Orbital Reef: a próxima missão de Bezos é uma estação espacial comercial

A Blue Origin e a Sierra Space querem construir a sua própria estação espacial comercial. Com o nome Orbital Reef, será um porto seguro para investigadores, clientes e visitantes internacionais.

A Blue Origin está a cooperar com a Sierra Space no desenvolvimento de uma estação espacial comercial.

A Orbital Reef, um autêntico parque empresarial de uso misto no Espaço, estará aberta a uma grande variedade de clientes internacionais.

“Durante mais de 60 anos, a NASA e outras agências espaciais desenvolveram voos espaciais orbitais e habitações espaciais, preparando-nos para negócios comerciais a arrancar já nesta década”, começou por dizer Brent Sherwood, vice-presidente dos Programas Avançados de Desenvolvimento da Blue Origin, citado pelo New Atlas

“Vamos expandir o acesso, baixar o custo e fornecer todos os serviços e comodidades necessárias para normalizar o voo espacial”, sublinhou.

O objetivo é “fazer crescer um ecossistema empresarial vibrante em baixa órbita terrestre, produzindo novas descobertas, novos produtos, novos divertimentos e uma consciência global”.

Com capacidade para albergar dez pessoas, a estação terá áreas distintas de lazer, habitação e de trabalho científico, além de várias portas, módulos e nichos destinados a servir diferentes tipos de utilizadores.

Na lista de potenciais clientes estão agências espaciais, órgãos de comunicação social, agências de viagens, empresários, investidores ou tecnológicas.

Os detalhes do satélite ainda não foram revelados, mas sabe-se que os módulos do núcleo de grande diâmetro e o sistema de lançamento New Glenn que os colocará em órbita serão construídos pela Blue Origin.

Já a Sierra Space vai fornecer um módulo de Grande Ambiente Flexível Integrado (LIFE), um módulo de nó e um avião espacial Dream Chaser para transportar a tripulação, mantimentos e cargas úteis de e para a Terra.

A empresa de Jeff Bezos não revelou quanto irá custar esta iniciativa, mas garante que está preparada para oferecer soluções completas para quem queira usar a estação, com transporte, aluguer de espaço, assistência tecnológica para o hardware e serviços robotizados.

Além da Blue Origin e da Sierra Space, o projeto da Orbital Reef conta ainda com a colaboração de outros nomes como a Boeing, a Redwire Space, a Genesis Engineering Solutions e a Universidade do Arizona.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE