Oposição condena aumento do preço do combustível na Venezuela e apela a protestos

Miguel Gutierrez / EPA

Juan Guaidó

A oposição condenou no domingo a decisão do Presidente Nicolás Maduro de aumentar o preço da gasolina, que pela primeira vez será afixado em dólares norte-americanos e apelou à população para “levantar a voz de protesto” com “manifestações pacíficas nas ruas”.

“Juan Guaidó (líder da oposição) faz um apelo a todos os cidadãos para protestarem e reunificarem a luta (…) contra uma medida que trará mais fome e pobreza ao nosso povo”, lê-se no texto do acordo aprovado pela maioria parlamentar opositora.

A oposição, citado pela agência Lusa, acusou o Governo de Maduro de ter feito falir a empresa estatal Petróleos da Venezuela SA e de agora querer “que os cidadãos paguem por tudo o que eles roubaram”.

“Na Assembleia Nacional condenamos categoricamente um aumento inconstitucional e discriminador”, sublinharam.

Segundo a oposição, o aumento do preço do combustível de 0,0002 (0,00018 euros) para 0,50 (0,45 euros) por litro é “descomunal e não tem qualquer relação com o salário mínimo atual dos venezuelanos que é de aproximadamente 4,66 dólares (4,19 euros) mensais” e tem lugar num contexto económico negativo com mais de 29 meses de hiperinflação, uma moeda praticamente sem valor e uma emergência humanitária complexa.

O aumento da gasolina vai fazer surgir um mercado negro e fomentará a corrupção, afetando a prosperidade e o bem-estar do povo, disse a oposição.

Maduro anunciou no sábado que a partir de 01 de junho o país vai ter um novo esquema para a venda de combustível, cujo preço será afixado pela primeira vez em dólares norte-americanos, com subsídios para alguns setores através do Cartão da Pátria, promovido pelo Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV, o partido do Governo), uma situação que a oposição diz ser discriminadora.

“Chegou a hora de avançar com uma nova política, uma nova realidade (…). A partir da segunda-feira, 01 de junho, vamos abrir todas as estações do país com um novo esquema de preços”, indicou Maduro, durante uma intervenção transmitida em simultâneo e de maneira obrigatória pelas rádios e televisões do país.

Segundo Maduro, os portadores do Cartão da Pátria vão ver atribuído o subsídio até aos 120 litros mensais por viatura e 60 litros para motocicletas. O transporte público de passageiros e de carga terá um subsídio de 100% na compra do combustível, durante os próximos 90 dias, para não afetar o preço dos bilhetes.

Nos próximos 30 dias, para abastecerem, os motoristas deverão dirigir-se às bombas de combustível no dia correspondente ao último número da matrícula de cada viatura.

O aumento da gasolina ocorre depois de várias semanas de escassez de combustível, devido à impossibilidade das refinadoras continuarem a produzir o produto. Isso obrigou os motoristas a fazer filas de três e quatro dias para abastecer 20 litros de combustível, muitas vezes sem sucesso, e vários setores da economia, principalmente a agricultura.

Apesar de ser possível encher o depósito com menos do que custa uma garrafa de água pequena, a escassez originou um mercado negro no qual cada litro de gasolina chegou a ser vendido por três euros.

Na semana passada chegaram à Venezuela cinco navios com combustível proveniente do Irão, uma operação que foi questionada pelos Estados Unidos por alegadamente violar a segurança regional.

ZAP Lusa //

PARTILHAR

RESPONDER

Pandemia fez duplicar ataques informáticos em Portugal

Os ataques informáticos contra entidades públicas e empresas quase duplicaram em 2020: registaram-se 1.418 incidentes graves, um aumento de 90%. O "Relatório Cibersegurança - Riscos e Conflitos 2021" do Observatório do Centro Nacional de Cibersegurança (CNCS), …

Áustria deixará de administrar a vacina da AstraZeneca

A Áustria deixará de usar a vacina da AstraZeneca devido a problemas de entrega e à relutância da população à vacina, após decisões semelhantes tomadas pela Noruega e Dinamarca. "Provavelmente, continuaremos a administrar as primeiras doses …

Portugal com duas mortes e 386 novos casos de covid-19

Portugal registou esta terça-feira 386 novos casos de infeção por covid-19 e mais duas mortes, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde.  De acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS), nas …

Audição a Nuno Vasconcellos por confirmar. Advogado avisou que a rede não é boa

A audição de Nuno Vasconcellos na comissão de inquérito ao Novo Banco, agendada para a próxima quinta-feira, ainda está por confirmar. No site do Parlamento, o agendamento previsto para a audição de Nuno Vasconcellos, antigo presidente …

Portugal com maior queda do PIB na União Europeia no primeiro trimestre

A economia da zona euro recuou 1,8% e a da União Europeia 1,7% no primeiro trimestre do ano, face ao período homólogo, com Portugal a apresentar a maior quebra, de 5,4%. De acordo com uma estimativa …

Corrida dos portugueses ao novo estatuto de imigrante entope consulados do Reino Unido

Mais de 380 mil portugueses já se candidataram ao novo estatuto de imigrante no Reino Unido, mas os postos consulares não estão a conseguir dar resposta a esta corrida. Segundo o jornal Público, os atrasos dos …

Autoridade Tributária demora, em média, 20,7 dias a pagar reembolso de IRS

Até ao momento, foram reembolsados 1.180.738 contribuintes, num valor total de 1.125 milhões de euros, de acordo com dados do Ministério das Finanças. O ECO avança que a Autoridade Tributária e Aduaneira já devolveu 1.125 milhões …

Médicos de família admitem que recuperados podem passar a grupo de risco

A área das sequelas da infeção pelo vírus SARS-CoV-2 "é uma zona muito cinzenta", sobre a qual Portugal “não tem ainda orientações totalmente definidas”. Nuno Jacinto, presidente da Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar (APMGF), …

Muito mais do que só um divórcio milionário. "Perseguições a mulheres" e má fama ameaçam legado de Bill Gates

O mediático e multimilionário divórcio de Bill Gates é muito mais do que apenas a separação de um casal ao cabo de 27 anos de vida em comum. A ruptura com Melinda está a colocar …

Marcelo na Guiné Bissau

Banho de multidão e "pedras" do PAIGC e de Ana Gomes. Marcelo em visita histórica à Guiné Bissau

Marcelo Rebelo de Sousa está na Guiné-Bissau na primeira visita de um chefe de Estado português ao país em mais de 30 anos. A população recebeu Marcelo em delírio, mas a visita está a causar …