resultados tangíveis e bons e as outras partes cumpram com os seus compromissos e apliquem o que até agora deveriam ter aplicado existirá a possibilidade de manter o JCPOA, um acordo multilateral que é proveitoso para a região e o mundo”.

Adiantou que em caso contrário, a existência do pacto estará em risco e uma das opções do Irão será retirar-se do acordo.

A reunião de acompanhamento da aplicação do acordo, presidida pela Alta Representante da União Europeia para a Política Externa, Federica Mogherini, conta com a participação da Alemanha, França, Reino Unido China, Rússia e Irão.

“Se virmos que o que dizem (os restantes signatários) é o costume e repetitivo, a existência do JCPOA estará em risco”, disse ainda Mussavi, indicando que “a retirada do Irão” do acordo “será uma das opções”.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Antártida tem quase mais 20% de colónias de pinguins-imperador do que se pensava

Imagens de satélite revelam que há quase mais 20% de colónias de pinguins-imperador na Antártida do que se pensava anteriormente, totalizando 61, divulgou esta quarta-feira a Agência Espacial Europeia (ESA). Dados obtidos por dois satélites europeus …

De taxista a bombeiro. EHang lança drone para combater incêndios em arranha-céus

A chinesa EHang tem concentrado os seus esforços em serviços de táxi ou turismo aéreo. Agora, a empresa de mobilidade quer provar a versatilidade da sua plataforma de veículos autónomos com o lançamento de uma …

Netflix lidera mercado de streaming em Portugal e ranking do IMDb

A Netflix junta, neste momento, o melhor de dois mundos. Tem um catálogo maior, e por isso com mais produções bem cotadas no IMDb, e é também o serviço de streaming com maior número de …

"Estou cansada de ter medo". Candidata da oposição faz tremer presidenciais na Bielorrússia

Na Bielorrússia, Svetlana Tikhanovskaya, candidata da oposição de apenas 37 anos, está a fazer frente ao mais antigo líder da europa, na corrida as eleições presidenciais. Tikhanovskaya mantém-se firme na luta pelo poder contra o presidente …

Fauci revela que recebeu ameaças de morte e que as suas filhas foram assediadas

Anthony Fauci, um dos principais peritos em doenças infecciosas da Casa Branca, revelou esta quarta-feira que recebeu ameaças de morte e que as suas filhas foram assediadas por causa das suas declarações sobre a covid-19. "Receber …

Califórnia já tem uma estrada pavimentada com plástico

O que parece uma estrada comum é agora a mais recente novidade na cidade de Oroville, na Califórnia. A nova construção junta uma tecnologia que mistura garrafas de plástico com asfalto. Por cada quilómetro de …

Mais de mil operacionais combatem cinco grandes fogos em Portugal

Mais de 1100 operacionais e 16 meios aéreos estão a combater, esta quinta-feira, os cinco maiores incêndios rurais em território continental, concentrados sobretudo na região Centro, de acordo com dados da Proteção Civil. Segundo o site …

Coca-Cola financiou estudos científicos que minimizaram o papel das bebidas açucaradas na obesidade, revela investigação

A Coca-Cola terá financiado com milhões de dólares vários estudos científicos que minimizaram o impacto das bebidas açucaradas na obesidade. A conclusão é de uma investigação publicada na revista médica Public Health Nutrition, que conta …

André Ventura vai pedir suspensão temporária do mandato no Parlamento

O deputado do Chega vai pedir, em setembro, a suspensão do mandato parlamentar até fevereiro do próximo ano para se dedicar às campanhas eleitorais da região dos Açores e das Presidenciais. Em declarações à agência Lusa, …

Governo abre concursos para 800 novos técnicos especializados nas escolas

As escolas vão poder contratar mais de 800 novos técnicos especializados, um reforço de recursos humanos "englobado nas medidas excecionais de organização e funcionamento das escolas para o próximo ano letivo". "As escolas vão poder contratar …