Num jardim zoológico da Austrália, há concertos ao vivo (para entreter os elefantes)

O jardim zoológico de Melbourne está a desenvolver um programa mundial de músicos para tocar para a sua multigeracional manada de elefantes asiáticos em perigo de extinção para que melhore a ligação entre os seis animais.

À medida que os jardins zoológicos melhoram na forma de cuidar das necessidades físicas dos seus animais, também se estão a tornar cada vez mais preocupados em fornecer estímulo intelectual, também conhecido como enriquecimento.

“As manadas de elefantes na natureza deparar-se-ão com muitas coisas novas, seja um crocodilo no rio ou um pedaço de comida particularmente rica”, disse Erin Gardiner, ao IFLScience. “O ambiente do jardim zoológico pode tornar-se estático. O nosso objetivo é criar algo imprevisível”.

Quando uma banda de música que participava num dos programas de entretenimento do Jardim Zoológico de Melbourne, na Austrália, passou pelo recinto de elefantes numa noite, algumas das reações dos elefantes deram aos seus cuidadores uma ideia diferente.

Em vez de apenas conversar com os animais, o jardim zoológico está a experimentar tocar o maior número possível de músicas, enquanto observa as reações dos elefantes. Gardiner disse que a amostra não é suficientemente grande o para identificar um estilo favorito, mas até agora a melhor resposta foi à percussão.

“Há muitas investigações sobre a reprodução de músicas gravadas para animais, mas não conseguimos encontrar nada sobre música ao vivo para elefantes”, disse Gardiner.

Os cuidadores do jardim zoológico acreditam que a estimulação visual pode ser tão importante como o som. Os elefantes também valorizam as respostas dos músicos aos animais, alterando o seu desempenho para refletir as reações.

Os visitantes do zoológico são convidados a assistir se estiverem lá no momento certo, mas Gardiner enfatizou que o programa é projetado para os elefantes – e qualquer diversão humana é apenas um bónus.

Segundo a cuidadora, durante os concertos, os seis elefantes tocam-se uns aos outros com as suas trombas e batem as orelhas. Além disso, os elefantes mais velhos cercam os mais jovens, o que pode parecer alarmante, mas é, segundo Gardiner, típico em manadas que encontram algo novo para poderem avaliar se é positivo, negativo ou neutro. Essas reações aumentam a coesão entre a manada, que varia de cinco a 46 anos de idade.

Man Jai, o elefante mais novo e o único macho, às vezes, separa-se do grupo para se aproximar da cerca para interagir mais perto. Normalmente, os elefantes machos acabam por deixar a sua manada, enquanto as fêmeas geralmente ficam durante toda a sua vida.

Os músicos ficaram emocionados com o concerto incomum, embora os elefantes, por vezes, preferissem ficar no silencioso “espaço neutro” em vez de se divertir.

Ainda assim, mesmo depois de a música terminar, foram registados outros comportamentos de coesão. Porém, ainda não há dados suficientes para publicar as descobertas.

ZAP //

 

 

 

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Quase 40% dos americanos com dificuldades financeiras. Doar sangue é a sua maior receita

A economia dos Estados Unidos (EUA), considerada uma das maiores do mundo, permitiu avanços sociais e tecnológicos inestimáveis. Contudo, atualmente, cerca de 40% dos norte-americanos afirmam ter dificuldade em pagar por comida, por habitação, por …

"Políticos devem ser colocados contra a parede". Greta pede desculpa

A ativista do clima Greta Thunberg pediu desculpa por ter dito que os políticos devem ser colocados “contra a parede”, após diversas pessoas terem considerado que a jovem estava a defender a violência. A sueca de …

Carnaval belga retirado da lista de Património Imaterial da UNESCO após queixas de antissemitismo

As festas da cidade de Aalst, na Bélgica, foram retirada da lista do Património Imaterial da Humanidade, depois de a UNESCO ter sancionado a presença de carros carnavalescos contendo imagens antissemitas. O presidente da Câmara …

Conselho de Ministros aprova proposta de OE2020 (e foram quase 10 horas de reunião)

O Conselho de Ministros aprovou hoje a proposta de Orçamento do Estado para 2020, dez horas depois de a reunião extraordinária ter começado, anunciou hoje o primeiro-ministro na sua página na rede social Twitter. "O Conselho …

Nova espécie de baleia mostra como este animal evoluiu para conseguir nadar

Cientistas descobriram uma nova espécie de baleia, que existiu há 35 milhões de anos, que pode dar novas pistas sobre como as baleias evoluíram para conseguir nadar. De acordo com a revista Newsweek, os investigadores analisaram …

Casal separado após sobreviver a Auschwitz reencontra-se 72 anos depois em Nova Iorque

Em 1944, David Wisnia e Helen "Zippi" Spitzer eram dois prisioneiros judeus e secretamente namorados que, miraculosamente, conseguiram sobreviver ao campo de concentração nazi Auschwitz, na Polónia. Porém, no final da guerra, foram separados depois de …

Benfica 4-0 Famalicão | Pizzi entrega saco cheio de Natal

O Benfica terminou o seu ano de Liga NOS com mais uma vitória, de novo por 4-0, tal como havia acontecido na anterior partida no Estádio da Luz, ante o Marítimo. Desta vez frente ao …

Morreu o ator Danny Aiello

Morreu esta quinta-feira, em Nova Jérsia, o ator Danny Aiello, que recordamos pelos seus muitos êxitos dos anos 80. Tinha 86 anos. "É com profunda dor que comunicamos que Danny Aiello, amado marido, pai, avô, ator …

Videojogo chinês incita jogadores a atacar os "traidores" em Hong Kong

Há um novo videojogo que está a ganhar popularidade na China. Chama-se "Fight the Traitors Together" e permite que os jogadores ataquem manifestantes de Hong Kong. No jogo, os jogadores podem bater nos manifestantes pró-democracia, sendo …

Mundial de Clubes proíbe demonstrações públicas de afeto

Começou na passada quarta-feira, dia 11 de dezembro, em Doha, capital do Catar, o Mundial de Clubes da FIFA, prova onde estão inseridos clubes como Flamengo e Liverpool. E esta até poderia ser mais uma …