O óleo de coco é “puro veneno”, alerta professora de Harvard

O óleo de coco – amplamente reconhecido pela sua versatilidade e benefícios para a alimentação e estética – pode ser, na verdade, pouco saudável. Karin Michels, professora da Universidade de Harvard, nos EUA, considerou o produto “puro veneno” e um “dos piores alimentos que se pode comer”.

Foi durante uma palestra na Universidade de Friburgo, na Alemanha, intitulada de “O óleo de coco e outros erros nutricionais” que Karin Michels reiterou, de forma muito explícita, que o óleo de coco não é saudável.

As características do superalimento já tinha sido analisadas no ano passado, depois da American Heart Association (AHA) ter atualizado as suas diretrizes, as quais recomendava que as pessoas evitassem ácidos gordos saturados, presentes no óleo de coco.

Michels foi ainda mais longe do que a AHA e durante a palestra – que acabou por se tornar viral no YouTube – afirmou “o óleo de coco é puro veneno”, explicando que é “um dos piores alimentos que se pode comer”.

Não há estudo científicos que demonstrem benefícios significativos do óleo de coco para a saúde. E, segundo a Michels, o óleo de coco é mais perigoso do que a banha de porco porque é composto, quase exclusivamente por ácidos gordos saturados que podem “entupir” as artérias coronárias.

É fácil identificar quais são as gorduras que têm grandes quantidades de ácidos gordos, verificando estes produtos permanecem sólidos à temperatura ambiente – como é o caso da manteiga ou da banha de porco.

Tendo em conta a elevada saturação deste tipo de ácidos, a maioria dos especialista recomenda a utilização de azeite de azeitona ou girassol. E, quando o azeite não for opção, há ainda o óleo de linhaça que é igualmente ricos em ácidos gordos não saturados e ómega 3.

Ao contrário do óleo de coco, todos estes produtos têm ácidos gordos não saturados.

Embora Michels não mencione outro tipo de “superalimentos” – tal como o açai, a chia ou a matcha – como prejudiciais, a professora considera que são ineficazes porque, na maioria dos casos, os nutrientes que estão disponíveis nestes alimentos estão também noutros de mais fácil acesso ao público, como cenouras, cerejas e damascos.

“Estamos bem e suficientemente abastecidos”, reiterou.

Serão as gorduras saturadas prejudiciais?

A maioria dos pesquisadores concorda que o azeite ou o próprio óleo de linhaça são parte importante para uma alimentação saudável. No entanto, a comunidade científica ainda não chegou a um consenso: há quem os considere “superalimentos”, como também há quem os considere extremamente prejudiciais.

Quanto ao óleo de coco em particular, a maioria das orientações dietéticas internacionais recomenda a ingestão de gorduras saturadas de forma moderada. Como diz a sabedoria popular, a dose faz o veneno. O segredo passa pela moderação.

O óleo de coco ganhou popularidade nos últimos anos, sendo amplamente divulgado e aconselhado por marcas e celebridades, que apontam os seus benefícios quer para a saúde quer para a beleza e estética. O óleo pode ser utilizado para cozinhar como alternativa a outras gorduras, como também para hidratar a pele e o cabelo.

ZAP // ScienceAlert / BBC

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. Apesar de existir (por uma consulta rápida ao dicionário Priberam, “…pouco usado” ou, na Wikipédia, associado a “…português do Brasil”) sugiro a alteração de “graxos” para gordos, cuja utilização em português é muito mais compreensível e extensa.

  2. Tenho saudades daqueles nacos de carne de porco, fritos em banha de porco, que a minha avó bem sabia fazer pelo Natal.
    … mas faleceu com 99 anos; mas ainda deixou uma tina com bons nacos de porco mergulhados e conservados em banha de porco.

  3. Coitada da senhora, deve estar mal, muito mal, então ela diz mal do óleo de coco biológico e virgem e diz bem do óleo de colza que é transgénico e provoca doenças cancerígenas? Sigam o rastro do dinheiro.

Fotografia com pombos? Na Tailândia, há "profissionais" contratados para assustá-los

A área de uma das portas da cidade, Tha Pae, parte do que resta da muralha vermelha que protegia a cidade antiga em Chiang Mai, na Tailândia, é uma das maiores atrações turísticas locais. Os turistas …

Sky News lança canal sem qualquer notícia sobre o Brexit

O canal Sky News Brexit-Free foi esta quarta-feira para o ar às 17h horas, sendo que os seus programas serão transmitidos até às 22h, de segunda a sexta-feira. O grupo de televisão britânico Sky vai lançou …

Vacina contra o cancro da mama pode estar disponível dentro de 8 anos

Investigadores da Clínica Mayo desenvolveram uma vacina contra o cancro ovário e da mama que poderá estar disponível comercialmente dentro de apenas oito anos. A ideia da vacina é estimular o próprio sistema imunológico dos pacientes …

Busca pelo avião de Amelia Earhart só encontrou chapéus, detritos de um naufrágio e uma lata de refrigerante

A mais recente busca pelos restos do avião de Amelia Earhart, a famosa aviadora americana que desapareceu sobre o Pacífico em 1937, terminou sem resultados. De acordo com o jornal norte-americano The New York Times, a investigação …

Protestos em Hong Kong. LeBron acusado de apoiar regime chinês

A super estrela do basquetebol LeBron James juntou-se à polémica entre a NBA e a China, após apelidar de “mal-informado” o treinador dos Houston Rockets, Daryl Morey, que expressou apoio aos manifestantes em Hong Kong …

Acordo para o Brexit está "prestes a ficar fechado"

A chanceler alemã, Angela Merkel, e o Presidente francês, Emmanuel Macron, disseram esta quarta-feira que um acordo para o Brexit está em finalização e poderá ser apresentado quinta-feira para aprovação no Conselho Europeu. "Quero acreditar que …

Em Chernobyl, estão a desaparecer "as memórias que as pessoas deixaram para trás"

Chernobyl é, atualmente, a maior atração internacional da Ucrânia e o novo presidente, Volodymyr Zelenski, já apresentou um projeto para trazer ainda mais turistas. No entanto, estão a desaparecer "as memórias que as pessoas deixaram …

Huawei afirma que a tecnologia 6G vai estar disponível daqui a 10 anos

O CEO da Huawei, Ren Zhengfei, assinalou, durante uma entrevista à CNBC, que a sua empresa está a trabalhar em redes móveis 6G, que estarão completamente desenvolvidas daqui a 10 anos.   "Trabalhámos em 5G e 6G …

Nazismo e comunismo classificados em pé de igualdade pelo Parlamento Europeu

No passado dia 19 de setembro, a União Europeia colocou comunismo e nazismo em pé de igualdade, depois de aprovar no Parlamento Europeu uma resolução condenando ambos os regimes por terem cometido "genocídios e deportações …

Conselho da Europa teme que polícia de Malta tenha “recusado provas” no caso da jornalista assassinada

Daphne Galizia era jornalista, acompanhava casos de corrupção no país e foi assassinada há dois anos. Pieter Omtzigt, relator do Conselho da Europa responsável pelo caso, diz que a abordagem da polícia e dos …