Oficial: Pardal Henriques candidato a deputado pelo partido de Marinho Pinto

Manuel de Almeida / Lusa

O advogado e porta-voz do sindicato nacional dos motoristas, Pardal Henriques

O advogado Pedro Pardal Henriques anunciou esta quarta-feira que aceitou o convite para encabeçar a lista do PDR a Lisboa, deixando de ser porta-voz do Sindicato Nacional dos Motoristas de Matérias Perigosas para “não misturar o que poderia ser interpretado como campanha eleitoral”.

Depois de o líder do PDR, Marinho e Pinto, ter feito o anúncio no Porto, Pardal Henriques confirmou esta tarde, em comunicado, que aceitou o convite para integrar as listas do PDR às eleições legislativas de 6 de outubro, esclarecendo que deixa de ser porta-voz do SIMMP, mas não abandonará as causas que representa.

Pardal Henriques vai ser candidato pelo PDR, mas na altura própria divulgaremos o círculo eleitoral por onde se candidatará”, disse Marinho e Pinto esta manhã aos jornalistas, depois de entregar a lista dos candidatos pelo círculo eleitoral do Porto.

O advogado assumiu que ter Pardal Henriques nas listas é um “grande orgulho” porque ele foi “a imagem e a cara de um combate sindical extremamente importante por ter fugido ao controlo que os aparelhos partidários têm sobre o sindicalismo em Portugal. Portanto, isto é de enaltecer e de elogiar”, frisou, numa referência à greve dos motoristas.

Ao Correio da Manhã, Pardal Henriques tinah confirmado ter recebido um convite, mas que ainda não tinha decidido se aceitava ou não. “Recebi o convite e é com honra que o recebo”, disse, acrescentando: “Ainda não tomei a decisão”.

A decisão de Pardal Henriques está agora tomada, tendo sido confirmada pelo próprio em comunicado, no qual esclarece que deixa de ser porta-voz do Sindicato Nacional dos Motoristas de Matérias Perigosas “para não misturar o que poderia ser interpretado como campanha eleitoral”.

“Face ao exposto, e para que pelo menos a minha agenda fique esclarecida, faltando esclarecer a do porta-voz da ANTRAM e das suas nomeações pelo PS, venho por este comunicar que a partir deste momento não serei mais o porta-voz do Sindicato Nacional dos Motoristas de Matérias Perigosas, por forma a não misturar o que poderia ser interpretado como campanha eleitoral”, refere o mesmo texto.

Nas legislativas de outubro de 2015, o PDR foi a sétima força política mais votada nas eleições legislativas, com 1,14%, correspondentes a 61.632 votos, tendo ficado atrás do PAN, que elegeu um deputado.

  ZAP // Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Imaginemos que consiga um lugar de Deputado na A.R . Beneficiará de Imunidade Parlamentar, para o que der e vier. Como está a ser investigado por duas Entidades e caso se confirme alguma acusação, poderá beneficiar de um processo que se prolongará “in aeternum”, como muitos outros actuais. Será que estou enganado ??

RESPONDER

Juízes recusam suspender julgamento de Ricardo Salgado

O juiz que está a julgar o ex-presidente do Banco Espírito Santo (BES), no âmbito da Operação Marquês, recusou suspender o julgamento, depois de a sua defesa ter alegado o facto de ter sido diagnosticado …

Quadro de Van Gogh, que esteve nas mãos dos nazis, vai a leilão. Deverá render 25 milhões de euros

Uma pintura de Vincent van Gogh vai ser leiloada no próximo mês, depois de mais de um século sem ser vista em público. Estima-se que o preço de venda chegue aos 25 milhões de euros. O …

Coreia do Sul lança com êxito o seu primeiro foguetão espacial

A Coreia do Sul lançou hoje o seu primeiro foguetão de fabrico próprio, segundo as imagens transmitidas pela televisão, tornando-se o décimo país do mundo com capacidade para desenvolver e lançar veículos espaciais. O veículo coreano …

"A melhor coisa que pode acontecer a Portugal era o Governo ser derrubado e desaparecer"

O presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque, defendeu hoje que “a melhor coisa que podia acontecer a Portugal”, neste momento, era o executivo liderado por António Costa “ser derrubado e desaparecer”. Miguel Albuquerque afirmou …

Mulher de João Rendeiro tem mais três dias para entregar as obras em falta

O prazo para a entrega das obras acabou esta quarta-feira, mas a juíza do processo em que João Rendeiro foi condenado a dez anos de prisão efetiva deu mais três dias à mulher do ex-banqueiro. Depois …

Uma estrada com alguns automóveis

Sete cidades do Norte podem ir a jogo pela neutralidade carbónica

Gaia, Porto, Matosinhos, Famalicão, Guimarães, Braga e Viana do Castelo poderão ir a jogo na Missão Climate Neutral & Smart Cities, que quer apoiar a redução de emissões em 100 cidades. Uma coligação de sete cidades …

Teste à covid-19

Subvariante da Delta identificada em Israel. Em Portugal há nove casos

Em Portugal, já foram detetados nove casos da variante AY4.2, subvariante da Delta, de acordo com o mais recente relatório do Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge sobre diversidade genética do novo coronavírus SARS-CoV-2. O …

FCSH diz que "não existe matéria que comprometa a integridade" do CV de Raquel Varela

O Conselho Científico da FCSH da Universidade Nova de Lisboa diz que não há "matéria que comprometa a integridade" do CV da investigadora Raquel Varela. A investigadora Raquel Varela viu-se envolvida numa polémica depois de ter …

Mexidas no PSD já se fazem sentir no pagamento de quotas dos militantes

Para além das diretas para líder do partido, os sociais-democratas preparam-se para escolher também as direções das distritais de Lisboa e Leiria, o que também poderá ajudar a justificar o crescimento. Para além de no Conselho …

No Reino Unido, o aumento de infeções está a causar preocupação. O que explica este cenário?

No Reino Unido, os casos e internamentos estão a subir, sendo que alguns especialistas já apelam a um regresso de algumas restrições antes do inverno. Mas o que pode estar a causar este aumento dos …