“Sequestraram-nos em Portugal 30 milhões”. Novo Banco bloqueia transferência milionária do Governo de Maduro

jeso.carneiro / Flickr

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro

O Novo Banco denunciou esta terça-feira ter cancelado uma tentativa de transferência de fundos pelo Governo do Presidente Nicolás Maduro para bancos sediados no Uruguai.

Segundo a agência noticiosa Reuters, o anúncio foi feito esta terça-feira pelo deputado venezuelano Carlos Paparoni, um dia depois da oposição exigir que a operação fosse bloqueada. Contactado pela TSF, o Novo Banco não prestou qualquer comentário.

O congelamento da operação financeira ocorreu um dia depois de o presidente interino, o autoproclamado Juan Guaidó, ter pedido aos países para ajudarem os venezuelanos a manter o dinheiro no país.

Guaidó disse esta segunda-feira que o Governo de Maduro estaria a tentar transferir uma quantia superior a 1000 milhões de dólares para um banco uruguaio.

Em entrevista a uma televisão Espanhola, Maduro acusou Portugal de “sequestrar” 30 milhões de euros, afirmando que a Venezuela está a ser alvo de uma “guerra económica” que visa “asfixiar” a economia do país.

“Agora mesmo sequestraram-nos em Portugal uns 30 milhões de euros, com os quais estávamos a pagar um sistema de autocarros que comprámos no país para transporte público”, disse o Presidente em declarações ao canal La Sexta, sem adiantar detalhes.

“Todos os dias roubam-nos, congelam-nos, sequestram-nos. Mas não avo conseguir, de maneira alguma. Juro pelos nossos antepassados”, sustentou.

A crise política na Venezuela agravou-se em 23 de janeiro, quando o líder da Assembleia Nacional, Guaidó, se autoproclamou Presidente da República interino e declarou que assumia os poderes executivos de Nicolás Maduro.

Guaidó, 35 anos, contou de imediato com o apoio dos Estados Unidos e prometeu formar um governo de transição e organizar eleições livres. Nicolás Maduro, 56 anos, chefe de Estado desde 2013, recusou o desafio de Guaidó e denunciou a iniciativa do presidente do parlamento, maioritariamente da oposição, como uma tentativa de golpe de Estado liderada pelos Estados Unidos.

Esta crise política soma-se a uma grave crise económica e social que levou 2,3 milhões de pessoas a fugirem do país desde 2015, segundo dados das Nações Unidas. Na Venezuela, antiga colónia espanhola, residem cerca de 300.000 portugueses ou lusodescendentes.

ZAP //

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. Se a Europa bloqueiasse o dinheiro do Brasil, do alto salário do congresso nacional, e suas mordomias , mais
    milhoes de cargos de confiança, mais a lavagem anual de dinheiro público. Daria para colocar todas as crianças nas escolas que necessitam, para ter uma formação humana, e deixarem a criminalidade. Ensinando o bem.

  2. Se bloqueiassem o dinheiro da mordomias dos governantes brasileiros, mais seus cargos de confiança e a lavagem de dinheiro.
    Haveria escolas integrais para por fim a criminalidade das 60 milhões de crianças que há no Brasil.

  3. não se preocupem que depois de um criminoso chegará outro e desta vez com os comparsas dos States, que têm vindo a dizer que vão tomar conta do petróleo….como aliás é habitual.

    • As reservas de petroleo americano nao dependem do petroleo Veneuelano..alias o Eua compra petroleo Da Opep pro preco do barril nao cair e quebrar o Mundo Arabe…a questao americana é a associaçao de Maduro com Irã e Russia…isso é preocupante

  4. Rose,
    infelizmente tenho que lhe informar que o dinheiro que os políticos recebem aqui no BRASIL sai direto do bolso do brasileiro (impostos) e não passa pelo sistema financeiro europeu.

  5. Acho que deveria ser proibido que ignorantes absolutos e analfabetos funcionais fizessem comentários públicos. Leiam, estudem e descubram a verdade.

Navios em Portugal poluem tanto quanto as oito cidades com mais carros

O transporte marítimo deve integrar o regime de comércio de licenças de emissão da União Europeia (UE), defendeu, esta segunda-feira, a associação ambientalista ZERO, exigindo limites de emissão de dióxido de carbono (CO2) para navios …

Já são conhecidos os nomeados aos Globos de Ouro. Netflix lidera com "O Irlandês" e "Marriage Story"

A cerimónia de entrega de prémios realiza-se a 5 de janeiro de 2020 no hotel Beverly Hilton, em Los Angeles, e será apresentada por Ricky Gervais. Já são conhecidos os nomeados à 77ª edição dos Globos …

Falhas na formação de médicos levam ministra a criar grupo de trabalho

A ministra da Saúde determinou a constituição de um grupo de trabalho para criar um manual de regras e procedimentos para a avaliação das capacidades de formação de médicos no SNS, depois de falhas apontadas …

Surto de sarampo leva Samoa a fechar escolas e serviços. Ativista anti-vacinação detido

Com o objetivo de conter o surto de sarampo que já matou 60 pessoas, o governo de Samoa está a pedir à população que coloque uma bandeira vermelha em frente às casas nais as pessoas …

Poluição do ar leva Sarajevo a cancelar todos os eventos públicos

As autoridades bósnias consideram que a poluição na capital do país, Sarajevo, atingiu níveis perigosos nos últimos dias. Perante a densa nuvem de nevoeiro que paira na cidade, o governo regional decidiu cancelar todos os …

A banana colada à parede que custou 108 mil euros foi comida

A banana mais cara do mundo, presa a uma parede com fita adesiva, foi descascada e comida por um artista que visitava o stand da galeria Perrotin, na feira de arte contemporânea Art Basel, nos …

Empresas norte-americanas reforçam domínio na venda global de armas

O Instituto Internacional de Estudos de Paz de Estocolmo (SIPRI) revelou esta segunda-feira que as empresas norte-americanas aumentaram o domínio no comércio global de armas em 2018, para 59% do volume total entre as 100 …

Faltam medicamentos para doenças crónicas nas Farmácias (e ninguém sabe porquê)

Há medicamentos para doenças crónicas que estão, constantemente, em falta nas Farmácias Portuguesas. Uma situação preocupante, sobretudo para os pacientes que deles precisam, e que não tem uma explicação. A Associação Nacional de Farmácias está …

Mais de dois mil coalas mortos devido aos incêndios na Austrália

O presidente da Aliança das Florestas do Nordeste da Austrália disse que os incêndios florestais que deflagram no leste do país, desde o início de novembro, provocaram a morte a mais de dois mil coalas. O …

Regionalização sem referendo é “golpe de estado palaciano”

Luís Marques Mendes falou este domingo, no habitual espaço de comentário político na SIC, sobre a regionalização, os "tempos difíceis para a direita", Greta Thunberg e Joe Berardo. Houve ainda tempo para falar sobre o …