/

Oblak explica porque é que Messi “é o melhor”

1

O guarda-redes dos espanhóis do Atlético de Madrid, Jan Oblak, afirmou esta terça-feira que é muito complicado travar os golos de Lionel Messi porque o astro argentino “vê tudo”, característica que o torna “o melhor” futebolista.

“Se dás um passo, Messi vê e remata para o outro lado. É por isso que é o melhor. É por isso que é tão difícil jogar contra o Messi. Parece que não está a ver, mas está. Está sempre de olho no guarda-redes”, explicou, em declarações à emissora Sky Sports.

“Embora os seus olhos estejam na bola, Messi também vê o que é que o guarda-redes está a fazer. Acho que vê tudo“, continuou o guarda-redes colchoneros, antes de lamentar ter sofrido tantos golos no confronto direto com o internacional argentino.

“Já me marcou tantos golos… Demasiados! Mas é um grande jogador, um jogador espantoso, o melhor jogador. Muitas vezes marca um golo e não consegues perceber como é que o fez tão facilmente. Às vezes, parece que faz só um passe para a baliza, parece que nem foi um remate”, concluiu o guarda-redes.

Lionel Messi passou a ser nesta terça-feira, a solo, o jogador da história do futebol com mais golos oficiais pelo mesmo clube, ao marcar o 644.º pelos espanhóis do FC Barcelona, ultrapassando o registo do ‘rei’ Pelé no Santos.

Com um tento em Valladolid, aos 65 minutos, em embate da ronda 15 da Liga espanhola, no seu 749.º jogo pelos catalães, o jogador de 33 anos deixou para trás o tricampeão mundial brasileiro, que marcou 643 tentos em 659 jogos pelo ‘peixe’, entre 1957 e 1974.

https://twitter.com/ElevenSports_PT/status/1341513023492661251

451 golos na Liga espanhola

Messi, que se estreou oficialmente pela principal equipa culé em 16 de outubro de 2004, conseguiu este feito na competição “favorita”, a Liga espanhola, na qual conta 451 golos, em 499 jogos, sendo, destacado, o melhor marcador da história.

Pelo FC Barcelona, o argentino marcou ainda 118 golos na Liga dos Campeões (147 jogos), 53 na Taça do Rei de Espanha (75), 14 na Supertaça espanhola (19), cinco no Mundial de clubes (cinco) e três na Supertaça Europeia (quatro).

O 10 dos catalães teve a sua época mais produtiva em 2011/12, com 73 golos, e a melhor “colheita” anual em 2012, com 79 – contando com os 12 pela Argentina, chegou aos 91.

No total da carreira, contando todos os golos oficiais no escalão sénior, Messi soma agora 742 golos, em 946 jogos, sendo que, contando apenas as equipas principais do FC Barcelona e da Argentina, o total é de 715 tentos, em 891 embates.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

https://twitter.com/GaryLineker/status/1341521520817041409

Recorrendo às redes sociais, o astro argentino reagiu ao facto de ter batido o recorde que era de Pelé, deixando um agradecimento à sua família, amigos e a todos que o apoiam.

“Quando comecei a jogar futebol, jamais pensei que iria bater algum recorde. E muito menos um que pertencesse a Pelé… Só posso agradecer aos meus colegas de equipa, à minha família e a todos os que me apoiam”, escreveu na sua conta de Instagram.

  Sara Silva Alves, ZAP // Lusa

1 Comment

  1. Aos anos que joga na mesma equipa e sendo bom jogador como de facto é, nada surpreende que tenha mais golos por uma só equipa.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE