Ordem dos Médicos alerta para “grave sobrecarga” nas urgências pela Linha SNS 24

José Coelho / Lusa

O bastonário da Ordem dos Médicos, Miguel Guimarães

A Secção Regional do Centro da Ordem dos Médicos (SRCOM) alertou que a atuação da Linha SNS 24, no âmbito da covid-19, causa uma “grave sobrecarga” nas urgências, pelo que defende alterações na referenciação dos doentes.

Em comunicado enviado à agência Lusa, a SRCOM “considera inadmissível a forma como está a ser feita a referenciação dos doentes através da Linha SNS 24 e solicita uma atuação urgente por parte do Ministério da Saúde e da Direção-Geral da Saúde (DGS) que têm mantido, até agora, uma inexplicável passividade na resolução deste problema”.

“A Ordem dos Médicos tem recebido numerosas queixas de médicos de toda a região Centro que alertam para o encaminhamento errado, do ponto de vista clínico, através da Linha SNS 24”, pode ler-se na nota.

“Situações não urgentes ou em que nem sequer existe doença estão a ser encaminhadas, quer para as urgências de adultos, para as urgências pediátricas e até para as unidades de cuidados de saúde primários, estando em causa a ‘grave sobrecarga’ dos serviços”.

“Estão a chegar às urgências, via SNS 24, utentes sem qualquer sintoma, nalguns casos porque estiveram em contacto com pessoas suspeitas de terem covid-19 ou porque testaram positivo, o que não constitui, só por si, indicação para serem atendidos em ambiente de urgência. Noutros casos, são doentes com sintomas ténues cuja indicação é manterem-se no seu domicílio”, explica Carlos Cortes, presidente daquela estrutura.

O responsável, citado no comunicado, alerta que o Ministério da Saúde “está a permitir, também, que as urgências sejam postos de colheita para testagem do SARS-CoV-2 e isso assume contornos muito perigosos, já que o número de patologias graves, nomeadamente descompensações de patologias crónicas, estão a ser cada vez mais frequentes e precisam de atendimento urgente”.

“De forma a evitar descoordenação, o Ministério da Saúde e a DGS têm de atualizar os procedimentos e garantir o acompanhamento e a melhor assistência nos serviços de urgência aos doentes com covid-19 e com todas as outras patologias”, defende.

A SRCOM apela ao Ministério da Saúde e à DGS que tornem públicos “os protocolos e algoritmos em vigor na Linha SNS 24 (808 24 24 24), de forma a que os médicos possam dar um contributo eficaz para melhorar o encaminhamento de doentes”.

// Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Só agora a Ordem dos Médicos é que viu tem sido assim desde o inicio da Pandemia, mas a Ordem dos Médicos nem uma palavra disse nessa altura, ou convém ao bastonário estar no palco? E sobre a morte no Hospital da CUF o senhor bastonário já abriu algum inquérito? Já lá foi ver o porque de ter acontecido? Pois o hospital da CUF é privado convém não levantar ondas.

  2. Neste momento, o que parece interessar à Ordem, infelizmente, é pôr em causa o SNS. É “desordená-lo”! Não se percebe, muito bem, para quê estas tomadas de posição avulsas, como foi a carta aberta , numa altura tão crítica como a que estamos a atravessar! O privado não chega para a sobrevivência da classe ou eles não sabem disso?

RESPONDER

Pacientes que estiveram infetados com covid-19 podem ver a sua voz alterada

Cerca de 80% dos pacientes com covid-19 recuperam-se da doença sem necessidade de serem sujeitos a tratamentos hospitalares, de acordo com a OMS. No entanto, um em cada 6 doentes pode desenvolver uma condição grave …

Aliado de Trump considera que acusações de fraude são "embaraço nacional"

O ex-governador do estado norte-americano de Nova Jérsia, apoiante do ainda Presidente dos Estados Unidos, considera que chegou a hora de este assumir a derrota eleitoral. "Tenho sido um apoiante do Presidente, votei nele duas vezes, …

Há uma vila no Equador conhecida por ser "o vale sagrado da longevidade"

Esta vila no sul do Equador ganhou fama, na década de 70, quando a comunidade científica começou a tentar descobrir o porquê de a maioria dos seus habitantes viver mais de 100 anos. De acordo com …

Bicicleta que fazia parte de obra de arte de Banksy desapareceu (e já se sabe porquê)

O mistério do desaparecimento de uma bicicleta sem uma roda que fazia parte de uma obra de arte do anónimo artista de rua britânico Banksy foi finalmente revelada. Uma bicicleta, que estava acorrentada do lado de …

Abusos sexuais, casamentos forçados e gravidez indesejada: o que piorou em África com a pandemia

Os efeitos da atual pandemia causada pelo covid-19 afetam a população de forma desigual e as pessoas que se encontram nas interseções de diferentes desigualdades (género, pobreza, etnia ou orientação sexual) são as mais afetadas. Este …

Chamadas de valor acrescentado no apoio ao cliente acabam no próximo ano

Os deputados aprovaram, esta segunda-feira, uma proposta do PAN que impede a utilização de linhas de valor acrescentado como única forma de contacto entre os consumidores e as empresas prestadoras de serviços, nomeadamente de contratos …

"Intrigante e preocupante". Portugal abusa de terapias agressivas em doentes com cancro

O nosso país tem "uma elevada prevalência de agressividade terapêutica em fim de vida para doentes oncológicos". A conclusão é de uma investigação levada ao cabo durante 6 anos e envolvendo um total de 92 …

Rei de Espanha em quarentena após ter estado em contacto com infetado

O Rei de Espanha iniciou uma quarentena de dez dias, depois de saber que esteve em contacto com uma pessoa infetada com o novo coronavírus. De acordo com o jornal El País, que cita a Casa Real, …

Estudo europeu releva que carros híbridos são “desastre ambiental”

Um estudo europeu chamou aos carros híbridos plug-in um "desastre ambiental" - as emissões de dióxido de carbono destes carros encontrar-se-ão acima do legalmente declarado e a associação ambientalista Zero pede o fim dos benefícios …

Fisco alerta para mensagens falsas enviadas a contribuintes

A Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) alertou os contribuintes, numa mensagem no portal das Finanças, para o envio de mensagens falsas para o telemóvel nas quais é pedido que se carregue em 'links' que são …