Operação Lex. Vieira defende-se com a “tradição do Benfica” de receber juízes e políticos na Luz

Tiago Petinga / Lusa

O presidente do Benfica, Luis Filipe Vieira

Luís Filipe Vieira dá o exemplo do convite feito pelo Benfica a 22 juízes e ao próprio António Costa, quando era presidente da Câmara Municipal de Lisboa, para assistir a um jogo da Liga dos Campeões na Tribunal Presidencial do Estádio da Luz como forma de rebater a acusação da Operação Lex.

O presidente do Benfica é arguido no caso que envolve também o juiz Rui Rangel, sendo acusado pelo crime de oferta indevida de vantagem.

O Ministério Público (MP) alega que Vieira ofereceu bilhetes a Rangel para jogos do Benfica em Portugal e no estrangeiro como forma de obter “favores” da parte do então juiz da Relação. Em causa está, especialmente, um processo relacionado com uma dívida fiscal de Vieira em Sintra.

Na defesa de Vieira na Operação Lex, aponta-se que “a presença de reputados ou prestigiados benfiquistas de vários quadrantes da sociedade nacional na Tribuna Presidencial do Estádio é uma tradição há muito seguida pelo Benfica“, conforme cita o Correio da Manhã (CM).

A título de exemplo, a defesa do dirigente refere o convite feito pelo clube a 22 juízes para assistirem ao jogo contra o Basileia (1-1), da Liga dos Campeões, em Novembro de 2011, no Estádio da Luz.

Entre esses 22 juízes havia dois conselheiros do Supremo, 18 desembargadores da Relação e dois juízes de direito, destaca ainda o CM.

Os juízes desembargadores Rui Gonçalves e Pedro Mourão terão sido alguns dos magistrados convidados, segundo o mesmo jornal que evidencia que “o primeiro absolveu o empresário José Veiga, arguido no processo Lex, e deverá ser investigado num processo extraído da Operação Lex”, enquanto que o segundo “é investigado pelo Conselho Superior da Magistratura, no âmbito de um processo disciplinar”.

António Costa, que era então presidente da Câmara Municipal de Lisboa, também assistiu ao desafio no camarote presidencial da Luz.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Ora aí está um bom argumento que irá convencer qualquer juíz que se preze! Pois a tradição é algo nobre e reveste qualquer acto por mais atroz e corrupto que seja com uma áurea de legalidade e de inocência. É tradição queimar o gato, é tradição oferecer relógios de ouro aos árbitros, é tradição oferecer carros aos padres, é tradição pagar jantares em troca de um emprego, é tradição a praxe, é tradição a mutilação genital (lá nos países onde isso se faz), é tradição oferecer bilhetes para o Europeu de futebol, é tradição os ex-ministros das Finanças terem cargos em bancos, é tradição os ex-ministros da economia terem cargos em empresas do sector energético… (não é que não tenham habilitações para isso, também têm habilitações, mas já agora como é tradição junta-se o útil ao agradável) É pá, há tanta tradição… Viva a tradição! Agora entendo quando dizem que Portugal tem Tradição!

  2. Pois ele não foge à verdade, há muitos anos que o benfica compra tudo e todos para poder atingir os objetivos, estranhamente nem assim consegue!

  3. A explicação é fífia e demonstra que os juízes convidados, ou parte, até tem tanta ética que até, certamente por agradecimento e boa educação, estão com processos às costas.

  4. Não fosse o país ter falido e tudo continuaria na mesma. Já se esqueceram das viagens falsas dos deputados? E das férias de congressos dos médicos pagas pelos laboratórios aos maiores receitadores dos respectivos produtos? E dos presidentes de Camara com as urbanizações e obras públicas? E da Junta Autonoma de Estradas? E do fax de Macau?
    Os juízes, naturalmente não podiam olhar para o lado e fazer peregrinações a Fátima!
    Razão tinha o Vale e Azevedo que foi preso por ter perdido as eleições no Benfica e não pelo simples facto de ter roubado!

