Mendonça Mendes acredita que OE passa com apoio do Bloco (mas avisa que “não é uma feira de Natal”)

Miguel A. Lopes / Lusa

O secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, António Mendonça Mendes

O Governo está confiante de que a versão final do Orçamento do Estado para 2021 irá passar com amplo apoio da esquerda, mas exige “sentido de responsabilidade” aos partidos.

António Mendonça Mendes, secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, acredita que ainda é possível reverter o voto contra do Bloco de Esquerda na especialidade.

O governante lembrou ainda que o Governo contou com o apoio de todos os “parceiros de esuqerda”, com a exceção, que classifica como “surpreendente”, do Bloco de Esquerda. Ainda assim, disse em entrevista ao Público, “estamos convencidos que há muita margem e muito caminho para que em sede de especialidade se possa negociar e que o Orçamento do Estado possa passar com o mais amplo apoio possível à esquerda“.

Sobre as conta da Unidade Técnica de Apoio Orçamental (UTAO), que previu um impacto menor no défice das medidas do Governo em cerca de mil milhões de euros, o secretário de Estado sublinhou que “o Governo relaciona-se com os deputados, não se relaciona com a UTAO” e frisou que a prioridade é responder à pandemia de covid-19 a aos seus consequentes impactos.

Na especialidade, poder-se-ão “discutir alterações que reforcem o Serviço Nacional de Saúde, a proteção social, o apoio às empresas, [a] proteção de rendimentos”, disse.

“Não iremos regatear um único esforço de investimento no SNS para salvar vidas”, prometeu António Mendonça Mendes, deixando, contudo, um aviso ao Bloco de Esquerda: “Todos têm que ter a consciência que o OE não é uma feira de Natal“.

Confrontado pelo Público com a proposta do PCP de criar um 8.º escalão do IRS, Mendonça Mendes foi claro: “Nós não queremos aumentar impostos“.

O secretário de Estado disse que tal já existe “de forma transitória” e garantiu que o Governo vai “continuar a reforma dos escalões de IRS, designadamente no domínio da classe média, à qual ainda não tinha chegado o alívio de IRS”.

Em relação ao novo subsídio para os trabalhadores independentes, António Mendonça Mendes não sabe quando será pago nem como serão feitos os retroativos. O governante acrescentou, contudo, que só pediram o subsídio cerca de 10 mil pessoas e que esse número não é “significativo”.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Eu também sempre acreditei que no final de toda esta encenação teatral acabará o governo e a extrema-esquerda em mais uma calorosa lua-de-mel bem quentinha até que nova turbulência surja de novo.

RESPONDER

Crise da energia obriga UE a enfrentar dependência do gás natural

Os países europeus estão a tentar proteger os consumidores de energia, numa região onde, desde o início do ano, os preços do gás aumentaram 250%, resultado de uma série de forças económicas, naturais e políticas.  Na …

Companhia de aviação privada oferece voo de 20 mil dólares para reunir uma família separada pela pandemia

A empresa de aviação privada Tradewind Aviation está a comemorar o seu 20.º aniversário de uma forma original: vai dar um voo no valor de 20 mil dólares (cerca de 17 mil euros) para reunir …

Mais de 60 pinguins morrem na África do Sul após ataque de abelhas

Dezenas de pinguins-africanos ameaçados de extinção foram mortos por um enxame de abelhas na África do Sul, na passada sexta-feira. Segundo a CNN, 63 pinguins-africanos, uma espécie ameaçada de extinção, foram encontrados mortos na sexta-feira numa …

Macron e Modi manifestam vontade de "agir em conjunto" após disputa submarina

O Presidente Emmanuel Macron discutiu a cooperação na região Indo-Pacífico com o primeiro-ministro indiano Narendra Modi, esta terça-feira. O Presidente francês, Emmanuel Macron, e o primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, conversaram esta terça-feira, em plena crise dos …

Académica treme: salários, último lugar e treinador de saída

Clube de Coimbra, tal como o Boavista, terá de comprovar que tem cumprido no pagamento dos salários. Em campo, mais uma derrota complicou a situação de Rui Borges. Ainda não há muitos anos, a Académica apareceu …

Marcelo discursou na ONU, lembrou Sampaio e mostrou total sintonia com Guterres

Marcelo Rebelo de Sousa lembrou nas Nações Unidas o antigo Presidente da República Jorge Sampaio, que morreu no dia 10 deste mês, aos 81 anos, pela sua atividade no acolhimento de refugiados. O chefe de …

Governo promete que preço da eletricidade não vai aumentar (e anuncia pacote de 430 milhões)

Esta terça-feira, João Pedro Matos Fernandes, ministro do Ambiente e Ação Climática, anunciou um pacote de medidas no valor de 430 milhões de euros que visam travar a subida do preço da eletricidade no mercado …

"Alguma vez foi fácil?" Catarina Martins diz que Governo "tem pouca vontade" de discutir temas concretos

A coordenadora do Bloco de Esquerda, Catarina Martins, defendeu esta terça-feira que o Governo socialista “tem pouca vontade” de discutir questões concretas nas negociações do Orçamento do Estado para 2022, insistindo na necessidade de debater …

Fisco vai devolver 82 milhões no IVAucher

O programa IVAucher irá devolver aos contribuintes 82 milhões de euros, anunciou, esta terça-feira, António Mendonça Mendes. O secretário de Estado Adjunto e dos Assuntos Fiscais, António Mendonça Mendes, anunciou esta terça-feira que os contribuintes acumularam …

Creches passam a ser gratuitas para todas as crianças do 2.º escalão

Esta terça-feira, o Governo anunciou o alargamento da gratuitidade das creches a todas as crianças dos agregados do 2.º escalão de rendimentos da comparticipação familiar.  A creche passa a ser gratuita para todas as crianças de …