Avanço revolucionário abre as portas aos computadores quânticos

Paul Henderson-Kelly / UNSW.

Os investigadores Menno Veldhorst e Andrew Dzurak no laboratório da UNSW onde as experiências foram conduzidas

Um avanço significativo para a computação quântica foi feito por uma equipa da Universidade de New South Wales, em Sydney, na Austrália, que criou uma porta lógica quântica em silício, o mesmo material que é usado nos chips de computadores tradicionais.

“Estamos perante uma reviravolta do jogo da computação quântica”, afirmou um dos investigadores, Andrew Dzurak.

Um requisito fundamental para os computadores quânticos é que dois bits quânticos (ou qubits) se comuniquem e realizem cálculos juntos. Até agora, os cientistas só tinham alcançado esse objectivo usando dispositivos que contavam com tecnologias exóticas.

Neste novo estudo, os investigadores criaram um dispositivo eficiente usando essencialmente a mesma tecnologia dos computadores existentes, o que facilitará muito a fabricação de um processador em larga escala.

“Isto torna a construção de um computador quântico muito mais viável”, explica Dzurak no comunicado da instituição.

Os qubits

O avanço representa o componente físico final para cumprir a promessa de computadores quânticos super-poderosos baseados em silício.

Nos computadores clássicos os dados são processados como bits binários que estão sempre em um de dois estados: 0 ou 1.

No entanto, um qubit pode existir em ambos os estados ao mesmo tempo, uma condição conhecida como super-posição.

Uma operação qubit explora esta estranheza quântica, permitindo que muitos cálculos sejam executados em paralelo – por exemplo, um sistema de dois qubits executa a operação em 4 valores, um sistema de três qubit em 8, e assim por diante.

Por outras palavras, para os computadores quânticos se tornarem uma realidade, a capacidade de conduzir cálculos com um e dois qubits é essencial. Até agora, não tinha sido possível fazer dois bits quânticos “falarem” um com o outro – e, assim, criar uma porta lógica – usando silício.

A vantagem

O desafio na construção de portas lógicas quânticas é o facto de que, para que dois qubits “conversem”, precisam de estar incrivelmente próximos – geralmente dentro de 20 a 40 nano metros um do outro -, o que dificulta o seu controlo.

A equipa superou esse obstáculo ao copiar a configuração dos chips tradicionais. Nestes os bits binários são definidos por dispositivos semi-condutores minúsculos conhecidos como transístores. Cerca de um bilião desses transístores estão presentes em cada chip de silício no seu smartphone ou computador, por exemplo.

Tony Melov / UNSW

Conceito artístico do dispositivo de porta lógica de dois qubits

Conceito artístico do dispositivo de porta lógica de dois qubits

Os bits quânticos, por outro lado, são definidos pela rotação de um único electrão. Ao reconfigurar os transístores tradicionais para se associarem apenas com um electrão, a equipa de pesquisa foi capaz de fazê-los definirem qubits.

“Em seguida, armazenamos o código binário de 0 ou 1 no ‘spin’ do electrão, que está associado com o campo magnético minúsculo da partícula”, disse Menno Veldhorst, principal autor da pesquisa, que foi publicada na revista Nature.

E agora?

O resultado alcançado significa que todos os componentes físicos para um computador quântico baseado em silício já foram construídos com sucesso, permitindo que os engenheiros finalmente comecem a tarefa de projectar um computador quântico funcional.

O próximo passo do projecto é identificar os melhores parceiros na indústria para trabalharem em conjunto com os investigadores, a fim de fabricar processadores quânticos em grande escala.

Estes processadores teriam grandes aplicações nos sectores das finanças, segurança e saúde, permitindo coisas como a identificação e desenvolvimento de novos medicamentos (ao analisar compostos farmacêuticos e minimizar testes de tentativa e erro), o desenvolvimento de novos materiais mais leves e resistentes (como produtos electrónicos para aeronaves) e pesquisas mais rápidas em grandes bancos de dados.

ZAP / HypeScience

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

É a quantidade de alimento que determina quem se torna a abelha-rainha

Um novo estudo sugere que é a quantidade de alimento, e não a sua qualidade, como se pensava até agora, que determina quem se torna a abelha-rainha. Quais são os fatores que determinam qual é a …

Em Miami e Nova Iorque, os polícias ajoelharam-se por George Floyd

Em Miami e em Nova Iorque, alguns agentes da autoridade juntaram-se aos manifestantes por breves momentos, para mostrar o seu respeito pela memória de George Floyd. Nos Estados Unidos, os protestos pela morte de George Floyd …

A Nova Zelândia está em cima de uma enorme bolha de lava

A Nova Zelândia situa-se no topo dos restos de uma pluma vulcânica gigante. Este processo é o responsável pela atividade vulcânica e desempenha um papel fundamental no funcionamento do nosso planeta. Nos anos 70, vários cientistas …

Petição busca estatuto de vítima para crianças em contexto de violência doméstica

Uma petição lançada na sexta-feria que reivindica a criação do estatuto de vítima para as crianças que vivem em contexto familiar de violência doméstica já foi assinada por mais de 1300 pessoas, entre elas personalidades …

Assimétrica e flutuante. A primeira casa impressa em 3D na República Checa vai "nascer" em 48 horas

A primeira casa impressa em 3D na República Checa vai estar pronta no próximo mês para demonstrar a velocidade e a eficácia de uma técnica de construção que será sete vezes mais rápida e terá …

Anonymous garantem que princesa Diana foi assassinada para abafar caso Epstein

O movimento internacional de ciberativistas Anonymous - ou alguém que alega operar em seu nome - garante que a princesa Diana, que morreu num acidente de viação em agosto de 1997, foi, na verdade, assassinada …

Empresa de mineração pede desculpa por destruir cavernas sagradas aborígenes

A empresa mineira Rio Tinto admitiu que destruiu as cavernas pré-históricas que eram locais de culto para os aborígenes australianos e pediu desculpa. As cavernas de pedra Juukan Gorge 1 e 2 – dois locais de …

Itália exige "respeito": vai abrir fronteiras, mas excluir países que impõem restrições a italianos

Apesar de acredita "no espírito europeu", o ministro dos Negócios Estrangeiros italiano sublinhou que o país está pronto "para fechar as fronteiras" àqueles que não o respeitem. A Itália vai abrir as suas fronteiras internacionais a …

As Forças Armadas sul-africanas não estavam preparadas para um inimigo invisível

A Força de Defesa Nacional da África do Sul não está preparada para combater uma pandemia silenciosa como a da covid-19. Este "inimigo invisível" veio trazer à tona as fragilidades do país. As Forças Armadas da …

Putin convoca referendo sobre alterações constitucionais para 1 de julho

A aprovação da reforma constitucional permitirá ao atual Presidente da Rússia, Vladimir Putin, cumprir mais dois mandatos suplementares a partir de 2024. Vladimir Putin anunciou a data de 1 de julho para o referendo nacional de …