Os brasileiros sabem que ainda há trabalho escravo no Brasil

usdoj.gov

Um inquérito feito pela Ipsos Public Affairs e encomendada pela organização não governamental Repórter Brasil revelou que 70% dos brasileiros sabem que ainda há trabalho escravo no país, 17% disseram que não existe e 12% responderam que não sabem.

Entre os entrevistados com mais de 60 anos, 61% disseram que o trabalho escravo ainda é praticado no Brasil. No grupo de jovens com idade entre 16 e 24 anos, 65% demonstraram ter menos conhecimento do assunto.

Foram entrevistadas 1.200 pessoas em 72 cidades e feitas três perguntas opinativas sobre trabalho escravo.

Na sondagem, 27% das pessoas ouvidas disseram não saber o que é trabalho escravo e 24% responderam que salário abaixo do considerado justo não configura trabalho análogo à escravidão. Para os entrevistados, os fatores que configuram trabalho escravo são servidão por dívida (19%), condições degradantes de trabalho (8%), trabalho forçado (7%) e jornada exaustiva (1%).

Para a investigadora Fernanda Sucupira, da ONG Repórter Brasil, o patamar de pessoas que sabem que existe trabalho escravo é elevado e fruto do trabalho de sensibilização alcançado no decorrer dos últimos 20 anos por meio das campanhas e medidas de combate ao problema, mas, ao mesmo tempo, há uma parcela significativa da população que precisa ser sensibilizada.

“Nas perguntas abertas, vemos com preocupação a resposta ‘não sei’ quando perguntamos o que é trabalho escravo. Há um nível elevado de consciência de que existe trabalho escravo, mas as pessoas não sabem o que o define e como se caracteriza”, diz a investigadora.

Segundo a líder de Projetos de Proteção da Fundação Abrinq, Andréia Lavelli, ainda há muitos mitos em relação ao trabalho infantil, incluindo a descrença de sua existência, devido à banalização.

Andréia realça que é comum ouvir que é melhor que a criança esteja a trabalhar para ajudar família do que estar na rua.

“Tentamos sensibilizar a população sobre os enormes malefícios do trabalho infantil. Temos que mostrar que o trabalho infantil existe e não é mito, mas em alguns casos acaba sendo velado”, diz Lavelli.

“O trabalho infantil doméstico não aparece muito e não se pode entrar na casa da família que empregou alguma criança para cuidar dos afazeres domésticos. Por isso, temos que fazer campanhas para informar a população”, acrescenta.

Segundo dados oficiais, há no Brasil cerca de 3,3 milhões de menores, na faixa dos 5 aos 17 anos, a trabalhar.

ZAP / ABr

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. E a culpa é dos portugueses, não é ó Lula? Tal como com as Universidades, os Portugueses são os culpados de ainda haver escravatura no Brasil. Já agra, quantos anos Lula governou o Brasil? Pois, não tinha conhecimento do caso.

RESPONDER

Inteligência Artificial aprendeu a pintar como Rembrandt

Investigadores ensinaram uma rede neural de Inteligência Artificial a recriar a magnum opus de Rembrandt, à qual lhe faltavam partes da obra original. O cientista Robert Erdmann trabalhou lado a lado com o Rijksmuseum, o museu …

Tempestade de areia "engoliu" cidade na China

Uma forte tempestade de areia "engoliu" a cidade de Dunhuang, no noroeste da China, no passado domingo. De acordo com o South China Morning Post, a forte tempestade de areia, que provocou nuvens de poeira com …

Raíssa faz bolachas com o lema "Fora Bolsonaro". Já se tornaram virais

Uma brasileira começou a fazer bolachas com o lema "Fora Bolsonaro" em jeito de brincadeira, mas agora já vende centenas todos os dias. Aquilo que começou como uma simples brincadeira, acabou por tornar-se viral. A ideia …

Zara, 19 anos, quer ser a mulher mais nova de sempre a voar sozinha à volta do mundo

Uma jovem, de 19 anos, pôs mãos à obra para levar a cabo um "gap year" (o chamado ano sabático) com um propósito muito fora do comum: tornar-se a mulher mais nova de sempre a …

Francês diz ter usado método matemático para ganhar o Euromilhões

O francês, que não quis revelar a sua fórmula à imprensa, ganhou, no dia 11 de junho, 30 milhões de euros com a combinação com a qual jogava há um mês. A história foi contada, esta …

Mais de metade da população portuguesa já tem a vacinação completa

Mais de metade da população residente em Portugal (52%) já tem a vacinação completa contra a covid-19, revela o relatório semanal de vacinação divulgado esta terça-feira pela Direção-Geral da Saúde (DGS). Segundo o último relatório semanal …

Campeão olímpico criou problemas no seu país natal

Richard Carapaz, medalha de ouro no ciclismo, foi direto: "O país nunca acreditou em mim". Presidente do Equador, ministro e Comité Olímpico reagiram. Poucos dias depois de ter subido ao pódio final da Volta a França …

Jovens preocupados com fertilidade e efeitos secundários das vacinas contra a covid-19

Com o avanço das campanhas de vacinação, um grande número de pessoas das faixas etárias baixo dos 30 anos mostra-se relutante em tomar a vacina contra a covid-19. Os jovens falam de preocupações com fertilidade …

Dois gestos de Cla(ri)sse que ficam para a memória olímpica

Clarisse Agbégnénou foi campeã olímpica no judo, pela primeira vez - mas a atitude que demonstrou, mal venceu a final, ficará também nos registos. Campeã mundial cinco vezes, mais duas medalhas de prata. Cinco medalhas em …

Sindicatos avançam com ações legais para travar despedimento coletivo na TAP

Os sindicatos que representam os trabalhadores da TAP vão avançar com ações legais para travar o despedimento coletivo que a empresa iniciou na segunda-feira, que abrange 124 profissionais. "Até agora houve conversa, a partir de agora …