“Este contrato é trabalho escravo.” Oferta para médicos portugueses na Galiza é “enganosa”

Há associações de médicos galegos a avisar que os contratos de trabalho de 61.500 euros anuais implicam fazer muitas substituições e ter horários alargados.

A recente oferta de trabalho para médicos de família e pediatras portugueses na Galiza, em Espanha, com a promessa de uma salário anual de 61.500 euros brutos, está a dar que falar. Segundo o jornal Público, chegam avisos da Galiza de que esta oferta pode, afinal, tornar-se menos atrativa do que parece à primeira vista.

Maria José Fernandez Dominguez, médica galega que integra o conselho regional da associação galega de medicina de família e comunidade, explica que o que é oferecido aos médicos portugueses é um novo contrato de trabalho delineado pelo “Serviço Galego de Saúde da Junta da Galiza” que foi “rejeitado pelas principais sociedades científicas de medicina geral e familiar” espanholas e pela ordem dos médicos local.

Este novo modelo foi a resposta às reivindicações das estruturas representativas dos médicos galegos que reclamam estabilidade para os profissionais de saúde precários que têm assegurado substituições “de dias ou de semanas” nos centros de saúde da região.

Em comunicado, o “Precárias pola Aténcion Primária”, um grupo de clínicos “em situação de precariedade”, alertou que o salário anual de 61.500 euros se ficará por “40 a 45 mil euros” com as retenções fiscais. Além disso, o grupo adiantou que os contratos não visam a cobertura de uma vaga num centro de saúde nem a substituição de um profissional.

Segundo este grupo, o objetivo passa por assegurar “substituições em vários centros de saúde de um distrito para possibilitar a cobertura imediata das necessidades”, sendo na prática “um acumular de substituições de curta duração”.

Pedimos aos nossos colegas portugueses que não se deixem seduzir pelos cantos de sereia da Junta da Galiza”, apela o grupo, convidando os médicos a pôr-se em contacto com eles para “receber mais informação”.

“Trabalho escravo”

Segundo o grupo galego, a jornada laboral será de “48 horas semanais [no máximo], num cômputo semestral”, na prática “190 horas mensais, um total semestral de 1140 horas”. Isto pode implicar “meses de 200 ou 250 horas”.

Além disso, os médicos terão de estar, pelo menos, duas vezes por mês de plantão sem garantia do direito à folga a seguir. Desta forma, explica Maria José Dominguez ao Público, as jornadas podem “estender-se até às 31 horas seguidas”.

Este contrato é um embuste, é trabalho escravo“, remata a médica galega que, com 21 anos de trabalho, ganha cerca de 2700 euros líquidos por mês, podendo auferir “mais mil euros mensais se fizer dois plantões por mês ou se substituir colegas”.

A Asociación de Médicos Interinos de Galicia já pediu à embaixada de Portugal em Espanha que “reaja”, classificando a oferta do Sergas como “enganosa” e “no limite do dumping” (prática de venda abaixo do valor de custo, que não é permitida).

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Os “colegas” espanhóis são muito nossos amigos…

    Será “escravo”, mas 45000 euros/ano dá cerca de 3500 euros/mês.
    É claro que é MUITO atractivo para os portugueses, mas “lixxa” os médicos espanhóis que querem mais…
    Que sonsinhos!

  2. Esse regime de trabalho não é nada que não faça em portugal, já cheguei algumas vezes a 330h mensais e nunca vi esses valores no recibo. Até pode ser pouco para o que se trabalha e ganha habitualmente em espanha mas comparando com o feito aqui é pelo menos uns 50% a mais. O facto de não ser um posto de trabalho fixo ainda é melhor, a maioria dos médicos aqui não pensariam ir viver fixo para a galiza, mas ir lá uns meses até é bom, ajuda a pagar o emprestimo do apartamento.

  3. Trabalho Escravo é aqui. Descontei durante 49 anos, nos últimos descontei 311,00 euros por mês, vou receber de Reforma 523,08 euros. O que será isto?

RESPONDER

O RRS David Attenborough, navio virgem dos reinos polares, já saiu do estaleiro

O navio RRS Sir David Attenborough saiu finalmente do seu estaleiro. O já lendário navio vai agora ser sujeito a alguns testes antes de ser oficialmente entregue ao serviço, em novembro deste ano. A construção do …

Vulcões ativos produzem 30 a 50% da atmosfera de Io

Novas imagens rádio obtidas pelo ALMA (Atacama Large Millimeter/submillimeter Array) mostram, pela primeira vez, o efeito direto da atividade vulcânica na atmosfera da lua de Júpiter, Io. Io é a lua mais vulcanicamente ativa do nosso …

Descobertas pegadas fossilizadas com mais de 10 mil anos. São a trilha pré-histórica de uma mãe com um bebé ao colo

Uma equipa de investigadores internacional descobriu o trilho pré-histórico mais comprido do mundo no Novo México, nos Estados Unidos. O novo estudo conta a historia de uma mulher que carregou um bebé nos braços durante …

Pure Skies. Empresa desenha cabines dos aviões do pós-pandemia

Desde o início da pandemia, os especialistas têm testado diferentes maneiras de alcançar o distanciamento social em aviões, embora com pouco sucesso. Agora, há uma empresa que está a levar esta ideia até ao próximo …

OE2021. Bloco de Esquerda vota contra na generalidade

O Bloco de Esquerda vai votar contra a proposta do Orçamento do Estado para 2021 na generalidade, anunciou a coordenadora do partido, Catarina Martins. Em declarações aos jornalistas, a bloquista confirmou este domingo que o …

PS ganha eleições nos Açores sem garantia de maioria absoluta

O PS voltou a ganhar as eleições regionais dos Açores, obtendo entre 37% e 41%, o que não garante a maioria absoluta, segundo a projeção à boca das urnas realizada este domingo pela Universidade Católica …

Extinção da fauna em Madagáscar pode dever-se à presença humana (e a mudanças climáticas)

Grande parte da fauna de Madagáscar e das ilhas Mascarenhas foi eliminada durante o último milénio. Neste sentido, uma equipa de cientistas analisou um registo do clima nos últimos 8000 anos nas ilhas. O resultado …

PAN vai abster-se na generalidade. OE mais próximo da aprovação

O partido Pessoas-Animais-Natureza (PAN) vai abster-se na votação na generalidade da proposta de Orçamento do Estado para 2021 (OE2021) na próxima quarta-feira, anunciou a líder parlamentar do partido, Inês Sousa Real. Com a abstenção dos três …

O passado tóxico fica para trás. Asbestos, a cidade "amianto", mudou de nome

A cidade canadiana Asbestos (que significa amianto) ganhou um novo nome, quase 11 meses após o anúncio da votação. Wuase metade dos cerca de 6 mil residentes da cidade canadiana marcaram presença numa votação organizada num …

Menino de 12 anos encontra fóssil de dinossauro com 69 milhões de anos

Nathan Hrushkin, aspirante a paleontólogo de 12 anos, encontrou o fóssil de um dinossauro enquanto passeava com o pai em Alberta, no Canadá. Depois de enviarem uma fotografia ao Museu Royal Tyrrell, ficaram a saber …