O que Snowden fez foi “serviço público”, diz ex-procurador-geral dos EUA

Laura Poitras / Wikimedia

O ex-procurador-geral de Justiça norte-americano Eric Holder afirmou que “Snowden fez um favor à sociedade americana” com as suas revelações.

Eric Holder, que ocupou o cargo de 2009 a 2015, afirmou esta segunda-feira que Edward Snowden, ex-agente da Agência Nacional de Segurança (NSA) fez “serviço público” ao revelar informação confidencial, levantando “uma onda de debate que levou às mudanças que foram feitas”.

“Podemos certamente discutir a forma como Snowden o fez, mas acho que, no fundo, fez um serviço público ao levantar uma onda de debate que levou às mudanças que foram feitas” após a revelação, disse Holder a David Axelrod, analista político do Instituto de Política da Universidade de Chicago.

Numa entrevista transmitida em podcast, o ex-procurador-geral sublinhou, no entanto, que o ex-agente da NSA deve ser julgado nos EUA por ter colocado em risco a segurança nacional dos EUA.

“Eu diria que fazer o que ele fez – e da maneira como o fez – foi inapropriado e ilegal. Prejudicou os interesses norte-americanos. Eu sei de certos agentes que foram colocados em risco, relações com outros países foram prejudicadas, a nossa capacidade de manter o povo norte-americano em segurança foi comprometida. O que fez não foi sem consequências”, ressaltou o advogado.

Eric Holder, o primeiro procurador-geral negro dos EUA e indicado para o cargo por Barack Obama, também acredita que Snowden, atualmente em exílio na Rússia, deveria voltar para o país e enfrentar um julgamento – mas que, para decidir uma sentença adequada para o ex-agente, o juiz responsável deveria ter em conta a “utilidade do debate nacional” que as ações de Snowden provocaram.

Snowden, por seu lado, ironizou as declarações de Holder. “2013: é traição; 2014: talvez não [tenha sido], mas foi inconsequente; 2015: tecnicamente, ainda foi ilegal; 2016: foi um serviço público, mas…; 2017:…”, escreveu no Twitter.

Em junho de 2013, Edward Snowden entregou aos jornais Washington Post e The Guardian uma série de documentos secretos sobre os programas de vigilância dos EUA e os serviços secretos do Reino Unido na Internet.

Segundo estes dados, os serviços secretos norte-americanos gravam não apenas potenciais terroristas e criminosos, mas também dirigentes de diferentes países.

Temendo represálias dos serviços secretos dos EUA, o americano fugiu para Hong Kong e, em seguida, para Moscovo, onde passou várias semanas na zona de trânsito do aeroporto de Sheremetyevo, até que em agosto de 2013 recebeu asilo do governo russo.

O ex-agente da NSA tinha dito no início deste mês em videoconferência com o Instituto de Política da Universidade de Chicago que estaria disposto a regressar se recebesse um julgamento justo.

ZAP / SN

RESPONDER

Não, os EUA não declararam guerra à Coreia. Mas não lhes abatam os aviões

Os Estados Unidos negaram hoje ter declarado guerra à Coreia do Norte e frisaram que Pyongyang não pode disparar contra os seus aviões em águas internacionais, em resposta a uma ameaça do ministro dos Negócios …

Casal canibal detido na Rússia por ter comido 30 pessoas

Um homem e uma mulher da cidade de Krasnodar, no sul da Rússia, poderão ter sido responsáveis pelo assassinato de cerca de 30 pessoas, que terão posteriormente comido. Os suspeitos, um instrutor militar de 35 anos …

Portugal pagou menos 213ME em juros à 'troika' até agosto

Portugal pagou 1.161,2 milhões de euros em juros à 'troika' até agosto, menos 213,1 milhões em termos homólogos, devido à extensão da maturidade de parte do empréstimo e aos reembolsos antecipados ao FMI. O Estado reduziu …

"Príncipe da Pontinha" detido pela GNR na Madeira

A Guarda Nacional Republicana deteve, esta segunda-feira, o autointitulado "príncipe do ilhéu da Pontinha" por este se ter oposto a uma ordem de execução judicial de encerramento de instalações, informou o porta-voz do comando territorial. "A …

Vacina contra a gripe gratuita para diabéticos e bombeiros

Direção-geral da Saúde justifica alargamento da gratuitidade com os riscos que o frio representa para os diabéticos e com a assistência na saúde prestada pelos bombeiros. A vacina contra a gripe vai ser este ano pela …

Morreu Abd El Aty, a mulher que chegou a pesar 500 quilos

Aos 37 anos, Eman Ahmed Abd El Atya estava a ser submetida a um tratamento intensivo nos Emirados Árabes Unidos. Mas acabou por morrer na sequência de complicações cardíacas. A egípcia Eman Ahmed Abd El Aty, …

Turquia encerra fronteira e ameaça petróleo em represália a referendo curdo iraquiano

O Presidente da Turquia, forte opositor do referendo sobre a independência do Curdistão iraquiano, anunciou esta segunda-feira que encerrará em breve a fronteira terrestre com aquela região autónoma do Iraque, bem como ameaçou bloquear as …

Comentador do Benfica diz que foi agredido por administrador do Sporting

O comentador da Benfica TV e advogado António Pragal Colaço apresentou queixa-crime contra o administrador da SAD do Sporting, Nuno Correia da Silva, acusando-o de agressão. O caso é divulgado pelo Correio da Manhã (CM) que …

Políticos e militares negam relatório de Tancos (Expresso promete novas revelações)

O Exército continua a negar a existência de um relatório das secretas militares sobre o roubo de Tancos, tal como o Presidente da República, o primeiro-ministro e o ministro da Defesa. Mas o director do …

Sondagem: Isaltino ganha Oeiras

A candidatura de Isaltino Morais - Inovar Oeiras de Volta - lidera a sondagem com 13 pontos percentuais acima do atual presidente da autarquia Paulo Vistas, antigo vice presidente de Isaltino Morais. As eleições autárquicas estão …