Mendonça Mendes acredita que OE passa com apoio do Bloco (mas avisa que “não é uma feira de Natal”)

Miguel A. Lopes / Lusa

O secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, António Mendonça Mendes

O Governo está confiante de que a versão final do Orçamento do Estado para 2021 irá passar com amplo apoio da esquerda, mas exige “sentido de responsabilidade” aos partidos.

António Mendonça Mendes, secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, acredita que ainda é possível reverter o voto contra do Bloco de Esquerda na especialidade.

O governante lembrou ainda que o Governo contou com o apoio de todos os “parceiros de esuqerda”, com a exceção, que classifica como “surpreendente”, do Bloco de Esquerda. Ainda assim, disse em entrevista ao Público, “estamos convencidos que há muita margem e muito caminho para que em sede de especialidade se possa negociar e que o Orçamento do Estado possa passar com o mais amplo apoio possível à esquerda“.

Sobre as conta da Unidade Técnica de Apoio Orçamental (UTAO), que previu um impacto menor no défice das medidas do Governo em cerca de mil milhões de euros, o secretário de Estado sublinhou que “o Governo relaciona-se com os deputados, não se relaciona com a UTAO” e frisou que a prioridade é responder à pandemia de covid-19 a aos seus consequentes impactos.

Na especialidade, poder-se-ão “discutir alterações que reforcem o Serviço Nacional de Saúde, a proteção social, o apoio às empresas, [a] proteção de rendimentos”, disse.

“Não iremos regatear um único esforço de investimento no SNS para salvar vidas”, prometeu António Mendonça Mendes, deixando, contudo, um aviso ao Bloco de Esquerda: “Todos têm que ter a consciência que o OE não é uma feira de Natal“.

Confrontado pelo Público com a proposta do PCP de criar um 8.º escalão do IRS, Mendonça Mendes foi claro: “Nós não queremos aumentar impostos“.

O secretário de Estado disse que tal já existe “de forma transitória” e garantiu que o Governo vai “continuar a reforma dos escalões de IRS, designadamente no domínio da classe média, à qual ainda não tinha chegado o alívio de IRS”.

Em relação ao novo subsídio para os trabalhadores independentes, António Mendonça Mendes não sabe quando será pago nem como serão feitos os retroativos. O governante acrescentou, contudo, que só pediram o subsídio cerca de 10 mil pessoas e que esse número não é “significativo”.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Eu também sempre acreditei que no final de toda esta encenação teatral acabará o governo e a extrema-esquerda em mais uma calorosa lua-de-mel bem quentinha até que nova turbulência surja de novo.

RESPONDER

Kim Jong-un reconhece que país enfrenta "situação de tensão alimentar"

O líder norte-coreano, Kim Jong-un, reconheceu que o país está a enfrentar uma "situação de tensão alimentar", informaram hoje os meios de comunicação oficiais. O país, cuja economia é alvo de múltiplas sanções internacionais impostas em …

Iniciativa Liberal apoia recandidatura de Rui Moreira à Câmara do Porto

A Iniciativa Liberal vai apoiar a recandidatura de Rui Moreira à Câmara do Porto nas próximas eleições autárquicas, considerando “inquestionável a mudança e o desenvolvimento” da cidade desde que o independente assumiu a presidência do …

Comissária europeia diz que variante Delta “diminui” proteção da vacina

A comissária europeia para a Saúde disse esta terça-feira que estão a surgir provas que demonstram que a variante Delta do coronavírus SARS-CoV-2 “diminui a força do escudo protetor” criado pelas vacinas, instando à aceleração …

DGS diz que demora de conclusões sobre eventos-piloto não é por erro técnico

A Direção-Geral da Saúde (DGS) rejeitou, esta terça-feira, que tenha havido erro técnico no tratamento de dados dos eventos-piloto da Cultura, ocorridos em abril e maio, mas admitiu que o processo está demorado. Numa declaração enviada …

Governo quer fazer alterações na duração de cargos de dirigentes

As mudanças que estão a ser preparadas passam por reduzir a duração dos cargos em substituição e, por outro lado, pelo ajustamento do período das comissões do serviço em função da avaliação. Segundo o Jornal de …

Responsável pelas manifestações em Lisboa é coordenador no Gabinete de Apoio à Presidência da CML

O responsável pelas manifestações na cidade de Lisboa é coordenador técnico no Gabinete de Apoio à Presidência da Câmara liderada por Fernando Medina. De acordo com o semanário Expresso, António Santos tem sido, nos últimos …

Sporting e Braga jogam Supertaça em Aveiro no dia 31 de julho

A Supertaça Cândido Oliveira, que vai ser disputada entre Sporting e Sporting de Braga, vai ser disputada em Aveiro, a 31 de julho, anunciou a Federação Portuguesa de Futebol (FPF). "A decisão da Supertaça Cândido de …

Um quarto da população portuguesa já tem a vacinação completa

Em Portugal, 42% das pessoas já receberam a primeira dose de uma vacina contra a Covid-19 e 25% — cerca de um quarto da população — estão completamente vacinados. De acordo com o mais recente relatório …

Cardiologista do Tottenham admite ponto final na carreira de Eriksen

O cardiologista do Tottenham, Sanjay Sharma, admite um ponto final na carreira de Christian Eriksen, que caiu inanimado no jogo entre a Dinamarca e a Finlândia. O encontro entre Dinamarca e Finlândia, da primeira jornada do …

ARS Norte conta avançar com recuperação de consultas em atraso ainda este mês

A Administração Regional de Saúde (ARS) do Norte conta avançar durante este mês com o programa especial de incentivos financeiros para recuperação de consultas presenciais nos cuidados de saúde primários (CSP), propondo-se recuperar metade da …