Observatório de Canábis Medicinal está a reunir verbas para dar formação a médicos

O Observatório Português de Canábis Medicinal (OPCM) está a reunir verbas para dar formação aos médicos sobre a prescrição de medicamentos, preparações e substâncias à base desta planta, apesar de esta estar prevista na lei.

“Existe uma lei, existe uma regulamentação, existe uma lista de patologias do Infarmed e os médicos continuam a recusar-se a ajudar os pacientes porque dizem que não há produto na farmácia”, disse a presidente do observatório, Carla Dias, que falava à agência Lusa a propósito dos seis meses da entrada em vigor da lei que regulamenta a canábis medicinal.

Para Carla Dias, é fundamental os médicos terem formação para ajudar os doentes que melhoram com o óleo de canabidiol (CHB), um dos componentes da canábis.

“Há pessoas em cuidados paliativos e crianças que estão a melhorar com CHB sem ajuda médica. [Por isso], eu acho que é muito importante os médicos terem formação e não andarem a dizer às pessoas, coisas como nós ouvimos no observatório todos os dias”, contou a responsável.

Segundo indicou, todos os dias chegam ao observatório queixas de doentes a relatar, entre outras situações, que há profissionais de saúde que continuam a dizer que “a canábis é uma droga”.

Carla Dias relatou igualmente que, “na semana passada, foi dito num hospital português a uma mãe que os pais na altura em que eram novos não fumaram as ‘ganzas’ e agora querem dar aos filhos. Isto não se diz a um paciente porque está comprovado que tem indicações terapêuticas”.

“Ninguém dá droga aos filhos, eu não dou droga à minha filha”, lamentou Carla Dias, que é mãe de uma menina de dois anos com epilepsia refratária, cujo estado de saúde “melhorar substancialmente” com o uso de óleo de canábis.

“Os portugueses já não olham para a canábis como uma droga e os profissionais de saúde que deviam ser os primeiros admitir as propriedades terapêuticas dizem isto aos pacientes. Isto é inacreditável”, vincou.

Para inverter esta situação, o OPCM está a angariar verbas para dar formação aos profissionais de saúde. De acordo com a responsável, esta formação vai ser dada por profissionais, investigadores, médicos internacionais que participaram em ensaios clínicos, em estudos e que têm muita experiência na prescrição do óleo de canábis medicinal.

“O primeiro momento de formação” vai ser na conferência Portugal Medical Cannabis 2019, que decorrerá em Lisboa em 08 e 09 de novembro e no Porto nos dias 22 e 23 do mesmo mês. O observatório está também a reunir um grupo de profissionais de saúde para realizar ‘workshops’ em “locais chave”, principalmente no Porto, Lisboa e Coimbra.

Até ao final do ano, o OPCM pretende criar bolsas de investigação para os investigadores que estiverem interessados em fazer investigação sobre a planta canábis.

Para isso, está a construir uma base de dados de pacientes. “É muito importante que os pacientes vão ao nosso ‘site’ [www.OPCM.pt] e preencham o formulário”, que é confidencial, para informarem se estão a utilizar ou não canábis e para que patologia.

“Nós queremos saber que temos x pessoas a tomar para estas patologias e ter o seu contacto para as podermos contactar e serem ajudadas por médicos” quando “as bolsas de investigação estiverem a funcionar em pleno”. O objetivo é que, através destas bolsas de investigação, sejam estabelecidas parcerias com hospitais e universidades.

Taísa Pagno TP, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Governo dá sete milhões às escolas para compra de material de proteção

O Ministério da Educação disponibilizou cerca de sete milhões de euros para as escolas comprarem máscaras e outros materiais e equipamentos de proteção individual contra a covid-19. Concretamente no que respeita às máscaras, o Ministério da …

Internamentos voltam a descer. Portugal regista 949 novos casos e 28 mortes

Portugal registou esta sexta-feira 949 novos casos de infeção por covid-19 e mais 28 mortes, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde, nas …

Papa inicia hoje visita ao Iraque como "peregrino da paz"

O Papa Francisco inicia hoje uma visita de quatro dias ao Iraque, a primeira de um papa a um país muçulmano de maioria xiita, numa missão em que se apresenta como "peregrino da paz". "Venho como …

Novo Banco. Carlos Costa pede para ser ouvido por videoconferência devido à sua idade e saúde

O ex-governador do Banco de Portugal (BdP), Carlos Costa, pediu à comissão de inquérito sobre o Novo Banco para ser ouvido remotamente, por videoconferência, devido à sua idade e fragilidades de saúde, segundo informação enviada …

O futuro dos 28 arguidos da Operação Marquês já está traçado

O futuro dos 28 arguidos da Operação Marquês, incluindo o do antigo primeiro-ministro José Sócrates e o do banqueiro Ricardo Salgado, está decidido. Uma fonte judicial adiantou ao Expresso que só o juiz Ivo Rosa conhece …

Portugal "não está livre de uma quarta vaga" de contágios quando desconfinar

Na quarta-feira, Graça Freitas admitiu que Portugal pode voltar a enfrentar uma nova vaga da pandemia de covid-19 nos próximos meses. O epidemiologista Manuel Carmo Gomes repete o alerta da diretora-geral da Saúde. Portugal pode enfrentar …

PCP propõe estender moratórias por seis meses. BE quer ouvir Centeno

O PCP quer estender as moratórias bancárias, que vão terminar dentro de algumas semanas, por seis meses. O Bloco de Esquerda entregou um requerimento, com carácter de urgência, para ouvir o Governador do Banco de …

Plano de desconfinamento tem várias velocidades, mas não tem datas

O primeiro esboço do plano de desconfinamento já chegou a São Bento e será apresentado na reunião do Infarmed, marcada para a próxima segunda-feira. A equipa de peritos - liderada por Óscar Felgueiras, da ARS/Norte, e …

A Islândia foi atingida por 17 mil terramotos na semana passada (e uma erupção pode estar iminente)

Mesmo para uma ilha vulcânica acostumada a tremores ocasionais, esta foi uma semana incomum para a Islândia. De acordo com o Escritório Meteorológico da Islândia, cerca de 17 mil terramotos atingiram a região sudoeste de …

Átomo extinto revela segredos da infância do Sistema Solar

Usando o átomo extinto nióbio-92, uma equipa de investigadores da ETH Zurich, na Suíça, conseguiu explicar eventos do início do sistema solar com a maior precisão de sempre. Se um átomo de um elemento químico tiver um …