Onda de calor leva a recorde de abandonos no Open da Austrália

mirsasha / flickr

-

A onda de calor que afeta o sudoeste da Austrália, com temperaturas de mais de 40 graus, provocou um recorde de abandonos no Open de ténis, primeiro “Grand Slam” da temporada, que se disputa em Melbourne.

O croata Ivan Dodgic foi o último tenista a retirar-se do torneio, devido a cãibras, enquanto enfrentava o bósnio Damir Dzumbuer com o termómetro a marcar os 41 graus.

A saída do croata junta-se à do australiano Bernard Tomic, aos alemães Tommy Haas e Julian Reister, ao cazaque Andrey Golubev, aos norte-americanos Alex Bogomolov e John Isner, ao checo Radek Stepanek, ao holandês Robin Haase e à eslovena Polona Hercog.

Com nove abandonos, o Open da Austrália igualou o recorde de retiradas numa ronda na história do ténis, depois do sucedido no Open dos Estados Unidos em 2011, e em Winbeldon em 2012.

Vários tenistas criticaram as condições em que têm de jogar e o risco que correm devido ao intenso calor que afeta os estados de Austrália do Sul e de Victoria, cuja capital é Melbourne.

O escocês Andy Murray disse, após ganhar terça-feira ao japonês Go Soeda a mais de 43 graus, que se mostrou uma “imagem terrível” da modalidade com os árbitros, os jovens apanha-bolas e os espectadores a sucumbirem devido ao calor.

Murray indicou que em outras modalidades haveria casos de atletas que sofreriam ataques cardíacos, mas a organização do torneio minimizou os riscos para a saúde.

Por seu turno, o canadiano Frank Dancevic, que desmaiou durante o jogo, qualificou de “desumano” a decisão de jogar estes jogos naquelas condições e advertiu que “até que alguém morra vão continuar e agendar encontros com este calor”.

O chefe da equipa médica do torneio, Tim Wood, admitiu que há “alguns jogadores que sofreram mal-estar por problemas de calor, mas nenhum pediu uma intervenção médica importante após jogar os seus encontros”.

/Lusa

 

PARTILHAR

RESPONDER

Bairros de lata são incubadoras de covid-19, mas ninguém ajuda os milhões que lá vivem

Bairros de lata, como as favelas, são consideradas incubadores de covid-19. No entanto, pouca atenção lhes tem sido dada na resposta à pandemia. Tendo devastado algumas das cidades mais ricas do mundo, a pandemia do novo …

Morreu Saturn, o jacaré que sobreviveu a um bombardeamento da II Guerra (e que se diz que pertenceu a Hitler)

Saturn, um jacaré norte-americano de 84 anos, morreu esta sexta-feira no jardim zoológico de Moscovo, na Rússia, anunciou a instituição na sua conta de Facebook, dando conta que o animal morreu de velhice. O réptil …

Antiviral Remdesivir pode ser eficaz no combate à covid-19

O antiviral Remdesivir é eficaz contra a covid-19 caso seja administrado antes dos pacientes necessitarem de ventilação mecânica, indica um ensaio internacional com este medicamento, coordenado pelo Hospital Can Ruti, em Badalona, Barcelona, Espanha. Segundo um …

Há uma misteriosa ilha em Nova Iorque que quase ninguém pode visitar (e está abandonada)

A menos de 1,6 quilómetros de Manhattan, em Nova Iorque, localiza-se uma misteriosa ilha abandonada há mais de meio século. É preciso ter autorização do New York City Department of Parks and Recreation para visitar …

Israel não vai desperdiçar "oportunidade histórica" para anexar a Cisjordânia

O primeiro-ministro israelita Benjamin Netanyahu voltou a defender hoje a anexação de partes da Cisjordânia nos próximos meses e em prosseguir este polémico plano, apesar do crescente coro de condenações de diversos aliados. Os palestinianos, e …

Zlatan Ibrahimovic lesiona-se e deixa carreira em risco

No treino com vista ao regresso da Liga italiana, Zlatan saiu a coxear do centro de treinos, com os milaneses a explicarem que exames vão determinar se se trata de lesão no gémeo ou tendão …

Há uma orquestra presa num palácio da Alemanha há 75 dias

Um grupo de músicos bolivianos, que pertencem à Orquestra Experimental de Instrumentos Nativos, está confinado no Palácio Rheinsberg, na Alemanha, há cerca de 75 dias devido à pandemia de covid-19. No início de março, os membros da …

Bolsonaro diz ter imagem negativa no exterior porque a imprensa "é de esquerda"

O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, disse hoje que a sua imagem no exterior é negativa porque a imprensa mundial é de esquerda, enquanto falava com apoiantes junto ao Palácio da Alvorada, em Brasília. "A imprensa …

Líderes vodu do Haiti preparam templos para tratar infetados com covid-19

Líderes de vodu do Haiti pediram aos padres da religião afro-caribenha para criar um remédio secreto que servisse de tratamento contra o novo coronavírus. Aos religiosos foi também pedido que preparassem as câmaras sagradas de …

Centros comerciais e lojistas dizem-se preparados para reabrir em junho

Os centros comerciais e lojistas asseguram estar preparados para reabrir em pleno em 1 de junho, apelando à não discriminação face aos restantes espaços de retalho, mas pedem medidas que travem o impacto da pandemia …