Avanço revolucionário abre as portas aos computadores quânticos

Paul Henderson-Kelly / UNSW.

Os investigadores Menno Veldhorst e Andrew Dzurak no laboratório da UNSW onde as experiências foram conduzidas

Um avanço significativo para a computação quântica foi feito por uma equipa da Universidade de New South Wales, em Sydney, na Austrália, que criou uma porta lógica quântica em silício, o mesmo material que é usado nos chips de computadores tradicionais.

“Estamos perante uma reviravolta do jogo da computação quântica”, afirmou um dos investigadores, Andrew Dzurak.

Um requisito fundamental para os computadores quânticos é que dois bits quânticos (ou qubits) se comuniquem e realizem cálculos juntos. Até agora, os cientistas só tinham alcançado esse objectivo usando dispositivos que contavam com tecnologias exóticas.

Neste novo estudo, os investigadores criaram um dispositivo eficiente usando essencialmente a mesma tecnologia dos computadores existentes, o que facilitará muito a fabricação de um processador em larga escala.

“Isto torna a construção de um computador quântico muito mais viável”, explica Dzurak no comunicado da instituição.

Os qubits

O avanço representa o componente físico final para cumprir a promessa de computadores quânticos super-poderosos baseados em silício.

Nos computadores clássicos os dados são processados como bits binários que estão sempre em um de dois estados: 0 ou 1.

No entanto, um qubit pode existir em ambos os estados ao mesmo tempo, uma condição conhecida como super-posição.

Uma operação qubit explora esta estranheza quântica, permitindo que muitos cálculos sejam executados em paralelo – por exemplo, um sistema de dois qubits executa a operação em 4 valores, um sistema de três qubit em 8, e assim por diante.

Por outras palavras, para os computadores quânticos se tornarem uma realidade, a capacidade de conduzir cálculos com um e dois qubits é essencial. Até agora, não tinha sido possível fazer dois bits quânticos “falarem” um com o outro – e, assim, criar uma porta lógica – usando silício.

A vantagem

O desafio na construção de portas lógicas quânticas é o facto de que, para que dois qubits “conversem”, precisam de estar incrivelmente próximos – geralmente dentro de 20 a 40 nano metros um do outro -, o que dificulta o seu controlo.

A equipa superou esse obstáculo ao copiar a configuração dos chips tradicionais. Nestes os bits binários são definidos por dispositivos semi-condutores minúsculos conhecidos como transístores. Cerca de um bilião desses transístores estão presentes em cada chip de silício no seu smartphone ou computador, por exemplo.

Tony Melov / UNSW

Conceito artístico do dispositivo de porta lógica de dois qubits

Conceito artístico do dispositivo de porta lógica de dois qubits

Os bits quânticos, por outro lado, são definidos pela rotação de um único electrão. Ao reconfigurar os transístores tradicionais para se associarem apenas com um electrão, a equipa de pesquisa foi capaz de fazê-los definirem qubits.

“Em seguida, armazenamos o código binário de 0 ou 1 no ‘spin’ do electrão, que está associado com o campo magnético minúsculo da partícula”, disse Menno Veldhorst, principal autor da pesquisa, que foi publicada na revista Nature.

E agora?

O resultado alcançado significa que todos os componentes físicos para um computador quântico baseado em silício já foram construídos com sucesso, permitindo que os engenheiros finalmente comecem a tarefa de projectar um computador quântico funcional.

O próximo passo do projecto é identificar os melhores parceiros na indústria para trabalharem em conjunto com os investigadores, a fim de fabricar processadores quânticos em grande escala.

Estes processadores teriam grandes aplicações nos sectores das finanças, segurança e saúde, permitindo coisas como a identificação e desenvolvimento de novos medicamentos (ao analisar compostos farmacêuticos e minimizar testes de tentativa e erro), o desenvolvimento de novos materiais mais leves e resistentes (como produtos electrónicos para aeronaves) e pesquisas mais rápidas em grandes bancos de dados.

ZAP / HypeScience

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

A maior parte dos produtos de maquilhagem está contaminada com superbactérias perigosas

Nove em cada 10 produtos cosméticos atualmente em uso estão contaminados com superbactérias potencialmente prejudiciais, incluindo E. coli e Staphylococci. Beauty blender, rímel e brilho labial são os produtos que contêm os mais altos níveis …

NASA gravou acidentalmente a explosão de um cometa a aproximar-se do Sol

Astrónomos usaram dados do telescópio espacial TESS para estudar a explosão de um cometa durante a sua aproximação ao Sol. A investigação resultou num artigo publicado em novembro na revista científica Astrophysical Journal Letters. Foi a …

Objeto de Hoag é uma galáxia dentro de uma galáxia (que está dentro de outra galáxia)

Se observar atentamente a Constelação da Serpente poderá ver uma galáxia dentro de uma galáxia que, por sua vez, está dentro de outra galáxia. Este grande mistério do Universo é conhecido como Objeto de Hoag. Descoberto …

Parker Solar Probe lança nova luz sobre o Sol

Em agosto de 2018, a Parker Solar Probe da NASA foi lançada para o espaço, tornando-se pouco tempo depois a sonda mais próxima do Sol. Com instrumentos científicos de ponta para medir o ambiente em …

Encontrado no mar das Malvinas navio alemão da I Guerra Mundial 105 anos depois de naufragar

O naufrágio de um cruzador alemão da I Guerra Mundial foi identificado nas Ilhas Malvinas, onde foi afundado pela Marinha britânica há 105 anos. O SMS Scharnhorst foi o principal ativo da esquadra alemã na Ásia …

Boavista 1-4 Benfica | Águia goleia no xadrez do Bessa

O Benfica deu o pontapé de saída da 13ª jornada com uma vitória competente na visita ao Boavista, por 4-1. Num jogo potencialmente perigoso para as aspirações “encarnadas”, frente a um adversário com somente uma derrota …

Cientistas desenvolvem técnica para determinar o humor através da caligrafia

Uma equipa de cientistas estudou a biomecânica dos movimentos das mãos a escrever e a desenhar, e desenvolveu um método para avaliar as propriedades individuais da velocidade de escrita e da pressão do lápis no …

Quase seis mil denúncias de agressões sexuais em viagens da Uber nos EUA

A plataforma de transporte de passageiros Uber divulgou na quinta-feira um relatório, revelando quase seis mil denúncias de agressões sexuais a utilizadores, motoristas e terceiros nos Estados Unidos (EUA), em 2017 e 2018. No relatório de …

Polícia de Los Angeles vai usar dispositivo "ao estilo Batman" para prender suspeitos

A polícia de Los Angeles, nos Estados Unidos, vai adotar, no início do próximo ano, um novo dispositivo, conhecido como BolaWrap 100, que dispara um cinto de fibra sintética a uma velocidade de 200 metros …

Corriere dello Sport defende-se das acusações e garante ser "inimigo do racismo"

O jornal desportivo italiano Corriere dello Sport afirmou esta sexta-feira ser “inimigo do racismo”, defendendo-se das críticas motivadas pela manchete de quinta-feira, com o título “Black Friday” e ilustrada com os futebolistas negros Romelu Lukaku …