Novo mosquito invasor vindo da Ásia pode chegar a Portugal. Está em expansão acelerada em Espanha

Há um novo mosquito invasor que veio da Ásia a instalar-se na Península Ibérica. O Aedes japonicus está em expansão acelerada em Espanha e já terá chegado à Galiza, na fronteira com Portugal. Especialistas espanhóis consideram que é “impossível” erradicá-lo.

O Aedes japonicus é a segunda espécie deste tipo de mosquitos que se está a instalar na Península Ibérica. A primeira foi a “tigre” que já se tornou habitual no Verão, especialmente no litoral mediterrânico.

O novo mosquito invasor, proveniente do Leste asiático, está numa “expansão imparável” em Espanha, como reporta o El País, citando entomólogos do Ministério da Saúde espanhol que consideram que é “impossível erradicar o Aedes japonicus.

Foi identificado pela primeira vez na Península Ibérica em 2018, na região das Astúrias, e está também implantado na Cantábria. Mas já terá chegado à Galiza, segundo o El País.

Nos próximos anos, deve expandir-se “em forma de mancha de azeite” até Castela e Leão, na fronteira com Trás-os-Montes, País Basco e Navarra, prevê o professor Javier Lucientes da Universidade de Saragoça e responsável pelo projecto de vigilância entomológica do Ministério da Saúde, em declarações divulgadas pelo jornal espanhol.

Em 2018, aquando dos primeiros avistamentos do insecto, as autoridades portuguesas garantiram que não tinham sido detectados em território português.

“É tarde para o erradicar”

Em Espanha, está previsto um estudo de campo para avaliar o grau de expansão nas Astúrias e na Cantábria. Mas para Lucientes é certo que “é tarde para o erradicar”.

“Erradicá-los, como já se demonstrou noutros países da Europa, é muito difícil“, explica o investigador Frederic Bartumeus do Centro de Estudos Avançados de Blanes (CEAB-CSIC) ao El País.

Este mosquito “foi identificado na Suíça em 2008 e investigações posteriores revelaram que tinha colonizado uma zona de 1.400 quilómetros quadrados”, aponta um relatório de 2018 do Centro de Coordenação de Alertas e Emergências Sanitárias citado pelo jornal.

Espalhou-se a nível global graças ao comércio internacional de pneus usados, já que põe as larvas na água e em superfícies secas que possam acumular água.

“A forma de um pneu permite que se chover, concentre água no seu interior seja qual for a sua posição. É então que nascem as larvas”, refere Lucientes.

Gostam especialmente de bebedouros para animais e são “mais discretos do que o tigre porque evitam os espaços urbanos e preferem os pastos com erva”, mas têm “um potencial de disseminação ainda maior”, sublinha Lucientes no El País.

O professor nota que o Aedes japonicusse adapta melhor a temperaturas invernais“, além de poder procriar “numa ampla gama de habitats aquáticos, incluindo charcos, pneus, baldes de leite, cubos”.

Assim, “é vital controlar os lugares de reprodução” para evitar a sua expansão, como aponta ainda Lucientes.

Risco “muito baixo” para os humanos

Há cinco espécies de mosquitos invasores Aedes presentes na Europa, mas nenhuma delas é o Aedes aegypti que transmite a febre amarela.

O Aedes japonicus apresenta poucos riscos para os humanos, já que o risco de transmissão de doenças é “muito baixo”, segundo o Ministério da Saúde espanhol que admite, porém, que pode ser um vector do dengue e da febre chikungunya.

“Num cenário de distribuição ampla com afectação urbana, não pode descartar-se a transmissão autóctona de doenças“, salienta ainda Lucientes.

Este novo mosquito é também um vector importante do vírus do Nilo Ocidental que afecta o sistema nervoso de aves e cavalos, segundo o professor.

Nas pessoas pode causar sintomas como uma gripe de verão e algumas podem sofrer problemas de encefalites”, conclui Lucientes.

ZAP //

 

PARTILHAR

RESPONDER

Siemens vai criar comboio de alta velocidade que ligará Mar Vermelho e Mediterrâneo

Um consórcio liderado pela multinacional alemã Siemens estabeleceu um contrato de 4,5 mil milhões de euros para construir uma linha ferroviária de alta velocidade que ligue Ain Sukhna, no Canal de Suez, a Alexandria e …

Alaba joga no Real Madrid mas o seu sonho era jogar no Barcelona

Véspera do grande jogo entre Barcelona e Bayern Munique serviu para Uli Hoeneß divulgar uma conversa pouco simpática para as pessoas ligadas ao Barcelona. A fase de grupos da Liga dos Campeões está de volta. Neste …

Chuva está a ajudar a controlar incêndios em Espanha

Há quase uma semana que as chamas deflagram em Málaga e o incêndio já matou um bombeiro. A chuva tem ajudado a combater o fogo. Há seis dias consecutivos que os bombeiros estão a combater incêndios …

Voos da ONU para Cabul são retomados. Doadores angariam 850 mil milhões de euros de ajuda

Os talibãs garantem que vão proteger as equipas humanitárias da ONU que vão ajudar o Afeganistão, que enfrenta uma grave crise devido à seca. Desde 15 de Agosto que os voos com ajuda humanitária da ONU …

Ventura perde recurso na Relação contra a família do bairro da Jamaica

O Tribunal da Relação considera que os comentários de André Ventura tinham uma "vertente discriminatória em função da cor da pele e da situação socioeconómica” da família. Segundo avança o Público, o Tribunal da Relação não …

Costa promete formar mais médicos e critica "bloqueios corporativos" ao curso de Medicina na Católica

Na inauguração do novo curso de Medicina da Universidade Católica, o primeiro no ensino privado em Portugal, António Costa disse que há falta de médicos e que vai continuar a promover a formação de mais …

Portugal já devia ter começado "a retirar pessoas" de zonas costeiras (e as Torres de Ofir deviam ser "demolidas")

O avanço da água do mar e o défice sedimentar tornam difícil a vida na linha costeira e no Norte de Portugal, há zonas onde já se devia ter começado a realojar pessoas, defendem alguns …

Mulher diz ter sido violada por funcionário da ONU. Investigadores questionam a quantidade de álcool que ingeriu

Uma funcionária de uma Organização Não-Governamental (ONG) disse ter sido violada por um especialista em comunicações do Programa de Desenvolvimento da ONU (PNUD), após uma festa num hotel em Bagdade, no Iraque, em 2016. Segundo um …

Turismo recupera no verão à boleia dos residentes

Apesar das tendências de retoma, os números de 2021 ficam aquém dos de 2019. O setor do alojamento turístico registou 1,6 milhões de hóspedes e 4,5 milhões de dormidas em julho, aumentos de 59,6% e 71,9%, …

Escola japonesa verifica a roupa interior dos alunos - e quem não cumprir as regras é punido

Uma escola japonesa ficou no centro de uma polémica depois de ter vindo a público que obrigava os seus alunos a mostrar a roupa íntima. O diretor já fez um pedido de desculpas. Os alunos do …