Os portugueses dormem pouco e mal

Os portugueses estão a descansar poucas horas, dormindo em média menos de seis horas diárias, com reflexos negativos na vida ativa e social, disse esta sexta-feira o presidente da Associação Portuguesa do Sono (APS), Joaquim Moita.

Em declarações à agência Lusa, o médico do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC) referiu que a sociedade portuguesa e europeia “dão pouca importância ao sono, dando mais importância ao trabalho e ao lazer”.

“As pessoas dormem pouco e mal em Portugal”, sublinhou o especialista, que dirige também o Centro de Medicina do Sono do CHUC, frisando que esta situação provoca problemas de saúde cognitiva e física.

A APS vai assinalar o dia mundial do Sono em Coimbra, no dia 15 de março, com uma mesa redonda sobre a presença e representação do sono nos Livros das Grandes Religiões Proféticas (Cristianismo, Judaísmo e Islamismo), em que participam um estudioso, um crente, um líder religioso, um médico e uma cientista.

“Quando um elemento lê os livros, por exemplo, o Corão, verificamos que é muito interessante que estão lá os procedimentos que a medicina do sono moderna, que é relativamente recente (só tem 50 anos), também recomenda”, frisou Joaquim Moita.

Segundo o presidente da APS, “quando se olha para as religiões, verifica-se, em primeiro lugar, que têm muitos pontos em comum e que dão uma grande importância ao sono”. “É muito interessante verificar que todas elas dão uma grande importância ao sono, à alternância entre o sono e a vigília, entre a noite e o dia, isso é muito importante”, realçou.

De acordo com Joaquim Moita, “vive-se numa sociedade que desvaloriza a importância do sono e verifica-se que, de facto, nas religiões monoteístas isso não acontece”. “Pelo facto de termos luz, estendemos o nosso trabalho e o lazer pela noite dentro. Ora, os livros dizem-nos que não, que de facto é preciso aproveitar esta alternância entre a noite, em que preferencialmente devemos dormir, e o dia, em devemos trabalhar”, acrescentou.

No âmbito das comemorações do Dia Mundial do Sono, a APS e o Centro de Neurociências e Biologia Celular da Universidade de Coimbra estão a promover um concurso de desenho, tendo por tema o lema “Dormir bem, envelhecer melhor”.

O concurso destina-se a todas as crianças e jovens que se encontrem a frequentar escolas dos 1.º, 2.º, 3.º ciclos e ensino secundário, em estabelecimentos de ensino público, particular e cooperativo, incluindo escolas profissionais, públicas e privadas localizadas em Portugal. Esta iniciativa pretende dar a conhecer as condições para um bom sono, sensibilizar as crianças e os jovens para a importância e para o respeito do sono, mobilizar as escolas para ações nesta área e promover e valorizar a criatividade.

As imagens devem ter como material de referência a brochura “Higiene do Sono na Criança e Adolescente”, produzida pela APS e Sociedade Portuguesa de Pediatria.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Governo australiano acusado de censurar livro sobre história de Timor-Leste

O Ministério dos Negócios Estrangeiros australiano está alegadamente a tentar censurar partes do primeiro de dois volumes da história de operações militares em Timor-Leste, o dedicado à Força Internacional para Timor-Leste (Interfet), segundo revelou a imprensa …

Norte-americanos acordaram com mensagens de texto estranhas nos seus telemóveis

Na passada quinta-feira, uma grande parte da população norte-americana recebeu mensagens estranhas e inexplicáveis, muitas das quais desconfortáveis e até preocupantes. Stephanie Bovee, uma norte-americana de 28 anos de Portland, no oeste dos Estados Unidos, acordou …

Pai que fugiu por 15 países com os dois filhos no ano passado encontrado pela PSP

O pai mudou 15 vezes de país com as crianças desde o verão passado sempre sem o consentimento da mãe e sem que a mãe tivesse qualquer notícia do paradeiro dos filhos, revela a PSP. A …

Daesh está a tentar criar um novo Estado islâmico nas Filipinas

Há dois anos que a bandeira negra do Daesh deixou de esvoaçar no topo de um edifício da cidade de Marawi, em Mindanau, no sul das Filipinas, e o Presidente, Rodrigo Duterte, declarou tê-lo derrotado. …

Operação Marquês. Ex-secretário de Estado de Passos Coelho chamado como testemunha

O juiz de instrução da Operação Marquês, Ivo Rosa, decidiu chamar o ex-secretário de Estado das Infraestruturas, Transportes e Comunicações Silva Monteiro como testemunha, avança a SIC Notícias. Segundo apurou a estação televisiva, o ex-governante …

Apple e Goldman Sachs acusados de terem criado cartão de crédito sexista

A Apple e o Goldman Sachs estão a ser acusados de terem lançado um cartão de crédito que discrimina os utilizadores em função do género. Um dos últimos a juntar ao rol de críticas ao Apple …

Grimaldo joga consecutivamente há 68 jornadas (só é ultrapassado por um guarda-redes)

Alejandro Grimaldo está há 68 jornadas a jogar consecutivamente a titular na lateral esquerda do Benfica - são dois anos sem descanso. Os números são avançados pelo desportivo A Bola, que dá conta que o lateral-esquerdo …

"Prática comercial enganosa". NOS obrigada a retirar campanha publicitária sobre 5G

A Associação da Auto Regulação Publicitária (ARP) deu razão a uma queixa da Meo e mandou a NOS retirar uma campanha de publicidade sobre um tarifário móvel 5G por considerar que constitui "uma prática comercial …

Eleição autárquica dos EUA pode ser desempatada com moeda ao ar

Um eleição autárquica numa pequena vila no Ohio, nos Estados Unidos, pode vir a ser decidida com o lançamento de uma moeda ao ar, o famoso jogo do "cara ou coroa". De acordo com o The …

Primeiro aniversário dos Coletes Amarelos. França receia novos tumultos

O clima de tensão regressa a França, com os coletes amarelos a anunciarem a preparação de novas ações para assinalar o primeiro aniversário do início do movimento. A 17 de novembro, o movimento Coletes Amarelos assinala …