Obama acredita que se a Constituição deixasse, seria reeleito

Peter Andrews / KPRM

O Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama

O Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama

O ainda Presidente dos Estados Unidos, que deixará a Casa Branca em janeiro, afirmou acreditar que seria reeleito para um terceiro mandato caso a Constituição norte-americana permitisse a sua candidatura.

As declarações de Barack Obama foram hoje divulgadas pelas agências internacionais e foram feitas durante uma entrevista ao podcast “The Axe Files”, um programa produzido pela CNN e pela Universidade de Chicago, que é conduzido pelo ex-assessor presidencial David Axelrod.

Durante a entrevista, o ainda Presidente disse acreditar que o povo americano ainda apoia a sua visão política progressista, apesar de ter escolhido em novembro passado uma figura como Donald Trump para o suceder na Casa Branca.

Tenho confiança nesta visão, porque tenho certeza que se concorresse novamente e pudesse explicar, acredito que conseguiria mobilizar uma maioria do povo americano para a apoiar”, afirmou o governante, rejeitando as críticas de que a sua visão para os Estados Unidos não passava de um sonho.

“Após a eleição e a vitória de Trump, muitas pessoas sugeriram que, em certa forma, não teria sido mais do que um sonho. (…) Mas a cultura mudou, a maioria aderiu à noção de uma América única que é tolerante, diversa e aberta, plena de energia e de dinamismo”, defendeu.

Na conversa com David Axelrod, o Presidente cessante falou igualmente no bom desempenho da candidata presidencial democrata Hillary Clinton face a “circunstâncias muito difíceis” e no facto de os democratas terem conquistado o voto popular.

“Perder nunca é divertido”, disse Obama a Axelrod, o estratega político que o ajudou a ganhar as eleições presidenciais de 2008 e que seria posteriormente seu assessor na Casa Branca.

“Tenho orgulho por ter tentado fazer neste cargo aquilo que acho que é certo e não aquilo que é popular, sempre digo às pessoas que não subestimem a humilhação pública de perder na política”, referiu.

Sobre as suas prioridades a longo prazo, Barack Obama destacou que pretende ajudar a construir a futura geração de líderes, organizadores, jornalistas e políticos.

“Quero utilizar o meu percurso presidencial como um mecanismo para desenvolver a próxima geração de talentos”, prosseguiu.

A curto prazo, depois da saída da Casa Branca em meados de janeiro, Obama confidenciou que pretende dormir, escrever e gozar umas grandes férias com a mulher Michelle.

Devo ficar quieto durante um período. Não quero dizer politicamente, mas a nível interior. É preciso estarmos em sincronia com nós próprios e absorver o que acontece antes de tomar decisões”, concluiu.

Em novembro de 2008, Barack Obama, o 44.º Presidente dos Estados Unidos, tornou-se no primeiro afro-americano a ser eleito para a Casa Branca. Seria reeleito em 2012 para um segundo mandato de quatro anos. A lei norte-americana não prevê a possibilidade de três mandatos presidenciais consecutivos.

Donald Trump, vencedor das eleições do passado dia 8 de novembro, será empossado a 20 de janeiro de 2017, numa cerimónia pública junto ao edifício do Capitólio, em Washington.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Erosão causada por tempestade tropical revela naufrágio do século XIX na Florida

Depois da tempestade tropical Eta arrebatar o norte da Florida no início deste mês, um banhista fez uma descoberta inesperada enquanto caminhava na costa de St. Augustine. Ao caminhar pelas dunas de areia de Crescent Beach, …

Uma mentira de um trabalhador de uma pizzaria forçou o confinamento na Austrália do Sul

O estado da Austrália do Sul decretou um confinamento geral, no dia 18 de novembro, depois de um funcionário de uma pizzaria ter mentido. Segundo o Huff Post, o homem, de nacionalidade espanhola, estava infetado com …

Jogar Monopólio, Scrabble ou até bilhar pode ser (ainda) mais divertido com uma nova mesa touch

Por mais divertidos que sejam os jogos de tabuleiro, estes podem ser um passatempo caro pois quem realmente gosta não se cansa de os comprar. Agora, a empresa Arcade1Up criou o Infinity Game Table que …

A apreensão histórica de cetamina na Tailândia não foi assim tão histórica. Eram só aditivos alimentares

Análises laboratoriais revelaram que a apreensão "histórica" de cetamina anunciada pelo Governo da Tailândia há cerca de duas semanas foi, na verdade, uma apreensão de aditivos alimentares e agentes de limpeza. As autoridades tailandesas anunciaram, …

Para clínicas de Terceiro Mundo. Dispositivo movido a energia solar esteriliza equipamentos médicos ao ar livre

As autoclaves são consideradas essenciais para esterilizar equipamentos médicos, mas não estão disponíveis nos países de Terceiro Mundo, onde o acesso à eletricidade é limitado. Um novo dispositivo portátil, movido a energia solar, pode ser …

China pondera novas regras sobre estrangeiros para "proibir o extremismo religioso"

Um projeto-lei publicado esta semana pelo Ministério da Justiça chinês aponta para novas restrições sobre a atuação de fiéis estrangeiros no país, com o intuito de evitar a disseminação do "extremismo religioso" ou do uso …

Regar, cortar e matar insetos. Robô dá conta de todas as tarefas de jardinagem (e até afasta intrusos)

A jardinagem é uma terapia para muitas pessoas, mas também pode ser um incómodo. O robô Yardroid foi projetado para lidar de forma autónoma com essas tarefas, utilizando inteligência artificial. Semelhante a um tanque em miniatura, …

ProToiro vai impugnar IVA das touradas e avança com queixa em Bruxelas

A Federação Portuguesa de Tauromaquia (ProToiro) vai avançar com a impugnação do valor do IVA na tauromaquia e com uma queixa na Comissão Europeia, exigindo que a taxa passe de 23% para 6%. Em comunicado, a …

Braga 3-3 Leicester | Vardy rouba triunfo luso nos descontos

Um "balde de água fria". A recepção do Sporting de Braga ao Leicester não foi parca em emoção e em bom futebol. Os minhotos foram superiores na primeira parte e chegaram ao intervalo em vantagem. Contudo, …

Equipa de Biden escondeu um anúncio de emprego secreto no código-fonte do seu site

O Presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, escondeu um anúncio de emprego no código-fonte do seu site de transição, enquanto inicia o processo de contratação da nova administração para a Casa Branca. De acordo com …