//

Obras de Banksy chegam a Lisboa em junho sem o aval do artista

eviltomthai / Flickr

Mural de Banksy em Boston

O mais conhecido artista urbano do mundo vai ter a sua primeira exposição em Portugal. Banksy: Génio ou Vândalo chega em Junho a Lisboa sem o reconhecimento do artista.

A partir de 14 de junho, a Cordoaria Nacional vai receber em Lisboa a exposição Banksy: Génio ou Vândalo com mais de 70 obras originais, anunciou a promotora da mostra no início desta semana. A exposição itinerante, que já passou por Espanha e Rússia, não tem o aval do artista, que se manifestou contra ela.

Segundo a Everything is New, a exposição tem por base obras (esculturas, instalações, vídeos e fotografias) em empréstimo por “vários colecionadores privados internacionais”. Desta forma, entre 14 de junho e 27 de outubro, mais de 70 obras do artista de rua inglês estarão em exposição na capital portuguesa.

Foi a própria produtora que adiantou que, à semelhança de outras exposições “dedicadas anteriormente a Banksy”, esta mostra “não é autorizada pelo artista“.

De acordo com o Observador, as obras de Banksy em exposição serão “exibidas em Portugal pela primeira vez”, em mostra erigida “com a colaboração da Lilley Fine Art / Galeria de Arte Contemporânea”.

“Uma impressionante instalação audiovisual especialmente criada para esta exposição irá acolher os visitantes, revelando pistas sobre o misterioso artista, destacando as suas peças mais importantes e enquadrando a sua carreira invulgar, não sem controvérsia. Entre as obras mais reconhecidas da exposição está a serigrafia original da série ‘Menina com um balão’, semelhante à recentemente destruída pelo próprio artista em uma ação inédita na Sotheby’s, a leiloeira londrina”, refere o comunicado.

Esta exposição já causou polémica no ano passado. O artista urbano repudiou, por exemplo, a sua montagem em Moscovo, defendendo que nunca apoiaria que se cobrasse dinheiro para poder ver as obras que ele próprio criou.

Apesar de não ter aprovado a exposição, disse: “Não estou certo de que seja a pessoa certa para me queixar de que pessoas juntem fotografias sem permissão”, ironizou Banksy, refere o The Guardian.

Banksy é um dos artistas mais populares e mediáticos do presente. A sua identidade tem sido motivo de dúvida e investigação ao longo dos tempos e tem impulsionado a sua popularidade. Ainda assim, foram as suas obras e a originalidade dos métodos de produção que o tornaram numa das figuras da arte urbana mundial.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.