Obra de arte no Louvre destruída pelos visitantes logo após a sua inauguração

O artista francês, JR (Jean Rene), criou, com a ajuda de 400 voluntários, uma colagem com dois mil pedaços de papel que provocava uma ilusão de ótica.

A obra foi criada com o propósito de celebrar o 30º aniversário da famosa pirâmide de vidro do museu Louvre, em França.

Assim que foi aberto ao público no sábado, dia 29 de março, o trabalho começou a perder a sua forma e foi deixado em pedaços, devolvendo o local à sua aparência normal no domingo, um dia depois da inauguração.

O artista reagiu ao acontecimento em tom de brincadeira através do Twitter, escrevendo: “As imagens, como a vida, são efémeras. Uma vez colada, a obra de arte vive sozinha. O sol seca a cola leve e a cada passo as pessoas rasgam pedaços do papel frágil. O processo é todo sobre a participação de voluntários, visitantes e caçadores de lembranças.”

O próprio Louvre emitiu um comunicado sobre o sucedido, no qual esclarece, de acordo com o jornal britânico The Independent: “É bastante normal que tenha sido destruído, nós só não sabíamos o quão rápido isso iria acontecer. O calor fez a cola secar. Esperava-se que, de qualquer maneira, o trabalho já teria desaparecido na segunda-feira, por isso está tudo bem.”

Apesar da naturalidade com que o museu e o artista olharam para a rápida destruição da obra, um dos voluntários contou ao The Huffington Post que o propósito não era que isso acontecesse num tão curto espaço de tempo e que o que mais se temia eram os danos que pudessem ser causados pela chuva e não pelo público.

Entretanto, nas redes sociais, o acontecimento já foi criticado por algumas pessoas, como foi o caso do jornalista Kevin Lheritier, que disse que o trabalho acabou por resultar num “desastre ecológico”.

No Twitter, o artista revelou que dedicou este trabalho à sua amiga Agnès Varda, que morreu a 29 de março, e com quem trabalhou no documentário de 2017, “Faces Places”. No tweet pode ler-se: “Tenho a certeza de que consegues ver. Eu fiz algo que pudesse ser visto do céu. Juro que não sabia que seria para ti”.

Fruto das chamadas Grandes Obras de François Mitterrand, a Pirâmide, segundo o diretor do Louvre, Jean-Luc Martinez, contribuiu para fazer entrar na modernidade o famoso museu parisiense. Nos primeiros anos da sua existência, os detratores da construção consideraram que a Pirâmide de vidro, desvirtuava completamente a arquitetura de estilos clássico, neoclássico e renascentista do Palais du Louvre, maior palácio da Europa.

Construída de vidro e de estruturas metálicas no meio do pátio Napoleão do Museu do Louvre, a Pirâmide do Louvre foi inaugurada pelo Presidente François Mitterrand, solenemente no dia 4 de Março de 1989 e oficialmente no dia 29 do mesmo mês para assinalar a sua abertura ao público.

Encomendada em 1983 pelo Presidente Mitterrand, a Pirâmide do Louvre, foi concebida pelo arquiteto sino-americano Leoh Ming Pei. Não obstante as polémicas dos primeiros anos, a seguir a Mona Lisa e a Vénus de Milo, a Pirâmide tornou-se a terceira obra mais apreciada do Museu do Louvre.

ZAP // RFI PT

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Caros redactores, os tradutores automáticos têm destas coisas.
    Não será de rever “Joconda”? Suponho que se referem à obra de Leonardo da Vinci, não?

    Ainda bem que não saiu … Vénus do Milo :))
    Cumprimentos

RESPONDER

Novas restrições em Itália recebidas com protestos violentos

Manifestantes saíram à rua em várias cidades italianas, esta segunda-feira, para protestar contra as novas restrições anunciadas pelo Governo para controlar a pandemia de covid-19. De acordo com a agência Associated Press (AP), citada pelo jornal …

Número de Câmaras que devolvem parte do IRS duplicou numa década

O número de Câmaras Municipais que dão desconto no IRS aos munícipes, ao abrigo do Regime Financeiro das Autarquias locais, duplicou em dez anos. O número de Câmaras Municipais a efetuar descontos no IRS a favor …

"Melhor treinador de todos os tempos". Mourinho vai receber prémio na Web Summit

A Web Summit anunciou, esta terça-feira, que o treinador de futebol português vai ser premiado com o "Web Summit Innovation in Sport", durante o evento que decorre online entre 2 e 4 de dezembro. Em comunicado …

Afinal, novo apoio social vai chegar a 250 mil trabalhadores e custar 633 milhões de euros

As negociações do Governo com a esquerda levaram a alterações no novo apoio social, que deverá abranger mais 80 mil pessoas do que inicialmente estava previsto.  O novo apoio social previsto na proposta de Orçamento do …

Geringonça açoriana. PSD pondera ligação com CDS, PPM e Chega (e o PAN é o centro da disputa)

PSD leva em conta "casamento" político com CDS e PPM e estes podem ser opção para o executivo regional. Os sociais-democratas e os socialistas disputam o PAN. Após as eleições nos Açores, que se realizaram no …

"Dei-te quase tudo." PS dedica música ao Bloco, mas não vai em cantigas

"Dei-te quase tudo e quase tudo foi demais." A dedicatória do deputado socialista João Paulo Pedrosa resume a relação tensa do Governo com o Bloco de Esquerda. Sem acordo, parte das propostas no Código de …

Cristiano Ronaldo está a ser investigado em Itália por causa da covid-19

O ministro do Desporto de Itália, Vincenzo Spadafora, anunciou que está em curso uma investigação para "provar" que Cristiano Ronaldo quebrou o protocolo sanitário no âmbito da pandemia de covid-19. Em causa está o facto …

PEV vai abster-se na votação do Orçamento do Estado na generalidade

O Partido Ecologista "Os Verdes" junta-se ao PCP e ao PAN na abstenção da votação da proposta de Orçamento do Estado para 2021, cuja aprovação já está garantida. De acordo com o deputado José Luís Ferreira, …

Ovar volta a ativar Plano de Emergência Municipal

A Câmara Municipal de Ovar reativou o Plano Municipal de Emergência da Proteção Civil face ao aumento do número de casos de covid-19. Salvador Malheiro, decidiu ativar o Plano Municipal de Emergência, a partir das 00:00 …

Crocodilos africanos viveram em Espanha há seis milhões de anos

Há milhões de anos, várias espécies de crocodilos habitaram a Europa. Contudo, era improvável que crocodilos do género Crocodylus - de origem africana - tivessem vivido na bacia do Mediterrâneo. Os vestígios encontrados nas regiões …