Nova taxa municipal em Lisboa vai ser cobrada aos proprietários em Novembro

A Taxa Municipal de Protecção Civil criada este ano pela Câmara de Lisboa vai ser cobrada aos proprietários em Novembro, informou o vereador das Finanças da autarquia.

No orçamento municipal para este ano estava previsto que a liquidação desta taxa anual se realizasse “no segundo semestre de cada ano económico”, isto é, entre Julho e Dezembro.

“Vamos propor à Câmara, na próxima reunião, várias alterações ao regulamento de taxas — correcções e ajustamentos — e a fixação dessa data que ainda não estava” definida, disse à agência Lusa o responsável pelos Recursos Humanos e Financeiros do município, João Paulo Saraiva, aludindo à escolha do mês de Novembro para a liquidação.

Com a Taxa Municipal da Protecção Civil, que visa financiar investimentos no sector, a Câmara pretende arrecadar 18,9 milhões de euros por ano. Esta nova taxa vem substituir a taxa de conservação e manutenção dos esgotos, que se vai juntar à do saneamento.

Segundo João Paulo Saraiva, o município definiu a cobrança para Novembro com o intuito de “não criar grandes alterações ao ritmo de taxação”, fazendo coincidir a altura de cobrança da antiga Taxa Municipal de Conservação de Esgotos com a da Protecção Civil.

O autarca dos Cidadãos Por Lisboa, eleito nas listas socialistas, assegurou que os proprietários “não vão sentir diferença, já que o valor é muito idêntico” ao que era cobrado anteriormente.

Contudo, a autarquia vai “penalizar fortemente todos aqueles que deixam os edifícios abandonados, deixando vazios urbanos na cidade que prejudicam as pessoas que aqui querem residir”, apontou o responsável, referindo que estas situações também originam “problemas de insalubridade, de risco de incêndio e de risco de criminalidade”.

Na primeira versão do orçamento municipal para este ano, lê-se que a Taxa Municipal de Protecção Civil incide sobre o “valor patrimonial tributário dos prédios urbanos ou fracções destes, situados no concelho de Lisboa”.

Incide ainda “sobre as actividades e usos de risco acrescido em edifícios, recintos ou equipamentos”, tais como as redes de distribuição de gás, de água e de electricidade, a rede ferroviária e as infra-estruturas aeroportuárias e portuárias.

A estas últimas entidades será aplicada uma taxa anual de 50 mil euros.

No que toca aos prédios urbanos, a taxa é de 0,0375% do valor patrimonial tributário, subindo para os 0,3% no caso dos prédios degradados, indica a primeira versão do orçamento.

Já os proprietários dos prédios devolutos ou em ruínas deverão contar, a partir do próximo ano, com uma taxa de 0,6% do valor patrimonial tributário.

João Paulo Saraiva informou que estão em vista “investimentos associados ao sistema de protecção civil” na cidade e que se prendem, por exemplo, com a modernização do Regimento de Sapadores Bombeiros, ao nível das instalações, dos equipamentos e da operacionalidade.

Antes do orçamento deste ano, existia uma taxa que englobava o saneamento básico e a recolha de resíduos urbanos e que estava incluída na factura da água. Em Janeiro, a autarquia autonomizou estas tarifas, no seguimento da imposição da reguladora do sector, o que levou a aumentos nas facturas da água.

“Estamos a monitorizar” o processo, ao nível do impacto financeiro para famílias e empresas, “mas para podermos apresentar alguns resultados teremos de demorar mais um pouco”, observou João Paulo Saraiva.

O autarca entrou há cerca de dois meses para o executivo, após a saída do ex-presidente, António Costa.

/Lusa

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. E ainda não são governo!!!!!!…….
    Como não são homens de palavra e não querem admitir que não conseguem fugir da rota traçada pelo Troika e CE, entram-nos no bolso via Câmara, porque depois é mais fácil de se aplicar a nível Nacional, paga Zé Povivnho porque os Ladrões estão de volta, e a inda a procissão vai no Adro… Já começam a ter que pagar os favores aos amigos para garantirem apoios para as campanhas, e como tal promete-se obra que não é necessária certamente, o 44 ficou com os milhões e estes não querem tostões. Da esquerda à direita é tudo a mesma m….. o cheiro é que é diferente…

  2. Que PUTO de país. Portugal no seu melhor sacar + sacar.
    Que Deus tenha pena de todos os portugueses sérios e trabalhadores. O resto são PARASITAS ou CARRASSAS como queiram chamar-lhes.

