Afinal, os raios caem duas vezes no mesmo lugar (e já se sabe porquê)

Um grupo de cientistas descobriu que cargas negativas dentro de uma nuvem não são descarregadas num único feixe, mas uma parte delas é armazenada e circulada através de canais, causando descargas repetidas no solo.

Isto explicaria por que este fenómeno atmosférico geralmente cai duas vezes no mesmo lugar, de acordo com um artigo publicado na revista científica Nature.

Quando as cargas de um raio diminuem, o canal de descarga rompe. No entanto, mesmo que o feixe termine, as agulhas – canais – permanecem, criando uma trilha com carga negativa armazenada que os raios sucessivos usam, ao encontrar um caminho com menos resistência.

Estas agulhas podem ter um comprimento de cem metros e um diâmetro inferior a cinco metros, explicam os especialistas. “São muito pequenos e muito breves para outros sistemas de deteção de raios”, explica Brian Hare, principal autor do estudo, num comunicado publicado no site da Universidade Nacional da Austrália.

Para realizar a sua investigação, os especialistas da Universidade de Groningen, na Holanda, usaram uma rede de radiotelescópios chamada Low Frequency Matrix (LOFAR) para recolher uma série de detalhes sobre as ondas de rádio emitidas por raios e, assim, determinar a razão para este comportamento.

“Estes dados permitem-nos detetar a propagação de raios numa escala onde, pela primeira vez, podemos distinguir os processos primários“, explicou Hare. “O uso de ondas de rádio permite olhar para dentro da nuvem, onde a maioria dos raios está”, acrescenta.

“Vemos que uma parte da nuvem é recarregada e podemos entender porque a queda de um relâmpago no solo pode ser repetido várias vezes”, refere Hare.

Viajando a cerca de 300 quilómetros por segundo, saem do canal principal. “As cargas negativas dentro de uma nuvem de tempestade não são drenadas de uma só vez, mas são, em parte, armazenadas ao lado de interrupções no canal principal”, explicou Harvey Butcher, da Universidade Nacional da Austrália. A carga negativa restante é descarregada pouco depois num segundo raio, reutilizando o mesmo canal.

Butcher disse à IFLScience que está esperançoso de que o trabalho seja útil para limitar o dano que os relâmpagos podem causar e para melhorar o projeto dos pára-raios.

ZAP //

 

PARTILHAR

RESPONDER

Greve na limpeza vai parar Hospital de São João no Porto

Os trabalhadores da limpeza do Hospital de São João, no Porto, entraram em greve este sábado. As desinfeções em ambulatório ou a limpeza de consultórios e da urgência não estão a ser feitas. Na …

Há um enorme buraco na atmosfera de Marte (e a água está a escapar)

Uma vez a cada dois anos, um gigantesco buraco abres-e na atmosfera marciana, deixando escapar para o Espaço uma parte das escassas reservas de água do Planeta Vermelho. O estranho mecanismo meteorológico, nunca visto na Terra, …

Musk vai construir um túnel de alta velocidade em Las Vegas

A Boring Company conseguiu um contrato de 48,7 milhões de dólares para construir um sistema subterrâneo, chamado LVCC Loop, em Las Vegas. A empresa Boring Company, de Elon Musk, foi a escolhida para construir um túnel …

Cientistas podem ter descoberto a verdadeira origem da canábis

A origem da canábis é um mistério, mas a análise de pólen antigo sugere que a planta evoluiu cerca de três quilómetros acima do nível do mar no planalto tibetano. Documentos que datam da Idade Média …

Sporting vs FC Porto | Um ano depois, a Taça para os leões

O Sporting venceu o FC Porto, mais uma vez nas grandes penalidades, e arrecadou a 17ª Taça de Portugal. Num jogo muito disputado no Estádio do Jamor, que terminou empatado 1-1 no tempo regulamentar, o Porto …

Marcelo pede aos portugueses para votarem. "Ficar em casa é um erro enorme"

O Presidente da República pediu hoje aos portugueses que façam o "pequeno sacrifício" de votar nas eleições para o Parlamento Europeu e não deixem "nas mãos de 20% ou de 25% a decisão que é …

Uma cidade inteira dos EUA está refém de cibercriminosos

A cidade de Baltimore, nos Estados Unidos, está sob ataque. Mas a ameaça não vem de pessoas armadas com pistolas e bombas. Há duas semanas, cibercriminosos usaram ransomware - um tipo de software nocivo que restringe …

Abandonado em bebé no aeroporto de Gatwick, Steve encontrou a família 33 anos depois

Um bebé foi abandonado no chão de uma casa de banho do aeroporto de Gatwick a 10 de abril de 1986. Foi quando Beryl Wright encontrou o recém-nascido que começou o mistério que só se …

Monges encontram receita perdida e voltam a fabricar cerveja medieval belga após 224 anos

Os monges da abadia de Grimbergen, na província de Brabante Flamengo, na Bélgica, encontraram a receita original de uma cerveja que era produzida artesanalmente no local há 224 anos e voltarão a fabricá-la. Monges da Abadia …

Nova app permite transmitir consentimento ao par num encontro

Vem aí uma nova app para encontros que nos permite sinalizar quando é que o nosso par tem o nosso consentimento para avançar para o próximo passo. A aplicação permite também ganhar pontos conforme se …