“Sequestraram-nos em Portugal 30 milhões”. Novo Banco bloqueia transferência milionária do Governo de Maduro

jeso.carneiro / Flickr

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro

O Novo Banco denunciou esta terça-feira ter cancelado uma tentativa de transferência de fundos pelo Governo do Presidente Nicolás Maduro para bancos sediados no Uruguai.

Segundo a agência noticiosa Reuters, o anúncio foi feito esta terça-feira pelo deputado venezuelano Carlos Paparoni, um dia depois da oposição exigir que a operação fosse bloqueada. Contactado pela TSF, o Novo Banco não prestou qualquer comentário.

O congelamento da operação financeira ocorreu um dia depois de o presidente interino, o autoproclamado Juan Guaidó, ter pedido aos países para ajudarem os venezuelanos a manter o dinheiro no país.

Guaidó disse esta segunda-feira que o Governo de Maduro estaria a tentar transferir uma quantia superior a 1000 milhões de dólares para um banco uruguaio.

Em entrevista a uma televisão Espanhola, Maduro acusou Portugal de “sequestrar” 30 milhões de euros, afirmando que a Venezuela está a ser alvo de uma “guerra económica” que visa “asfixiar” a economia do país.

“Agora mesmo sequestraram-nos em Portugal uns 30 milhões de euros, com os quais estávamos a pagar um sistema de autocarros que comprámos no país para transporte público”, disse o Presidente em declarações ao canal La Sexta, sem adiantar detalhes.

“Todos os dias roubam-nos, congelam-nos, sequestram-nos. Mas não avo conseguir, de maneira alguma. Juro pelos nossos antepassados”, sustentou.

A crise política na Venezuela agravou-se em 23 de janeiro, quando o líder da Assembleia Nacional, Guaidó, se autoproclamou Presidente da República interino e declarou que assumia os poderes executivos de Nicolás Maduro.

Guaidó, 35 anos, contou de imediato com o apoio dos Estados Unidos e prometeu formar um governo de transição e organizar eleições livres. Nicolás Maduro, 56 anos, chefe de Estado desde 2013, recusou o desafio de Guaidó e denunciou a iniciativa do presidente do parlamento, maioritariamente da oposição, como uma tentativa de golpe de Estado liderada pelos Estados Unidos.

Esta crise política soma-se a uma grave crise económica e social que levou 2,3 milhões de pessoas a fugirem do país desde 2015, segundo dados das Nações Unidas. Na Venezuela, antiga colónia espanhola, residem cerca de 300.000 portugueses ou lusodescendentes.

ZAP //

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. Se a Europa bloqueiasse o dinheiro do Brasil, do alto salário do congresso nacional, e suas mordomias , mais
    milhoes de cargos de confiança, mais a lavagem anual de dinheiro público. Daria para colocar todas as crianças nas escolas que necessitam, para ter uma formação humana, e deixarem a criminalidade. Ensinando o bem.

  2. Se bloqueiassem o dinheiro da mordomias dos governantes brasileiros, mais seus cargos de confiança e a lavagem de dinheiro.
    Haveria escolas integrais para por fim a criminalidade das 60 milhões de crianças que há no Brasil.

  3. não se preocupem que depois de um criminoso chegará outro e desta vez com os comparsas dos States, que têm vindo a dizer que vão tomar conta do petróleo….como aliás é habitual.

    • As reservas de petroleo americano nao dependem do petroleo Veneuelano..alias o Eua compra petroleo Da Opep pro preco do barril nao cair e quebrar o Mundo Arabe…a questao americana é a associaçao de Maduro com Irã e Russia…isso é preocupante

  4. Rose,
    infelizmente tenho que lhe informar que o dinheiro que os políticos recebem aqui no BRASIL sai direto do bolso do brasileiro (impostos) e não passa pelo sistema financeiro europeu.

  5. Acho que deveria ser proibido que ignorantes absolutos e analfabetos funcionais fizessem comentários públicos. Leiam, estudem e descubram a verdade.

Trocar garrafas de plástico por descontos só será possível em março

O projeto-piloto para o depósito de garrafas de plástico a troco de talões de desconto nos supermercados estava previsto arrancar em janeiro. Porém, o atraso em desbloquear fundos de financiamento pode empurrar o arranque para …

Depressão Glória. Quedas de árvores, falhas de eletricidade e um ferido grave

A depressão Glória já provocou várias quedas de árvores, falhas na eletricidade e um ferido grave. Coimbra, Viseu e Castelo Branco são os distritos mais afetados. "O concelho mais afetado, neste momento, é Coimbra", afirmou o …

Ministério Público contratou ex-agente da PJ para analisar contas da Operação Tutti Frutti

As contas do caso Tutti-Frutti foram entregues a Edígio Cardoso, antigo diretor da Unidade de Perícia Financeira e Contabilística (UPFC) da Polícia Judiciária, reformado há mais de um ano. A investigação do caso Tutti-Frutti iniciou-se em …

Reconstruções em Pedrógão. Gulbenkian exige indemnização de meio milhão por suspeita de ilegalidades

A Fundação Calouste Gulbenkian exige uma indemnização de meio milhão de euros por ilegalidades na reconstrução de casas de Pedrógão. Estão em causa cinco habitações. A fundação Calouste Gulbenkian exige uma indemnização de meio milhão de …

Austrália. Depois dos incêndios, chega o granizo (e já está a provocar estragos)

A Austrália está a recuperar dos enormes incêndios dos últimos meses. No entanto, a costa oriental do país debate-se agora com chuvas intensas que tem provocado inúmeras inundações. As fortes chuvas que caíram esta segunda-feira proporcionaram …

Taxa sobre produtos poluentes rendeu 200 milhões em dois anos

A taxa aplicada sobre produtos poluentes - plástico, cartão, embalagens de vidro, entre outros -, rendeu ao Estado português 199,6 milhões de euros em dois anos, avança o Jornal de Notícias esta segunda-feira. O valor, arrecadado …

"Mito sem sentido". Santos Silva rejeita que Portugal seja "amigo especial" da China

O ministro dos Negócios Estrangeiros rejeitou, em entrevista ao Financial Times, que Portugal esteja a desenvolver uma dependência problemática relativamente à China. É um "mito sem sentido", defendeu Augusto Santos Silva. O governante falou ao …

Justiça espanhola liga ex-ministro a alegado caso de corrupção. António Vitorino nega

A Justiça espanhola diz que o ex-ministro socialista se terá apropriado de 35 milhões de euros da petrolífera estatal venezuelana PDVSA. António Vitorino nega. A justiça espanhola alega que uma sociedade de António Vitorino, antigo ministro …

Há um obstáculo que pode travar a primeira condenação de Salgado

Ricardo Salgado foi condenado a pagar 4 milhões de euros e proibido de ser banqueiro nos próximos dez anos. No entanto, ainda há um último obstáculo que pode travar a sua condenação. O Tribunal Constitucional rejeitou …

Diplomatas portugueses salvaram entre 60 mil e 80 mil vidas durante a II Guerra Mundial

Os diplomatas portugueses terão salvo entre 60 mil a 80 mil refugiados do regime nazi, maioritariamente judeus, durante o período da II Guerra Mundial, estimou a historiadora Irene Flunser Pimentel em entrevista à agência Lusa. Além …