  5. Aí está esclarecido pelo próprio presidente a tradição do Benfica, não houvesse um Pinto da Costa” que pode não ter sido sempre justo” no norte do país a fazer face a esta tradição de tudo pretender comandar e nem sequer valeria a pena haver campeonato, pois o título estaria sempre entregue há ‘priori’. Instalar governo, justiça e igreja católica na catedral penso que assentaria bem tudo no mesmo local. Imagine-se outro clube que alcunhasse o seu estádio de catedral, já há muito tempo os superiores da igreja se teriam manifestado e bem contra o oportunismo, mas é o Benfica, põe-se-lhe água benta por cima. Tudo isto vai desacreditando cada vez mais sobretudo o futebol e por este caminhar nos estádios só comparecerão um grupo de claques de arruaceiros a aplaudir e incentivar ao conflito entre eles. Repare-se e compare-se em relação a outros países como os estádios portugueses estão cada vez mais às moscas, dantes viam-se famílias completas a ir à bola, agora há que fugir de lá.

RESPONDER

Já pode "adotar" um pedaço de Notre-Dame para ajudar na sua reconstrução

Uma organização está a dar a oportunidade de o público ajudar na reconstrução de artefactos específicos da catedral de Notre-Dame, em França, que foi parcialmente destruída por um incêndio em 2019. De acordo com a cadeia …

Proporção divina identificada na gerbera

Descobrir como se formam os padrões distintos e omnipresentes das cabeças das flores tem intrigado os cientistas há séculos. Quando se pede a alguém que desenhe um girassol, quase todas as pessoas desenham um grande círculo …

Audi apresenta o novo Q4 e-tron que traz uma autonomia até 520 km

Ainda antes do verão, a Audi vai colocar no mercado o seu primeiro SUV elétrico concebido de raiz e não adaptado a partir de uma plataforma concebida para motores a combustão. O Q4 e-tron destaca-se pela …

Vanuatu em alerta depois de um corpo com covid-19 ter dado à costa

Vanuatu proibiu viagens de e para a sua principal ilha três dias depois de ter dado à costa um corpo de um pescador filipino, que testou positivo à covid-19. De acordo com a Radio New Zealand, …

Cientistas russos querem criar a primeira vacina comestível contra a covid-19

O Instituto de Medicina Experimental de São Petersburgo, na Rússia, anunciou o seu plano de concluir dentro de um ano os testes pré-clínicos da primeira vacina comestível do mundo contra o novo coronavírus. Em entrevista à …

Em plena crise política, o país mais pobre das Américas ainda não recebeu nenhuma vacina

Numa altura em que a maior parte dos países já têm o processo de vacinação a decorrer, o governo do Haiti ainda não garantiu uma única dose da vacina contra o coronavírus. O país mais pobre …

Afinal, Leonardo da Vinci não esculpiu o busto de Flora

Está terminada a controvérsia que durou mais de cem anos após a aquisição do Busto de Flora em 1909, por Wilhelm von Bode. A datação por radiocarbono revelou, recentemente, que a obra não foi …

Crise climática "implacável" intensificou-se em 2020, diz relatório da ONU

Houve uma intensificação "implacável" da crise climática em 2020, com a queda temporária nas emissões de carbono devido ao confinamento a ter um impacto pouco significativo nas concentrações de gases de efeito de estufa, revelou …

Já se sabe o que causou a misteriosa "tempestade de asma", que vitimou dez pessoas em 2016

Em 2016, na cidade de Melbourne, aconteceu o evento de "tempestade de asma" mais grave do mundo. Os cientistas descobriram agora o culpado. No dia 21 de novembro de 2016, as urgências de um hospital em …

Carlos César reivindica papel do PS na construção da democracia e no combate à corrupção

O presidente do PS defendeu, esta segunda-feira, que se deveu ao seu partido o aprofundamento da democracia e os avanços no combate à corrupção, embora admitindo desvios", "erros" e "omissões num ou outro momento da …