O “novo rei dos leões” admitiu hoje treinar (um dia) o FC Porto

O treinador do Sporting, Jorge Jesus, admitiu hoje, em entrevista ao jornal espanhol Marca, vir a treinar o FC Porto ou outro clube europeu, como o Atlético de Madrid, mas ressalvou que “de momento, está focado no Sporting”.

Numa entrevista em que é apelidado de “o novo rei dos leões”, Jorge Jesus foi questionado sobre a possibilidade de vir a treinar o FC Porto, depois das passagens pelo Benfica e, agora, o Sporting.

“Sim. Tenho de estar preparado para treinar todas as equipas do Mundo. Não seria o primeiro a treinar os três grandes, mas seria o primeiro se conseguisse ganhar o título com os três”, disse Jorge Jesus.

Após uma consideração do entrevistador de que se Jorge Jesus “ganhar o campeonato pelo Sporting será quase impossível ficar em Portugal”, a Marca pergunta pelo interesse do Atlético de Madrid.

Jesus responde que “se as circunstâncias forem apropriadas, logo se verá”.

“Mas neste momento estou feliz e vou aguardar serenamente. Ainda tenho dois anos de contrato com o Sporting, mas tudo é imprevisível para um treinador”, salientou Jorge Jesus, que elogiou também o Atlético de Madrid como “uma clube potente, um dos grandes de Espanha”.

Também elogiou o trabalho de Simeone à frente dos ‘colchoneros’ e ressalvou que “não seria simpático” da sua parte “dizer que poderia estar interessado no Atlético”.

O treinador do Sporting também admite, após insistência do jornalista sobre se é o melhor treinador português da atualidade, que é o melhor treinador português em Portugal.

À primeira pergunta, Jorge Jesus ainda respondeu que não faz ideia e que disso só poderiam falar os jogadores que trabalharam com ele.

Após a insistência, afirmou: “Não posso dizer, porque é subjetivo. O melhor treinador do mundo foi o Luís Enrique, porque ganhou a ‘Champions’ e ganhou tudo. Em Portugal, ganhei tudo nos últimos anos com o Benfica. Suponho que em Portugal devo ser o melhor“.

Sobre Julen Lopetegui, o treinador do Sporting disse que o problema do treinador basco, que saiu em janeiro do FC Porto sem ter conquistado títulos, tem um nome: “Jorge Jesus”.

“Lopetegui teve um problema em Portugal: um treinador ao qual não conseguiu ganhar nada. Chama-se Jorge Jesus. O problema de Lopetegui foi o Jorge Jesus, mas penso que é um bom técnico”, salientou.

Reafirmando que não se arrepende de ter saído do Benfica, Jorge Jesus reiterou que está confiante de que o Sporting poderá ser campeão esta época, 14 anos depois da última liga conquistada.

“Pensamos que sim, que é possível. Somos líderes, mas os nossos rivais são fortes. Estamos a fazer um trabalho com muita paixão, muito competente. Não acreditávamos que o primeiro ano nos poderia correr tão bem. Os adeptos voltaram a ter orgulho no seu clube”, disse Jorge Jesus.

Futebol 365

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Caos na Síria. Bombardeamentos turcos levam à fuga de centenas de militantes do Daesh presos

Cerca de 800 militantes do Daesh fugiram neste domingo da prisão de Ain Issa, de acordo com a administração autónoma curda, que acusa a Turquia de ter dado “cobertura aérea” para que a fuga fosse …

Supremo Tribunal espanhol reativa mandado de detenção europeu contra Puigdemont

Um juiz do Supremo Tribunal de Justiça espanhol, Pablo Llarena, aceitou o pedido do Ministério Público e reativou o mandado de detenção europeu para a extradição de Carles Puigdemont. O ex-Presidente do governo regional da Catalunha …

A partir de agora, os saldos têm mesmo que ser saldos

Já estão em vigor as alterações à lei relativa aos saldos e promoções. As novas normas definem que um produto vendido em saldo ou promoção não pode ter um preço mais alto do que o …

Marcelo Rebelo de Sousa critica "instrumentalização do medo" pelo poder

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse hoje haver demasiados poderes com medo que o medo acabe, considerando a "instrumentalização do medo" para acorrentar os outros como um problema na ordem do dia. “Há …

CGTP ameaça Costa: “Ou dá resposta às reivindicações ou conta com contestação” nas ruas

O secretário-geral da CGTP-IN, Arménio Carlos, defendeu a alteração das leis laborais e o aumento do salários na próxima legislatura, avisando que caso estas reivindicações não sejam atendida, o Governo terá forte contestação nas ruas. Arménio …

Das eleições resultou um "Governo instável" e Marcelo foi "o grande ganhador sem ter participado"

Para Luís Marques Mendes, o PS teve mais votos, mas tem piores condições para governar. Além disso, na opinião do comentador político, foi Marcelo quem ganhou estas eleições, por não ter havido maioria absoluta. O Partido …

"Querem que pique a bolha?" Conselheiros do Banco de Portugal compararam Montepio ao caso BES

Numa "discussão acesa" no Banco de Portugal, conselheiros da entidade de supervisão compararam a situação do Banco Montepio ao caso BES, com referências a um "esquema de Ponzi", em pirâmide, e a ideia de que …

CGD e Novo Banco vão atrás da fortuna de Paulo Maló

A Caixa Geral de Depósitos (CGD) e o Novo Banco vão tentar executar o património pessoal de Paulo Maló, médico e empresário que fundou a Malo Clinic, empresa especializada em medicina dentária, escreve o Jornal …

Comandante que desviou dinheiro da Proteção Civil recebe avença do Estado

Gil Martins foi condenado de desviar mais de cem mil euros da Proteção Civil. Ainda assim, o antigo comandante recebe uma avença de mil euros brutos por mês. O ex-comandante nacional da Autoridade Nacional de Emergência …

New York Times divulga provas de que a Rússia bombardeou deliberadamente hospitais na Síria

O The New York Times publicou este domingo, segundo avança o próprio jornal norte-americano, provas de que a Rússia bombardeou repetidamente e deliberadamente hospitais na Síria, onde intervém em apoio do regime sírio do Presidente …