Novo Banco vai cortar mais 350 postos de trabalho até junho

André Kosters / Lusa

-

O presidente do Novo Banco reuniu-se esta terça-feira com a comissão de trabalhadores e com os sindicatos, informando-os do lançamento de um programa de rescisões voluntárias e outro de reformas antecipadas que visam a saída de 350 trabalhadores até junho.

“O objetivo do banco é reduzir até 350 trabalhadores até ao final do primeiro semestre”, disse à Lusa Rui Geraldes, porta-voz da Comissão Nacional de Trabalhadores do Novo Banco, no final do encontro com o presidente da instituição financeira, António Ramalho, sublinhando que esta medida consta do plano de reestruturação aprovado por Bruxelas em novembro de 2015.

“Na altura, o Governo acordou com Bruxelas um plano com metas relativas à redução dos custos operacionais, dos postos de trabalho e dos balcões. Nenhuma comissão de trabalhadores fica satisfeita com a redução de trabalhadores, mas foi algo imposto por Bruxelas e sempre defendemos que, face a esta imposição, devia haver um processo de rescisões voluntárias”, salientou o responsável.

“É uma solução menos dolorosa do que o despedimento coletivo”, acrescentou Rui Geraldes, elogiando a postura que a administração liderada por António Ramalho tem tido para com as estruturas representativas dos trabalhadores desde que tomou posse.

Apesar de o programa – que arranca esta quarta-feira e termina a 10 de março – ser, como o nome indica, de rescisões voluntárias, o Novo Banco reservou-se o direito de ter a “palavra final” sobre os candidatos, isto é, um trabalhador pode querer aderir e a administração pode impedi-lo de avançar com o processo.

“Compreendemos esta opção do banco, que assim se precavê para algumas situações que poderiam surgir. Imagine que todos os trabalhadores de uma agência específica queriam aderir ao programa, tal não podia ser aceite pelo banco”, comentou Rui Geraldes.

Outra fonte ligada às negociações, contactada pela Lusa no final da reunião de António Ramalho com a comissão de trabalhadores e com os vários sindicatos bancários, que decorreram em separado, assinalou que esta é “a primeira vez que o Novo Banco adota um programa de rescisões voluntárias”.

Segundo a mesma fonte, esta nova redução do pessoal estava definida desde novembro de 2015, quando a Direção-Geral da Concorrência (DG Comp) da Comissão Europeia impôs que, se o Novo Banco fosse vendido até ao final de 2016, teria que ter reduzido em mil pessoas o número de trabalhadores, mas que caso a venda não fosse concretizada, teriam que sair um total de 1.500 trabalhadores até junho de 2017.

“A nível doméstico, o objetivo é que as aceitações [do programa de rescisões voluntárias] se situem entre as 100 e as 150 pessoas, e que a nova fase do programa de reformas antecipadas abranja entre 150 e 200 pessoas. Isto é, um mínimo de 250 e um máximo de 350 trabalhadores”, sublinhou.

Desde novembro de 2015, saíram do Novo Banco 1.142 trabalhadores (excluindo as operações internacionais) e, levando em conta as vendas – ainda não concretizadas do NB Ásia e do Banque Espírito Santo et de la Vénétie (França) -, o total eleva-se para 1.327 pessoas.

Quanto aos balcões, o Novo Banco precisa de encerrar mais 70 agências para cumprir o objetivo de ter 550 balcões na atividade doméstica no final da primeira metade do ano.

A Lusa contactou fonte oficial do Novo Banco, que se escusou a fazer comentários sobre este tema.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Parlamento aprova despenalização da eutanásia

Os cinco projetos de lei que despenalizam a eutanásia do BE, PAN, PS, PEV e IL foram aprovados, esta quinta-feira, na generalidade, na Assembleia da República. O projeto de lei do Partido Socialista recebeu 128 votos …

Tribunal da Relação mantém penas de prisão para ex-seguranças do Urban Beach

O Tribunal da Relação de Lisboa (TRL) decidiu manter as penas efetivas aplicadas pelo tribunal de 1.º instância aos ex-seguranças da discoteca Urban Beach acusados por tentativa de homicídio de dois homens. Segundo o acórdão, a …

Mafioso português Joe Barbosa retratado em livro sobre a Cosa Nostra, o FBI e a justiça nos EUA

Ser português travou a ascensão de Joseph Barbosa na máfia italiana nos Estados Unidos (EUA), mas foi em língua portuguesa o seu elogio fúnebre, após ser assassinado por denunciar mafiosos culpados e inocentes e expor …

Testes deram negativo em mais uma criança internada por suspeita de Covid-19

Uma criança regressada da China foi encaminhada, esta quinta-feira, para o Hospital D. Estefânia, por suspeita de infeção pelo novo coronavírus, mas as análises deram negativo, anunciou a Direção-Geral da Saúde (DGS). Num comunicado publicado no …

A China até já está "a queimar" dinheiro para combater o coronavírus

A luta entre a China e o novo coronavírus, o Covid-19, tem colocado os órgãos governamentais em alerta. O governo parece não poupar esforços para conter a proliferação da doença - nem que seja preciso, …

Barcelona contrata Braithwaite para substituir Dembélé

O FC Barcelona anunciou, esta quinta-feira, a contratação do futebolista dinamarquês, do Leganés, para substituir o lesionado Dembélé, depois de pagar a cláusula de rescisão de 18 milhões de euros. Com a contratação de Martin Braithwaite, …

Senador do Ceará baleado ao tentar invadir com uma retroescavadora um quartel tomado por polícias amotinados

Esta quarta-feira, Cid Gomes foi baleado depois de ter invadido com uma retroescavadora um portão de um quartel da Polícia Militar na cidade de Sobral, no estado do Ceará. O senador Cid Gomes foi baleado, na noite …

PS acusa Bloco de "má fé" na escolha de juízes para o Constitucional

O Bloco não gostou de ter ficado de fora da escolha dos dois novos juízes para o Tribunal Constitucional. PS acusa agora o partido de esquerda de "má fé". Numa conferência de imprensa no Parlamento, esta …

Justiça suíça acusa presidente do PSG e ex-responsável da FIFA de gestão danosa

O presidente do Paris Saint-Germain e um antigo secretário-geral da FIFA foram acusados de gestão danosa pela justiça suíça, numa investigação sobre os direitos televisivos do Mundial de futebol. O Ministério Público da Suíça acusa Nasser …

PJ deteve falsa psiquiatra que dava "consultas" em casa em Braga

A Polícia Judiciária (PJ) de Braga deteve uma mulher, de 38 anos, que se fazia passar por médica psiquiátrica e que dava "consultas" na sua residência. Em comunicado, a Polícia Judiciária (PJ) de Braga refere que, …