    • Lisboa não é um país; é uma cidade!!!
      Não sei se sabes, mas são coisas (um pouco) diferentes..
      Além disso, é uma taxa que já existe em muitas cidades europeias, mas isso, se calhar, já é informação a mais para certas cacholas mais limitadas…
      Deus?! Pena?!
      Deus só existe para os parasitas e para as carrassas!
      E, pena(s) tem as aves…

      • Pessente-se a bílis que lhe inunda a alma opalina a cirandar em bicos de pés (pela Europa) cá especada… “não sei se sabes… são coisas (um pouco)…” Para o povo são gramas de sobranceria atiradas do alto da janela da barraca

  3. O PS no seu melhor… Espelhado na CM de Lx.- a refletir como governo…
    Barriga de encher – Insaciável, nunca insufla por isso não rebenta…
    A nova taxa municipal dita de protecção civil que substitui a taxa de conservação e manutenção dos esgotos a juntar à do saneamento…. a Câmara pretende arrecadar 18,9 MILHÕES de euros /ano.
    O SOCIALISMO DOS UMBIGOS

    • Estás a trabalhar bem!…
      Não é que o PS seja melhor, mas, quanto é que os outros te pagam por cada comentários dessa “qualidade”?!
      Se forem de borla, pode ser preocupante…

      • Da literatura conheço passagens que servem de manto à nudez crua da prostituição… Contudo, pressentir afectos perdidos, emoções contidas, olhares perdidos no fumo dos cigarros, manhãs vazias da noite sem sonhos… Ainda pressinto o nú da realidade crua que lhe assiste a cabeça de papas.

RESPONDER

Trump novamente acusado de assédio sexual. "Enfiou a língua na minha garganta", disse Amy Doris

O Presidente dos EUA, Donald Trump, foi acusado esta quinta-feira de agressão sexual por uma ex-modelo, num episódio que alegadamente terá ocorrido num torneio de ténis, em 1997. A ex-modelo Amy Dorris relatou ao jornal britânico …

Ventura pondera suspender mandato para se dedicar à campanha presidencial

O presidente do Chega afirmou hoje que o seu partido "está a analisar" no plano jurídico a questão da suspensão temporária do seu mandato de deputado para se dedicar às campanhas dos Açores e presidenciais. Em …

Schumacher está em estado vegetativo e dificilmente recupera, avisa neurologista

Um neurologista ouvido num documentário da RMC Sport diz que o ex-piloto de Fórmula 1 Michael Schumacher está em estado vegetativo e dificilmente recuperará. Já passaram quase sete anos desde que Michael Schumacher sofreu um acidente …

Processos com acórdãos a meias entre Rangel e Galante estão em risco

Durante dez anos, centenas de acórdãos do Tribunal da Relação de Lisboa foram feitos a meias entre Rui Rangel e Fátima Galante. Agora, esses processos estão em risco. A Procuradoria-Geral da República anunciou esta sexta-feira a …

Espanha. Jovem é esfaqueado após alertar para o uso de máscara

Três homens foram detidos em Madrid sob suspeita de terem esfaqueado um jovem que chamou a atenção de um deles por não usar máscara no interior de uma mercearia. Espanha é dos países do mundo mais …

Dez apostas que podem despontar o seu talento na Liga NOS

Nos últimos anos, dificilmente se encontra um mercado de Verão tão interessante como este. Contra todas as expectativas, dado que a pandemia trouxe alguma incerteza, os clubes portugueses têm investido mais e melhor, desde o …

Mulher morre devido a um ataque de ransomware a um hospital na Alemanha

Uma mulher morreu esta semana devido a um ataque de ransomware direcionado ao sistema operativo de um hospital em Duesseldorf, na Alemanha. Segundo as autoridades alemãs, a mulher precisava de cuidados médicos urgentes e foi encaminhada …

Portugal está "numa terceira fase de crescimento" da pandemia, avisa epidemiologista

"Estamos numa terceira fase de crescimento" de novos casos de covid-19, garante Baltazar Nunes, epidemiologista do Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge. O número de novos casos voltou a aumentar esta sexta-feira, batendo o recorde …

Áustria corrige Trump. Os seus cidadãos não vivem em florestas

O Governo austríaco decidiu corrigir a afirmação do Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que afirmou que as pessoas naquele país europeu vivem em "cidades da floresta". Trump referiu recentemente a Áustria e outros países europeu …

UE em rota de colisão com a Polónia. Em causa estão os crimes de ódio

A relação entre a União Europeia e a Polónia está cada vez mais comprometida. As duas partes têm chocado no que toca à discussão dos crimes de ódio. No seu primeiro discurso sobre o estado de …