ONU contra o FBI: desbloquear iPhone é abrir uma caixa de Pandora

Manny Valdes / Flickr

-

O alto comissário da ONU para os Direitos Humanos, Zeid Al Hussein, teme que o desbloqueio do iPhone do autor do massacre de San Bernardino a pedido das autoridades seja como “abrir uma caixa de Pandora” com consequências negativas para os Direitos Humanos.

O alto comissário das Nações Unidas pronunciou-se sobre o processo judicial entre o FBI e a Apple esta sexta-feira, pedindo às autoridades americanas e ao FBI para agirem com muita cautela.

O massacre ocorreu em dezembro, na Califórnia, resultando na morte de 14 pessoas. O casal que realizou o tiroteio foi morto pela polícia e, na sequência, o FBI abriu uma investigação sobre o caso, considerado terrorismo.

O FBI pede agora à Apple que crie um código para desbloquear o iPhone de Syed Rizwan Farook, um dos autores do massacre.

A Apple alega que criar um código para desbloquear um iPhone pode abrir precedentes e colocar em risco a segurança e a privacidade dos seus utilizadores.

Na avaliação do alto comissário da ONU, ao permitir o desbloqueio, as autoridades arriscam-se a “abrir uma caixa de Pandora“, o que poderia causar implicações extremamente sérias aos direitos humanos de milhões de pessoas.

Zeid Al Hussein cita riscos à segurança física e financeira dos utilizadores. Enquanto a Justiça americana avalia a situação, o representante da ONU faz um apelo para que sejam considerados “impactos mais alargados”.

Opções

O representante da ONU acredita que a “possibilidade de se conseguir mais informações sobre o terrível crime cometido por Syed Rizwan Farook e sua mulher poderá gerar vários outros crimes por todo o mundo”.

O representante destaca que o “FBI merece o apoio de todos na investigação dos assassinatos de San Bernardino, um crime abominável”, mas que há outras formas de investigar se os assassinos tinham cúmplices para além de forçar a Apple a criar um programa que corrompa o seu próprio sistema de segurança.

O alto comissário para os Direitos Humanos acredita que, se o FBI ganhar o caso contra a Apple, podem ser criados precedentes que tornem impossível para a Apple ou outras empresas de tecnologia da informação protegerem a privacidade dos seus clientes.

Zeid Al Hussein defende que contcatos pessoais, calendários, informações financeiras, dados de saúde e tantas outras informações privadas sejam protegidas de criminosos, hackers e governos que podem tentar utilizar as informações contra o seu povo, por razões erradas.

O alto comissário da ONU questiona como será possível proteger a informação dos cidadãos sem sistemas seguros de criptografia, especialmente numa era em que tanto da nossa vida pessoal e profissional estão guardadas em smartphones e aparelhos similares.

Rádio ONU

PARTILHAR

RESPONDER

Encontrada a primeira prova de experimentação cirúrgica num animal

O crânio de uma vaca do período Neolítico é agora considerado como a primeira evidência de experimentação cirúrgica num animal. Há mais de 30 anos, foi encontrado o crânio de uma vaca num sítio arqueológico do …

Estoril vs Benfica | Salvio em cima do gongo

O Benfica arrancou um suado triunfo por 2-1 na visita ao Estoril Praia. A formação benfiquista marcou primeiro, foi superior no primeiro tempo, mas no segundo, os “canarinhos” deram a volta ao texto e justificaram …

Cientistas criam "tatuagem biomédica" para detetar vários tipos de cancro

Cientistas suíços desenvolveram uma "tatuagem biomédica" que escurece quando deteta mudanças no corpo que podem indicar a presença de cancro. Os investigadores do Instituto Federal de Tecnologia de Zurique (ETH), na Suíça, desenvolveram uma "tatuagem biomédica" …

Vinho tinto e frutos vermelhos podem prevenir doenças mentais

As substâncias presentes nos frutos vermelhos e no vinho tinto podem contribuir para a prevenção da depressão e doenças neurodegenerativas. Investigadores do Centro de Investigação em Tecnologias e Serviços de Saúde (Cintesis) descobriram que as substâncias …

Karl Lagerfeld: "Se não querem que vos baixem as calças, não sejam modelos"

O designer não ficou calado e fez declarações sobre queixas de assédio sexual na indústria do cinema e da moda à revista francesa Número Magazine. Karl Lagerfeld, designer de moda e responsável pela Fendi e Chanel, …

Descobertas acidentalmente ossadas humanas com mil anos enterradas duas vezes

Uma equipa de investigadores do Instituto Politécnico Nacional do México descobriu restos mortais de antigos indígenas que datam do ano de 1100 d.C.. Fósseis humanos com cerca de mil anos foram encontrados na praia de El …

Vem aí chuva de poeiras vindas do Norte de África

Este fim de semana, o sul de Portugal pode enfrentar uma chuva carregada de poeiras vindas do Norte de África. O IPMA explica que se trata apenas de uma deposição. Uma chuva de poeiras pode atingir …

Marcelo deverá vetar mudança de género aos 16 anos

O Presidente da República deverá vetar a lei que permite a mudança de género no registo civil aos 16 anos, por questionar não ser necessário um relatório médico. Marcelo Rebelo de Sousa deverá vetar a lei …

Nacionalidade automática para filhos de imigrantes há 2 anos em Portugal

Os filhos de imigrantes que vivam em Portugal há dois anos vão ser considerados portugueses originários, a não ser que declarem que não querem ser portugueses. Esta alteração vai "inverter a atual regra" e irá encurtar …

Eleições de 2019 com plano europeu para travar perturbações nas redes sociais

Em 2019, o objetivo central dos técnicos da "sala de situação" é proteger as infraestruturas de apoio ao processo eleitoral, nas europeias e as legislativas, ainda sem data marcada. O cenário internacional tem sido marcado pela …