OCDE defende fim dos exames de acesso ao ensino superior

Andreas Schleicher, diretor do Departamento de Educação da OCDE, esteve em Portugal para uma avaliação do sistema de ensino e defendeu que se acabe “por deixar cair” o sistema de exames nacionais que permite o acesso ao ensino superior.

Esta sexta-feira, o diretor do Departamento de Educação da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE), Andreas Schleicher, manifestou a esperança de que Portugal ponha fim ao sistema de exames nacionais ligado ao acesso ao ensino superior.

Schleicher identificou esta realidade como um dos “principais problemas” do sistema educativo português, devido à pressão que exerce quer sobre os professores, quer sobre os alunos e famílias, e à uniformização que o ensino promove.

“Porque é que os estudantes portugueses estão sempre muito mais ansiosos do que os colegas dos seus países?”, questionou, a propósito dos resultados das entrevistas realizadas a jovens de 15 anos no âmbito do PISA, os testes da OCDE que atestam a literacia dos alunos.

Segundo o Público, esta foi também uma das questões que motivou Schleicher a identificar os problemas sentidos pelas escolas na aplicação do projeto-piloto de flexibilidade curricular: como conciliar “dois mundos”, o do ensino para os exames e o outro que privilegia a aprendizagem em torno de projetos e o trabalho colaborativo.

Quando se trata de ansiedade, os alunos portugueses ficam acima da média, seja quando começam a estudar, quando vão fazer um teste ou em muitas outras situações. Os professores devem, segundo o diretor, “adaptar as aulas às necessidades da turma e aos seus conhecimentos”.

“É triste que um aluno chegue a casa ansioso por ter tido um 18 em vez de um 20 no exame”, disse Jorge Ascensão, presidente da Confederação Nacional das Associações de Pais, deixando ainda um desafio a todos os parceiros da educação para que se unissem com o objetivo de alterar o regime de acesso ao ensino superior.

Atualmente, os exames nacionais marcam o fim da escolaridade obrigatória e contam como 30% para a nota final e até 50% para a entrada no curso, uma percentagem que varia consoante o curso e a instituição escolhidos pelo aluno.

ZAP //

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. Andreas Schleicher não deve ser bom da cabeça. Já não bastou a estupidez das Novas Oportunidades e das provas Ad-Hoc em metiam malta com a quarta classe a entrar para a Universidade. Agora sem exames de acesso ao ensino superior, como é que se filtram as pessoas para as vagas existentes? Com as médias de 12º ano? Então não faz muito mais sentido haver provas específicas para cada curso ou cada universidade?

    Enfim… Portugal já tem esta mentalidade complexada de que todos têm de ser “doutores” senão não são gente. A ânsia de ser doutor é tão grande que chamam doutores aos licensiados… Alguns dos quais entraram na faculdade com a quarta classe.

    Vou criar um novo partido: PSR. Não, ainda não existe não senhor. É o Partido Só Rir!..

  2. E já agora acabam-se com os exames nas cadeiras do ensino superior. E as entrevistas de emprego. E as eleições para a assembleia. Causa muita ansiedade aos candidatos…

  3. realmente os alunos portugueses quando saem das universidades portuguesas não lhes falta trabalho lá fora, porque ha seleção. se não houver fica uma fantochada e é isso que os europeus querem acabar com o ensino de qualidade em Portugal.

  4. Não é pelos Portugueses serem melhores do que os outros! Pelo contrário, os Portugueses lá fora aceitam tudo e mais alguma coisa, lá somos todos iguais. Aqui são todos doutores!

  5. Não é pelos Portugueses serem melhores do que os outros! Pelo contrário, os Portugueses lá fora aceitam tudo e mais alguma coisa, lá forma somos todos iguais. Aqui somos todos doutores! ou melhor Sr(s) Doutores

  6. Era só o que faltava … Então os alunos das escolas privadas (de filhinhos ricos) com as médias que lá conseguem entravam todos e os pobres, das escolas públicas, ficavam de fora. Eu fui para o ensino superior e quando lá cheguei vi quem era bom aluno e quem era pior aluno. E principalmente os rapazes que vinham de escolas privadas, valha-me Desu, andavam a passear livros.

RESPONDER

Petição quer acabar com o uso de perfumes nos transportes públicos

Um cidadão endereçou uma petição ao Parlamento para que o uso de perfumes seja proibido em transportes públicos e locais públicos. De acordo com o jornal Público, a petição — apresentada numa folha de papel A4, …

Governo estuda hipótese de aeroporto na base aérea de Monte Real

O Governo está a estudar a hipótese de criar um aeroporto civil na Base Aérea 5 de Monte Real, em Leiria, confirmou o ministério das Infraestruturas. Em declarações a vários jornais, entre os quais o Público, …

Coronavírus chegou à Europa. Dois casos confirmados em França

O novo coronavírus chegou à Europa. A ministra da Saúde francesa anunciou, esta sexta-feira, que há dois casos confirmados no país. "Há dois casos confirmados", vincou a ministra da Saúde francesa, Agnes Buzyn, em conferência de …

Ucrânia perdeu 11 milhões de habitantes desde 2001

A Ucrânia perdeu mais de 11 milhões de habitantes desde o último censo de 2001 devido à imigração, à anexação da Crimeia e à guerra no leste do país. De acordo com os novos dados oficiais, …

CGD sobe comissões a partir deste sábado (incluindo MB Way)

As transferências por MB Way, as contas-pacote e os serviços mínimos bancários na Caixa Geral de Depósitos vão sofrer um agravamento a partir deste sábado. Tal como tinha sido anunciado em outubro do ano passado, a …

Isabel dos Santos não vai ser detida se for a Angola, garante PGR

O procurador-geral da República de Angola afirmou, esta sexta-feira, que a justiça quer esgotar todos os procedimentos para notificar a empresária angolana antes de pedir um mandado internacional de captura. "Primeiro vamos esgotar a possibilidade de …

Assange deixa ala médica da prisão e passa para área com outros reclusos

O fundador do WikiLeaks, Julian Assange, foi transferido da ala médica da prisão de Belmarsh, no sudeste de Londres, onde estava isolado, para uma área da prisão com outros presos, anunciou hoje um membro do …

"Saudações da Tailândia." Depois de fugir da prisão, Sekkaki enviou um postal aos diretores

Depois de fugir da prisão, Oualid Sekkaki provocou os responsáveis do estabelecimento prisional e enviou-lhes um postal. Em dezembro do ano passado, Oualid Sekkaki e outros quatro indivíduos fugiram do estabelecimento prisional de Turnhout, na Bélgica. …

Irlanda. Tribunal decide extraditar motorista acusado da morte de 39 migrantes vietnamitas

O tribunal de Dublin sentenciou, esta sexta-feira, que o motorista acusado da morte de 39 imigrantes vietnamitas - encontrados em outubro num contentor refrigerado, perto de Londres - pode ser extraditado para o Reino Unido, …

Atriz norte-americana confronta em tribunal Weinstein com acusação de violação

A atriz americana Annabella Sciorra, conhecida por ter participado na série "Os Sopranos", confrontou na quinta-feira o produtor Harvey Weinstein em tribunal, acusando-o de a ter violado, em meados dos anos 1990. Segundo avançou o Expresso, …