Novo método neutraliza o SARS-CoV-2 em apenas um segundo

Um novo sistema experimental mostra que a exposição do SARS-CoV-2 a uma temperatura muito alta, mesmo se aplicada por menos de um segundo, pode ser suficiente para neutralizar o vírus de forma a que este não possa infetar mais ninguém.

Que o calor pode neutralizar a covid-19 já tinha sido provado em pesquisas anteriores. Agora, o novo estudo, publicado no jornal Biotechnology and Bioengineering em fevereiro, mostra que o fenómeno pode acontecer em tempo recorde, ou seja, em menos de segundo.

Arum Han, professor do departamento de engenharia elétrica e de computação da Texas A&M University, e a sua equipa demonstraram que o tratamento térmico em menos de um segundo inativa completamente o coronavírus – fornecendo uma possível solução para mitigar a disseminação contínua da covid-19, particularmente através da transmissão aerotransportada de longo alcance.

O processo funciona com o aquecimento de uma secção de um tubo de aço inoxidável, através do qual os investigadores executam a solução que contém o coronavírus, a uma temperatura alta e, em seguida, arrefecem a secção imediatamente.

Esta configuração experimental permite que o coronavírus, que atravessa o tubo, seja aquecido apenas por um curto período de tempo. Através desse processo térmico rápido, a equipa descobriu que o vírus foi completamente neutralizado num tempo significativamente menor do que se pensava ser possível.

Han afirma que se a solução for aquecida a quase 72ºC por cerca de meio segundo, pode reduzir a carga viral do vírus em 100.000 vezes, o que é o suficiente para o neutralizar e impedir a sua transmissão. “O impacto potencial é enorme”, observa o cientista.

Este tratamento térmico não só representa uma solução mais eficiente e prática para impedir a propagação de covid-19 pelo ar, como também permite a implementação deste método em sistemas como aquecimentos centrais ou ar condicionado.

Também pode ser aplicado na gestão de outros vírus, como o da gripe, que também se espalha pelo ar, escreve o Futurity.

A equipa espera que este método de inativação por calor possa ser amplamente aplicado e que possa vir a ter um verdadeiro impacto global.

  Ana Isabel Moura, ZAP //

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Já no tempo da pneumónica, há cem anos, se verificou que os pacientes cujas camas fossem colocadas ao sol recuperavam mais depressa. Pode ser o efeito do calor, ou da vitamina D.

  2. Já no tempo da pneumónica, há cem anos, se constatou que os pacientes cujas camas fossem colocadas ao sol recuperavam mais depressa. Pode ser o efeito da vitamina D, mas pode também ser o efeito do calor.

RESPONDER

Ai-Da, a robô artista, foi detida no Egito antes da sua mais recente exposição

Ai-Da, a primeira robô artista ultrarrealista do mundo, foi detida pelas autoridades egípcias na alfândega por "questões de segurança". De acordo com o jornal The Guardian, está previsto que Ai-Da apresente o seu último trabalho na …

Albertina Museum, em Viena, na Áustria

Cansados de ver posts removidos por nudez, museus de Viena aderiram ao OnlyFans

Cansados de ver as obras de arte que partilhavam nas redes sociais removidas por serem demasiado "explícitas", vários museus austríacos decidiram abrir uma conta na plataforma mais liberal OnlyFans. No passado, tanto o Conselho de Turismo …

O pior desastre nuclear da história dos EUA pode ter sido fruto de uma brincadeira

O SL-1 era um reator nuclear experimental de baixa potência, localizado no Idaho, nos EUA, que tinha como objetivo fornecer energia a pequenas instalações militares remotas no início dos anos 1960. O reator acabou por ficar …

PJ deteve quarto suspeito da morte de jovem no metro das Laranjeiras

A Polícia Judiciária (PJ) deteve, ao final da tarde desta quinta-feira, um quarto suspeito da morte de um jovem, na quarta-feira, na estação de metro das Laranjeiras, em Lisboa. Durante a tarde de hoje, em conferência …

A ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho, a ministra de Estado e da Presidência, Mariana Vieira da Silva, a ministra da Cultura, Graça Fonseca, e a ministra da Saúde, Marta Temido

Saúde, Trabalho e Cultura. As medidas aprovadas pelo Governo para facilitar a negociação do OE

Novo Estatuto do Serviço Nacional de Saúde, Agenda do Trabalho Digno e a versão final do Estatuto dos Profissionais da Cultura foram os grandes destaques da conferência de imprensa após o Conselho de Ministros desta …

Banido do Facebook, Donald Trump aposta na criação da sua própria rede social

Nova rede social deverá estar disponível a partir do início do próximo ano e é uma resposta do antigo presidente às empresas que o decidiram banir. O antigo Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump anunciou o …

Um cigarro aceso

"Fumar mata." Deputados britânicos querem que o aviso seja impresso em cada cigarro

Para desencorajar os fumadores, os deputados britânicos querem imprimir o slogan "Fumar mata" em cada cigarro de um maço de tabaco. Deputados britânicos apresentaram, no Parlamento, uma emenda à Lei de Saúde e Cuidados de Saúde …

Ludogorets 0-1 Braga | Horta bracarense dá frutos cedo

O Sporting de Braga conseguiu um importante triunfo por 1-0 na deslocação ao terreno do Ludogorets, no Grupo F da Liga Europa. A formação lusa não quis perder tempo e marcou logo aos sete minutos, por …

PJ admite mais pessoas envolvidas na morte de jovem no metro das Laranjeiras

A Polícia Judiciária (PJ) admitiu, esta quinta-feira, que estejam mais pessoas envolvidas na morte de um jovem, na quarta-feira, na estação de metro das Laranjeiras, em Lisboa. Os dados foram avançados esta tarde, em conferência de …

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa

Marcelo continua a "desejar e a esperar que haja uma possibilidade de o OE passar"

O Presidente da República afirmou, esta quinta-feira, que continua "a desejar e a esperar que haja uma possibilidade de o Orçamento passar" e considerou que os próximos dias, com reuniões partidárias até ao fim-de-semana, "são …